História e Origem das Sopas



  

Quem nunca se encantou com o sabor acolhedor de uma sopa ou caldo num dia frio. Eles reinam absolutos nos dias de inverno, mas não passam totalmente esquecidas no verão, para aquelas receitas na versão fria.

Acompanhada de pão e um bom vinho, as sopas garantem satisfação e prazer à mesa.

A palavra sopa vem de suppa, que significa “pedaço de pão molhado” do gótico, nada mais apropriado, já que o pão é seu maior consorte.





Sua história remonta à Idade Média, onde foi o único prato de boa parte da população mais pobre, e se mantém fiel nas mesas de diversas partes do mundo até os dias de hoje.

A partir de 1492, com as novas influências chegadas com a descoberta da América e também do Novo Mundo, as sopas ganharam odores e sabores exóticos, provenientes do curry, da cúrcuma, do gengibre e da pimenta, resultando em contrastes únicos de combinações.

É possível dividir esse tipo de alimento em quatro grupos: minestras, sopas, caldos e consomês e cremes e veloutés.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *