Plantas “Ervas” Aromáticas – sálvia, o louro, a salsa, cebolinha, hortelã, tomilho, alho-poró, estragão, coentro, manjerona e Aipo



  

As plantas aromáticas são mais conhecidas com o termo “ervas” no vocabulário popular da cozinha: “macarrão com ervas, frango temperado com ervas, escalopes ao molho de ervas…”. Indiferente da forma que é chamada, essas plantas conferem sabor e guarnecem os pratos.

Tanto as folhas quanto os talos, comumente são utilizados, basta picar, cortar em tiras, grosseiramente com a mão ou com a tesoura. As ervas que podem ser utilizadas nos pratos são a sálvia, o louro, a salsa, cebolinha, hortelã, tomilho, alho-poró, estragão, coentro, manjerona, entre outras.





O Buquê Garni é um exemplo do clássico da mistura de ervas que temperam nossas refeições. O buquê é a mistura de ervas (tomilho, louro, alho-poró e aipo), mergulhada nos caldos e depois retirado. A finalidade é apenas conferir o sabor único e especial que só a plantas aromáticas, ou ervas, podem conferir.

Por: Teresa Almeida

Técnica Alimentar



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *