Confira aqui algumas dicas de pratos para fazer na Ceia de Ano Novo.

Depois da celebração natalina, que é um momento de serenidade, de oração para as pessoas religiosas, um momento de intensificar a ajuda ao próximo e de comunhão, chega a festividade mais agitada, mais expansiva no sentido de divertimento, que é o Ano Novo. Se a ceia de Natal leva em conta, geralmente, receitas mais tradicionais, para o ano novo as variações nesse sentido são bem maiores.

Deste modo, a ceia de ano novo tende a ser mais simples, como uma festa de fim de semana ou de aniversário. A reunião de parentes e amigos, nesta data, é uma confraternização em que todos estão mais à vontade e assim, está aberta toda contribuição para a ceia.

Entretanto, por alegre que seja, a passagem de ano não é uma bagunça. É uma celebração de renovação que também tem suas características tradicionais.

Este é o evento que fecha um ano e inicia o outro, portanto, a passagem é um ritual. O Natal é religioso e o Ano Novo é temporal. O réveillon, portanto, necessita ser muito bem organizado, de modo a ser divertido e saudável, sem abusos. O centro destas festividades é o momento da ceia, onde todos se reúnem e se ajudam, servem uns aos outros e compartilham refeições e bebidas.

Este artigo pretende oferecer algumas dicas de como se preparar uma boa ceia de ano novo, de modo simples e eficiente.

Existe uma infinidade de pratos que se enquadram perfeitamente nesta celebração, porém, seria impossível listar todos aqui. Para ser mais essencial e eficiente, listaremos dez tipos certos de refeições para o seu fim de ano.

Na atualidade, dada a nova onda de vida saudável, que constitui um hábito positivo capaz de atingir grupos cada vez maiores de pessoas em todo o mundo, o peixe, tão consumido em todas as regiões do planeta, tornou-se um dos pratos mais requisitados este ano.

Um delicioso exemplo é o salmão, que pode ser a melhor dica, nesse sentido, um prato e tanto para a realização de uma boa ceia, na virada do ano. No caso de ser esta a opção que o leitor deseja preparar, segue uma dica muito importante: não se esqueça de regar bastante os filés do peixe com muito azeite, além de assar algumas batatas como forma de acompanhamento.

Esta iguaria é muito apropriada para as festividades de fim de ano, dado que o Natal, por ser uma data cristã, no ocidente, está muito ligado ao peixe. Portanto, além de saudável, o peixe é um bom complemento no réveillon.

Assim, seguem mais dez dicas de boas receitas, muito adequadas para a ceia da virada do ano:

1 – O tradicional Mousse de chocolate;

2 – Um bom Pernil de ano novo;

3 – O famoso e delicioso Cookie recheado com muito creme de avelã;

4 – Outra alternativa de frutos do mar: o Bacalhau;

5 – O tradicional Lombo suíno;

6 – Uma receita mais picante pode ser o Cuscuz;

7 – A tão popular Maionese de frango;

8 – Outra excelente sobremesa pode ser o Quindim;

9 – O excelente Filé mignon ao molho madeira;

10 – Outra dica de frutos do mar: um Peixe assado.

É evidente que todos são livres para preparar muitas outras variedades, de acordo com cada tipo de família, com hábitos alimentares variados. O Ano Novo é momento de intensa confraternização e união, até na hora da refeição. Todos os bons pratos são bem vindos, porém, dado que o ritual do réveillon consiste em promover muita fartura e prosperidade para todos, os pratos mais consistentes, e de grande porte, devem compor a mesa.

Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos


Aprenda receitas deliciosas para a festa de Natal.

A rabanada é uma receita tradicional da Ceia de Natal. Muitas pessoas esperam essa época do ano para finalmente experimentar esse prato que é muito famoso por ter um sabor marcante. É bem comum surgir diferentes receitas a cada ano que passa. Pois normalmente as pessoas querem inovar e tornar a rabanada cada vez mais perfeita. Pensando nisso, eu vou mostrar algumas das receitas de rabanada mais gostosas e pedidas por muitas pessoas. Então veja a passo essas receitas e o passo a passo de cada uma delas.

Rabanada recheada com doce de leite

A rabanada recheada de doce de leite é muito famosa. E muitas pessoas buscam por essa receita ou até compram para ter em sua ceia natalina. Então segue a receita.

Ingredientes Marinada

– 100 ml de vinho do Porto

– 5,2 L de leite

– 3 colheres de sobremesa de essência de baunilha

Mistura de açúcar

– 2 colheres de sopa de canela em pó

– ½ de açúcar

Modo de preparo da Marinada

Misture todos os ingredientes.

Modo de preparo do açúcar

Misture todos os ingredientes.

Veja o modo de preparo da rabanada

– Corte o pão com 3 cm de largura ou com menos 8 cm de comprimento

– Banhe ele na vasilha de leite até que fique encharcado

– Esprema o pão até que se retire o excesso de leite

– Passe no ovo

– Salteie ele na frigideira até que fique dourado

– Faça do outro lado o processo acima para que os dois lados fiquem iguais

– Retire da frigideira e passe na mistura de açúcar com canela

– Por último coloque o doce de leite de forma individual na rabanada e uma bola de sorvete de creme

Rabanada tradicional

A rabanada tradicional também é muito desejada por muitas pessoas. E mesmo sendo uma receita tão simples, ela agrada pelo sabor inconfundível. Segue a receita.

Ingredientes

– 1 lata de leite condensado

– 4 pães franceses ou uma baguete de pão francês

– 2 xícaras de leite

– Canela a gosto

– 3 ovos batidos

– Óleo de girassol para fritar

– 1 pitada de canela

Modo de preparo

– Corte os pães em fatias médias

– Misture o leite de vaca e o leite condensado em um refratário, depois mergulhe as fatias de pão até que fiquem encharcadas por completo

– Bata os ovos e depois coloque em um refratário e misture com a pitada de canela

– Frite as fatias em óleo quente e tire o excesso de óleo com papel toalha

– Coloque a mistura de açúcar e canela em um refratário e passe as rabanadas fritas

– Sirva de acordo com gelada ou quente

Receita de rabanada light

Essa receita é indicada para quem não pode consumir muito açúcar ou está de dieta. É uma receita saborosa e que não tem muitas calorias. Veja a receita.

Ingredientes

– 1 ovo

– 4 fatias de pão integral firmes

– 1 colher de chá de adoçante em pó

– ½ de chá de leite condensado

– ½ de chá de leite desnatado

Modo de preparo

Bata o ovo até que ele fique bem espumoso. Depois corte as fatias de pão em espessura grossa e molhe no leite, passe no ovo batido e grelhe em um frigideira antiaderente. Depois passe as rabanadas na mistura de canela com adoçante e sirva.

Essas receitas são bem diferentes uma da outra. Todas são saborosas e com toda certeza vai fazer uma grande diferença na sua ceia de natal. Escolha aquela que mais lhe agradou e faça!

Escrito por Cristiane Amaral


Confira aqui algumas dicas de sobremesas para você fazer no Natal.

O Natal está chegando e se tem uma coisa que não pode faltar na mesa é a sobremesa. A internet está cheia de receitas incríveis para quem ainda precisa decidir o que servir para os amigos e familiares. Entre tantas opções, há quem prefira sempre as tradicionais. Aquela receitinha que está na família há gerações e sempre faz o maior sucesso entre adultos e crianças. Para quem gosta de inovar, dá para apostar e uma receita nova ou simplesmente substituir os ingredientes tradicionais por outros. Vale criar, reinventar e adaptar, só não vale ficar sem a sobremesa natalina. Confira agora algumas dicas de sobremesas que vão fazer a alegria da sua noite de Natal.

Torta Holandesa

A torta holandesa compõe o time das sobremesas tradicionais. Ela é uma opção de sobremesa deliciosa, não é difícil de preparar e o custo não é muito alto. Há muitas formas de preparo, mas os ingredientes são praticamente os mesmos. Suas três camadas formam uma combinação perfeita e dá para montar em um refratário para tortas, servir em taças ou potinhos individuais.

Ingredientes:

  • 100g de manteiga derretida( de preferência sem sal)
  • 200g de biscoito maisena
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 latas de creme de leite
  • meia colher de chá de essência de baunilha
  • 1 colher de sopa de gelatina sem sabor
  • 2 colheres de sopa de água
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 6 colheres de sopa de chocolate em pó

Passo a Passo

1) Massa

Passe o biscoito maisena no processador até formar uma farofa fina. Em seguida, junte a manteiga e misture até ficar homogêneo. Preaqueça o forno a 180°C e asse a mistura por aproximadamente 15 minutos ou até dourar e adquirir crocância, utilizando uma forma de sua preferência. Leve para a geladeira até que esfrie.

2) Creme

Hidrate a gelatina com as 2 colheres de sopa, conforme as instruções do fabricante. Em um recipiente, adicione 1 lata de creme de leite, o leite condensado, a gelatina já hidratada e a baunilha e misture. Acomode o creme sobre a massa e retorne à geladeira até o creme ficar firme.

3) Falsa Ganache

Em uma panela, leve ao fogo o chocolate em pó, o creme de leite e o açúcar, misturando de maneira contínua até que fique cremoso e diminua o volume pela metade. Após desligar o fogo, continue mexendo por mais três minutos. Depois de frio, coloque por cima do creme e leve à geladeira novamente.

Dica: Você pode montar em taças ou potinhos de acrílico e decorar conforme sua preferência.

Pudim de Panetone

O pudim de pão já é um conhecido dos brasileiros e ajuda a evitar o desperdício das sobras de pães, mas o pudim de panetone é uma novidade deliciosa. Confira como preparar essa delícia gelada para o Natal.

Ingredientes:

  • 500g de panetone
  • 200ml de leite
  • 200ml de creme de leite
  • 2 ovos
  • meia lata de leite condensado
  • 2 colheres de sopa de açúcar misturada com 1 colher de chá de canela em pó
  • 50ml de vinho do porto

Passo a Passo

1) Corte o panetone em cubos, acomode em um refratário já untado e reserve

2 Em uma tijela, misture o leite condensado, os ovos, o leite, o creme de leite e o vinho. Bata a mistura com ajuda de um fouet até que todos os ingredientes estejam bem misturados e despeje a mistura sobre o panetone no refratário, cobrindo bem os cubos de panetone para que não queimem. Em seguida, polvilhe o açúcar misturado com a canela e leve ao forno preaquecido a 200°C por cerca de 35 minutos ou até que balance a forma e o líquido esteja firme.

3) Leva à geladeira por 2 horas e sirva.

Frutas com Chantilly

As frutas nunca são dispensadas da mesa de Natal. Além de naturalmente belas, elas ficam perfeitas com qualquer combinação. A receita a seguir é rápida, leve e gostosa. Confira!

Ingredientes

  • 20 Morangos e 5 kiwis picados
  • Folhinhas de hortelã
  • 10 colheres (sopa) de chantilly

Passo a Passo

Coloque as frutas picadas em copinhos, cubra com um pouco de chantilly e pronto! É só servir.

Kátia Elaini Pereira da Silva


Confira aqui algumas dicas de pratos para você fazer em sua Ceia de Natal.

O fim do ano está a cada dia mais próximo, e isso significa duas comemorações muito importantes e tradicionais em quase todo o mundo. O Natal e o Ano Novo. São duas passagens que estabelecem verdadeiras e profundas comunhões, numa explosão de bons sentimentos compartilhados e de atos de caridade. Famílias tendem a se unir mais.

Assim, o preparo de uma boa ceia de Natal consiste em uma verdadeira tradição presente na maioria dos lares pelo mundo inteiro. Nestas duas grandes confraternizações se reúne quase toda a família e amigos. Para o cardápio ser completo, o que acontece é que cada família e cada amigo contribui com uma receita. Os pratos podem variar muito, com receitas das mais deliciosas, já que se trata da ceia, ou do centro, desta importante comemoração. Entretanto, não há necessidade de se preocupar tanto nesses momentos, sobretudo hoje, dado que na internet estão disponíveis diversos tipos de receitas para se realizar uma boa Ceia de Natal.

São muitas as dicas existentes, entre as melhores de como se preparar alguns tipos de ceias natalinas, desde as mais simples e bonitas para a família, até as mais adornadas e extravagantes, para eventos, com estilos para todos os gostos e bolsos.

Existe a possibilidade de se produzir uma ceia perfeitamente inesquecível, sem que, para isso, seja necessário se gastar muito dinheiro. Toda ceia de Natal constitui uma tradicional realização, que não pode deixar de ser celebrada na noite de 24 de dezembro, véspera. Todos os anos, neste mesmo dia, pessoas se reúnem, crentes ou não, para a celebração, em torno de uma mesa, em geral grande, na intenção de comungar juntos e poder desfrutar dos principais quitutes típicos natalinos.

É evidente que, mesmo sendo tradicional, nem toda ceia precisa ser igual, sendo que a cada ano esta celebração pode ganhar muito mais personalidade, mais estilos, pode ser incrementada com novas receitas, como por exemplo, as pessoas veganas, ou seja, que não comem nenhum alimento de origem animal.

Portanto, dentro de uma variação quase infinita de estilos e quitutes, tornano-se repleta de pratos dos mais gostosos, uma ceia de Natal pode representar, também, um dos momentos mais aguardados ao longo do ano, para muitas pessoas. Embora, dentro de uma tradição geral, cada família possua a sua própria tradição, em termos de receitas especiais destinadas à data em questão, todas as refeições natalinas que são preparadas no Brasil tendem a ser apresentadas, de um modo geral, por meio de pratos muito típicos dessa época, tal como um peru assado; um chester ou um tender.

Muitas famílias podem optar por algo muito mais condizente com o passado intensamente tradicional, cristão, ou para pratos mais modernos ou mais refinados.

Assim, na esperança de poder oferecer dicas úteis aos leitores, segue uma relação contendo 12 deliciosas receitas típicas da Ceia de Natal:

Um Peru recheado com farofa; um simples Peru de Natal normal; um típico Tender preparado na cachaça e mel; um Falso Lombo, normalmente recheado com farofa; um arroz típico natalino; uma boa farofa preparada ao modo agridoce; uma típica salada de lentilha ao modo, com bacalhau e legumes; uma tradicional cestinha prática contendo salpicão; um delicioso pavê ao modo, com morango e suspiro; um bom mousse de avelã; uma típica rabanada ao modo de chocotone e, para fechar com a melhor chave-de-ouro: o tradicional e inesquecível pudim cremoso sem forno.

Existe uma variedade maior de receitas, porém, seria cansativo listar uma relação maior. As doze dicas acima são essenciais e não pesam no bolso do consumidor.

Paulo Henrique dos Santos


Confira aqui as melhores receitas de Tender para fazer neste Natal.

Se há uma santíssima trindade na ceia de Natal, ela é composta pelo peru, o chester e o tender. Este último, ainda que menos tradicional do que seus companheiros, é uma ótima opção para quem não quer ficar horas aguardando seu preparo. Afinal, ele já vem pronto, sendo necessário apenas aquecê-lo.

O que é o tender?

Diferente do chester e do peru, que são aves, o tender é feito através de partes selecionadas de carne suína. Ele é costumeiramente comercializado desossado e em formato de bola. Ainda assim, mesmo que já venha pré-cozido, o tender ficará mais saboroso se preparado e temperado pelo consumidor. E para ajudar nessa tarefa, seguem três receitas para você arrasar na ceia de Natal

Receitas

– TENDER CALIFÓRNIA

INGREDIENTES

  • 1 kg de tender desossado (minitender)
  • 1 xícara (chá) de caldo de laranja

  • 1 xícara (chá) de vinho branco seco

  • 6 colheres (sopa) de calda de abacaxi

  • ¼ xícara (chá) de mel

  • 1 lata de abacaxi em calda

  • cravos-da-índia, flores comestíveis e ramos de alecrim para decorar

PREPARO

1. Misture, numa tigela, o vinho branco, o suco de laranja e a calda de abacaxi. Adicione o tender e cubra a tigela com filme plástico. Deixe na geladeira por, no mínimo, 12 horas, para marinar.

2. Deixe o forno pré-aquecido em temperatura média (180ºC).

3. Coloque o tender e a marinada em uma assadeira. Utilize a ponta de uma faca para riscar a superfície do tender com o formato de losangos. Espete cravos nas junções da forma geométrica.

4. Deixe o tender coberto com papel-alumínio e leve ao forno. O prato deve assar por 20 minutos. Depois desse tempo, retire o papel-alumínio e besunte o tender com mel.

5. Leve o tender ao forno para assar por mais 20 minutos. Regue o prato com a marinada a cada cinco minutos.

6. Monte um prato com o tender ao centro, roteado de fatias de abacaxi. Coloque uma flor em cada fatia de abacaxi e utilize ramos de alecrim para também enfeitar.

SALADA DE TENDER COM ABACAXI GRELHADO

INGREDIENTES

  • 6 fatias de tender assado

  • 2 fatias de abacaxi

  • 1 pote de iogurte natural (170 g)

  • folhas de coentro a gosto

  • folhas de hortelã a gosto

  • azeite a gosto

  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

PREPARO

1. Preparo do molho: misture bem o iogurte e 1 colher de sopa de azeite numa tigela. Tempere, a gosto, com sal e pimenta-do-reino.

2. Em fogo médio, aqueça uma frigideira antiaderente. Quando estiver devidamente aquecida, regue com um fio de azeite e insira as fatias de abacaxi. Doure as fatias, o que deve levar cerca de três minutos. Vire o abacaxi, para dourar os dois lados igualmente.

3. Leve as fatias grelhadas de abacaxi para dois pratos. Cubra-os com 03 fatias de tender. Regue o prato com o molho de iogurte e salpique as folhas de coentro e hortelã.

PATÊ DE TENDER

Esta é uma dica principalmente para o reaproveitamento do tender. Afinal, por mais saboroso que ele seja, ceias podem ser fartas. Portanto, é importante utilizar a criatividade.

INGREDIENTES

  • 1 xícara (chá) de tender assado e picado (cerca de 5 fatias)

  • ½ xícara (chá) de creme de ricota (120 g)

  • ½ cebola

  • 2 colheres (sopa) de conhaque

  • ½ colher (sopa) de azeite

  • sal a gosto

PREPARO

1. Descasque a cebola e a pique de forma bem fina.

2. Aqueça uma frigideira em fogo médio. Regue com o azeite quando estiver aquecida e adicione a cebola. Dê uma pitada de sal para temperar e refogue a cebola por cerca de 3 minutos, até que ela murche.

3. Adicione o conhaque e deixe cozinhar. Vá mexendo de vez em quando até secar. Coloque a cebola em um processador e adicione o tender picado e o creme de ricota. Bata bem. Prove e, se necessário, ajuste o sabor com sal.

4. Coloque o patê em uma tigela ou pote de vidro. O patê dura até 3 dias na geladeira, se fechado corretamente.

Por Luís Fernando Santos


Confira aqui as melhores receitas para fazer Peru de Natal.

O peru é a estrela da ceia de Natal. Ave de grande porte nativa da América do Norte, ele é servido tradicionalmente nos Estados Unidos em dois feriados: o Dia de Ação de Graças e o Natal. É uma ave com volumoso peito de carne branca, com coxas rosadas.

Curiosamente, o nome da ave em inglês, “turkey”, faz referência à Turquia, pois os colonos ingleses, ao encontrar o pássaro, acharam se tratar de uma espécia encontrada no país europeu. Já no Brasil, o nome peru também faz referência ao país homônimo. E por outra confusão: os portugueses, por algum motivo, acreditaram que a ave vinha do país vizinho.

Seguem algumas dicas de receitas que podem ser opção para sua ceia.

– Peru Assado Simples

Ingredientes

  • 1 peru limpo com cerca de 4 Kg
  • 2 cebolas grandes cortadas em pedaços pequenos
  • 1/2 colher das de sopa de molho de pimenta
  • 1 colher das de sopa de mostarda tipo francesa
  • 1 garrafa de vinho branco seco
  • 3 xícaras de caldo de galinha
  • 1 xícara de manteiga derretida
  • sal a gosto
  • manteiga derretida para injetar.

Preparo

Pré-aqueça o forno em temperatura média (180º C)

  1. Bata, no liquidificador, as cebolas, a mostarda, o molho de pimenta, os alhos, 1 xícara de vinho, a manteiga, 1 xícara de caldo de galinha e o sal.

  2. Passe para uma vasilha e adicione o restante do vinho e do caldo de galinha. Misture bem.

  3. Recheie o peru. Leve-o para uma assadeira. Não é necessário untá-la.

  4. Com uma mão, segure a pele do peito do peru, enquanto a outra a empurra até soltar a carne.

  5. Use um garfo para furar a carne. Insira, com um injetor de tempero, a manteiga derretida em diversas partes do peru.

  6. Injete também o tempero preparado na carne do peru, além de esfregá-lo na sua superfície.

  7. Cubra novamente o peru com a pele puxada. Costure com linha grossa.

  8. Utilize papel-alumínio para cobrir o peru. Leve ao forno por cerca de 3 horas. Regue o peru a cada 20 minutos com o molho que cair na assadeira.

  9. Retire o papel-alumínio quando ele estiver escurecido. Deixe o peru no forno até ficar dourado.

– Peru à Brasileira

Ingredientes

  • 1 peru de 4 kg
  • 1 colher de sopa de mostarda
  • 750 ml de vinho branco seco
  • 3 xícaras de caldo de galinha
  • 1 xícara de margarina ou manteiga
  • 2 cebolas
  • 5 dentes de alho
  • Molho de pimenta
  • Sal

Ingredientes do recheio

  • 1 colher de sopa de cebolinha
  • 1 colher de sopa de salsinha
  • 1 colher de sopa de farinha de rosca
  • 1 banana em cubos
  • 1 caldo de galinha em pó
  • 1/2 xícara de óleo
  • 1/2 xícara de azeite de oliva
  • 2 xícaras de farinha de milho
  • 2 cebolas raladas
  • Miúdos de Peru
  • Pimenta do reino

Preparo

1. Bata, no liquidificador, 1 xícara de vinho, cebola,1 xícara de caldo de galinha, margarina/ manteiga, mostarda, alho, molho de pimenta e o sal

2. Em um refratário, acrescente, à mistura, o restante do vinho e do caldo de galinha. Reserve.

3. Refogue os miúdos, cortados em pedaços menores, em mistura de óleo e azeite em fogo baixo. Espere até eles mudarem de cor.

4. Adicione o milho, as bananas, o caldo de galinha, a pimenta e a farinha peneirada. Mexa até virar uma farofa solta e úmida.

5. Retire do fogo e acrescente o tempero verde. Recheie o peru

6. Coloque o peru numa assadeira sem untar.

7. Com um garfo, fure o peru. Coloque o molho reservado nos buracos.

8. Feche o peru com palito de churrasquinho e amarre as pernas.

9. Leve ao forno, coberto por papel-alumínio, por cerca de 1 hora e meia. Regue constantemente com o molho da assadeira.

10. Tire o papel-alumínio e deixe dourar por mais 1 hora e meia, em média. Continue regando com o molho.

11. Sirva em um refratário decorado com farofa e tempero verde.

– Bifinhos de Peru

Ingredientes

  • 1/2 kg de bifes de peru
  • 1 pacote de natas
  • 1 lata de cogumelos laminados
  • 3 cebolas
  • 1 copo de vinho do porto (copo de vinho)
  • Azeite
  • Limão
  • Pimenta preta
  • Sal

Preparo

1. Corte os bifes de peru em tirinhas. Deixe-os temperados por 1 hora com suco de limão, sais e pimenta.

2. Em uma frigideira, coloque azeite e cebolas cortadas em rodelas finas. Deixa-as até ficarem douradas.

3. Reserve as cebolas em um prato.

4. Frite os bifinhos na frigideira. Ao chegar no ponto desejado, reserve-os.

5. Adicione os cogumelos laminados e o copo de vinho do porto. Feche a frigideira.

6. Deixe o caldo apurar, sem secar totalmente. Volte com os bifes e a cebola para a frigideira. Adicione as natas. Deixe ferver um pouco e tempere com sal a gosto.

Por Luís Fernando Santos


Confira algumas receitas da versão moderna de pão de queijo: o pão de queijo frito.

A receita de pão de queijo frito tem ficado cada vez mais popular, muitas pessoas têm se rendido a esse quitute delicioso, que é a versão moderna do tradicional pão de queijo, que é consumido em muitas regiões de formas bem diferentes.

Essa receita é ideal para um dia que vai ter visita em casa, pois além de ser muito prática ela também é econômica e rápida.

Vamos conhecer algumas receitas de pão de queijo frito.

Primeira receita: Pão de queijo frito

Ingredientes

– 5 ovos

– 600 g de queijo minas meia cura ralado

– 700 g de polvilho doce

– 1 colher de sobremesa rasa de sal

– 2 xícaras e ½ de leite

– 1 colher de sobremesa rasa de açúcar

– 1 colher de sopa cheia de fermento em pó

– Óleo para fritar

Modo de fazer

Separe o leite e misture todos os demais ingredientes em uma bacia. Depois vá adicionando o leite aos poucos até a massa dar liga. Quando a massa começar a desgrudar das mãos, é sinal que ela está no ponto certo. Depois é só modelar as bolinhas do tamanho desejado e fritar. Vale lembrar que o óleo precisa estar quente para que a massa fique frita por dentro também. Use papel toalha para colocar o pão de queijo assim que ele sair da gordura, assim ele vai ficar bem sequinho.

Segunda receita: Pão de queijo frito do Master Chef

Ingredientes

– 3 ovos

– 400 g de queijo minas meia cura ralado

– 1 colher de sopa de fermento em pó

– 1 copo americano mais duas colheres bem cheias de polvilho americano

– óleo para fritar

Modo de fazer

Em uma vasilha grande misture todos os ingredientes até que eles se unam completamente. Vai misturado até que a massa desgrude totalmente das mãos. Caso sinta necessidade use um pouco mais de polvilho doce. Depois que a massa estiver no ponto certo, faça bolinhas do tamanho desejado e frite em óleo bem quente.

Goiabada derretida é opcional

Para quem desejar incrementar essa receita que já é maravilhosa, é só derreter um pouco de goiabada com água, até que a mistura fique grossinha. Coloque em um recipiente pequeno e depois molhe o pão de queijo frito. Essa combinação fica perfeita e vai agradar as suas visitas.

Terceira receita: Pão de queijo frito da vovó

Ingredientes

– 4 ovos

– 1 colher de sopa de fermento em pó

– 2 xícaras de chá de polvilho doce

– 2 xícaras de chá de polvilho azedo

– 200 g de queijo parmesão

– 200 g de queijo minas padrão ralado

– 4 colheres de sopa de leite

– Sal a gosto

– Óleo para fritar

Modo de fazer

Em uma vasilha coloque todos os ingredientes exceto o leite, vai colocando aos poucos para ajudar a encontrar o ponto exato da massa. Depois que conseguir o ponto ideal, faça as bolinhas do tamanho desejado e deixe o óleo ficar bem quente. Depois coloque em uma um recipiente com papel toalha para retirar todo excesso de gordura.

Quarta receita: Pão de queijo com bacon frito

– 3 ovos

– 1 copo de polvilho azedo

– 2 colheres de sopa de polvilho doce

– 1 colher de sopa de fermento em pó

– 400 g de queijo meia cura ralado

– 200 g de bacon picadinho e torrado

– Óleo para fritar

Modo de fazer

Misture todos os ingredientes dentro de uma vasilha grande, vá mexendo até todos os ingredientes se misturarem por completo. Quando a massa der liga faça bolinhas do tamanho desejado. Para que os bolinhos não fiquem com alguma parte crua, o óleo precisa estar bem quente.

Escolha sua receita preferida e aproveite!

Por Cristiane Amaral

Pão de queijo frito


Confira uma receita tradicional para fazer ovos de páscoa e ganhar uma renda extra.

Uma das melhores épocas do ano está chegando, acredito que seja a mais desejada por muitas pessoas, esta fase do ano é a Páscoa. Muitas fábricas investem na fabricação de chocolates e principalmente os amados ovos de páscoa.

Se para algumas pessoas é a melhor época para degustar chocolates, para outras é hora de ganhar uma renda extra, ou seja, produzir ovos e vender muito deste doce.

Neste artigo vamos trazer algumas receitas e mostrar como fazer um ovo de páscoa. Se você tem interesse em aumentar a renda e ganhar um dinheirinho extra vendendo chocolates, continue lendo este texto e descubra o que você pode fazer nesta época.

Como fazer ovos de chocolate

Uma coisa é certa, fabricar ovos caseiros é muito mais barato do que comprar ovos industrializados. Outra coisa que você pode fazer com os ovos caseiros é dar de presente para familiares e amigos, bem como fazer encomendas e vender o que produz.

O lucro que você pode ganhar com a venda de ovos de páscoa caseiro pode variar de 100% a 300%, ou seja, se você investir R$ 100 para produzir poderá ganhar o dobro ou o triplo do que investiu nas receitas.

Para começar a fazer os ovos caseiros e conseguir uma renda extra será preciso investir em alguns ingredientes e itens que serão utilizados. Veja o que você vai precisar para fabricar este doce a seguir:

Para derreter o chocolate você terá que comprar um recipiente de vidro, além disso, uma espátula de plástico ou de metal para mexer o chocolate derretido, uma colher de plástico e também as formas de silicone para moldar os ovos.

Outro item é o papel manteiga e uma assadeira para colocar os ovos na geladeira, ou seja, além de montar os ovos você deve ter um local adequado para armazenar todos os que foram feitos.

Onde comprar os ingredientes

Algumas pessoas que estão iniciando não sabem onde comprar os ingredientes e os utensílios necessários, pensando nisso, vamos mostrar onde é possível encontrar estes itens.

Não é difícil encontrar tudo o que você precisa para fazer os ovos de páscoa, existem muitas lojas especializadas e que investem na venda destes produtos. Procure na sua cidade por lojas de artesanato e artigos para festa.

Na internet também é possível encontrar facilmente e você não precisa enfrentar filas para comprar estes produtos, o melhor é que podem ser entregues diretamente em sua casa.

Caso não queira vender e fazer poucos apenas para você ou familiares, é possível encontrar nos supermercados as barras de chocolate para serem derretidas. As barras possuem vários pesos, comumente são encontradas de 500 gramas ou 1 Kg.

Quem tem experiência na fabricação dos ovos diz que é melhor comprar chocolates em grandes quantidades porque diminui o custo final. Outra dica importante que pode minimizar os custos com os ingredientes é encontrar outras pessoas que também fazem produtos com chocolates e comprar em grandes quantidades e ratear as despesas.

Ovo de Páscoa Tradicional

Agora vamos apresentar para você como fabricar um ovo de páscoa no modo tradicional. Existem várias formas que podem ser feitas, no entanto, vamos priorizar receitas simples para serem feitas rapidamente.

Prepare o local

Para começar a derreter o chocolate é preciso estar atento a alguns detalhes importantes, a primeira coisa é que o local onde será feito deve estar muito limpo e seco, os chocolates não podem ter contato algum com água ou umidade, outra coisa é se a sua cozinha for muito úmida não vai dar certo, o chocolate pode estragar facilmente.

Não use um ralador para triturar os chocolates porque a umidade da sua mão poderá passar para a barra e com isso estragar, use facas e quebre o chocolate em barras. Para iniciar use uma barra de 500 gramas e divida em três partes iguais.

Derreter os chocolates

Após separar as 3 partes coloque duas partes na tigela de vidro e leve ao micro-ondas por 1 minuto, retire e mexa até minimizar as bolas ou não aparecer mais as lascas de chocolate, repita este processo por mais duas ou três vezes sempre mexendo até não aparecer mais pedaços de chocolate.

Você pode optar por derreter os chocolates em banho maria. O objetivo é apenas derreter o chocolate, não cozinhar, esquente a água até derreter o chocolate e desligue o fogo, não deixe a água ferver, pois as borbulhas de água podem cair no chocolate e estragar.

Esfriar os chocolates

Para esfriar os chocolates e encontrar o ponto ideal para transportar para as formas de silicone basta despejar o chocolate em uma pedra de mármore na mesa ou pia, movimentando com a espátula o chocolate de um lado para o outro até esfriar em uma temperatura de 29º graus.

Caso não possuir uma pedra de mármore, faça isso dentro de uma vasilha até esfriar e ficar um pouco mais grosso, nunca toque no chocolate para não molhar ou umedecê-lo.

Moldar os ovos

Para moldar os ovos, depois de ter esfriado o chocolate, despeje aos poucos e espalhe nas formas de silicone, coloque na geladeira por 1 a 2 minutos, retire coloque mais chocolate derretido por mais umas duas vezes até ficar na grossura que você preferir.

Após isso, pegue o papel manteiga e cubra os ovos e leve até a geladeira por uns 3 minutos, após esse tempo desenforme os moldes com bastante cuidado apertando o fundo sem muita pressão, em seguida decore cada um deles.

Uma dica importante é procurar fazer isso em dias com temperaturas mais baixas ou à noite e sempre usando luvas para não deixar marcas dos dedos nos chocolates. Caso os ovos comecem a derreter faça uma pequena mistura do chocolate ao leite com amargo, essa técnica mantém os ovos mais firmes, pois o amargo possui menos manteiga que faz o chocolate derreter.

Estas dicas foram importantes para você? Viu como é fácil! Então comece a colocar a mão na massa e fazer seus próprios ovos e ganhar uma renda extra.

Ovo de páscoa caseiro


Receita simples e prática de como fazer brigadeiro.

É muito raro encontrar uma pessoa que não goste de brigadeiro, aquela bolinha sabor chocolate que agrada desse as crianças até os adultos. Se você é um apaixonado por chocolates e bateu aquela vontade grande de fazer aquele delicioso brigadeiro, mas não sabe por onde começar achando que é muito complicado, agora você não precisa mais ficar com vontade. Siga o nosso passo a passo e em poucos minutos você terá essa delícia pronta. Então vamos lá.

Para começar vamos aos ingredientes. Você vai precisar de chocolate em pó, ou achocolatado, uma lata ou caixa de leite condensado e manteiga ou margarina.

Com os ingredientes à mão, coloque em uma panela (é importante que ela não seja muito fina, pois assim poderá correr o risco de queimar o brigadeiro) uma colher de manteiga e leve ao fogo, aguarde que ela se dissolva e acrescente 4 colheres de chocolate em pó ou achocolatado e em seguida o leite condensado.

Mexa sem parar e assim que a mistura levantar fervura abaixe o fogo, sem deixar de mexer.

Para saber o ponto correto, que é aquele em que a guloseima fica macia, mas é possível enrolar, fique atento. O ponto ideal é quando após a fervura, a mistura já bem encorpada se desgruda facilmente do fundo da panela.

Desse modo, passe a colher no fundo da panela, se for possível ver o seu fundo, este é o ponto ideal.

Então, se você conseguiu visualizar o fundo da panela, desligue o fogo e está pronto.

Para que seu brigadeiro fique ainda mais gostoso, com o fogo desligado continue mexendo o doce até que ele esfrie assim ele vai ficar mais cremoso e brilhante.

Espere que ele esfrie totalmente e se desejar pode enrolá-lo. Para enrolar espalhe um pouco de manteiga nas mãos e faça bolinhas e em seguida passe no chocolate granulado.

Como podemos ver o brigadeiro é um doce delicioso que gasta poucos ingredientes e pouco tempo para fazê-lo e pode ser usado em várias sobremesas.

O brigadeiro pode ser utilizado como recheio para bolos, podendo ser acrescentados a ele frutas como morangos e pêssegos, que deixam qualquer bolo ainda mais gostoso.

Caso não queira ter o trabalho de abrir um bolo é possível cobrir um bolo simples de chocolate ou outro saber com o brigadeiro e cobri-lo com granulados ou aquelas balinhas coloridas de chocolate.

Como recheio de bolinhos doces também é uma ótima ideia. Pode ser até mesmo aqueles bolinhos de chuva que são muito rápidos de fazer.

Outra opção é usá-lo como recheio de bolachas doces… uma delícia.

Em festas o brigadeiro pode ser servido em copinhos com colherezinhas. Caso você queria usá-lo assim, no seu cozimento deixe o doce um pouco mais cremoso, mais molinho. Ou pode ser servido da forma tradicional, enrolado no granulado de chocolate. Na verdade existe uma grande variedade de granulados que deixam os docinhos ainda mais apetitosos.

Enfim, o brigadeiro é um doce que cai bem em qualquer hora e em qualquer ocasião. Para ser saboreado sozinho, em boas companhias, em dias quentes e frios. Há quem diga que um bom brigadeiro cure até a tristeza de um coração partido.

Enfim, agora na hora que bater aquela vontade de comer um chocolate não perca mais tempo, junte os ingredientes e faça esse doce que delicioso e muito fácil de fazer.

É importante lembrar que como nem tudo é perfeito o brigadeiro possui muitas calorias, assim não é recomendado exagerar.

A recomendação é de que você faça o doce e coloque em um pote com tampa e mantenha na geladeira. Assim sempre que bater aquela vontade de um chocolate você pode comer com uma colher.

Por Sirlene Montes

Brigadeiro


Receitas de Bolos de Milho. Confira os ingredientes e como fazer.

O bolo de milho é o queridinho de muitas pessoas, seja ele quente ou frio, com suco ou com café, com erva doce ou não, ele é quase unanimidade. Abaixo terá duas versões de receitas de bolo de milho cremoso. Uma versão tradicional com a farinha de trigo e outra versão para aqueles que não podem consumir farinha de trigo, nessa receita, a tradicional farinha de trigo, foi substituída pelos flocos de milho pré-cozido, aqueles flocos que se compra no supermercado para o preparo de polenta.

Bolo de milho verde Cremoso

Ingredientes

8 espigas de milho ou 2 latas de milho (de aproximadamente 280 g cada uma)

3 ovos inteiros

2 colheres (sopa) de margarina

1 xícara e ½ de açúcar

½ xícara de leite

3 colheres (sopa) de farinha de trigo

1 colher (sopa) rasa de fermento (em pó)

Modo de fazer

1 – Primeiramente corte os grãos de milho da espiga com uma faca.

2 – Após cortar os grãos da espiga de milho, coloque os ovos, a margarina, o leite e o milho verde e um liquidificador

3 – Bata bem todos os ingredientes. Os ingredientes precisam ser batidos, até que os grãos da espiga de milho fiquem todos triturados.

4 – Após bater bem os ingredientes, acrescente a farinha de trigo, o açúcar, o fermento e bata de novo, mais ou menos dois minutos, até que todos os ingredientes estejam bem misturados. Caso prefira, pode bater apenas a farinha de trigo e o açúcar nessa etapa e após os dois minutos, misturar o fermento e bata só mais um pouquinho, para que o fermento não perca sua característica de fazer o bolo crescer.

5 – Unte e enfarinhe uma forma.

6 – A forma usada para assar o bolo é opcional, pode ser quadrada, redonda ou com um furo central.

7 – Coloque o bolo na forma e leve para forno. O forno precisa estar pré-aquecido, com a temperatura a 180 graus, e deixe assar pelo um período de 40 a 50 minutos ou até que o palito de dente saia limpo depois de espeta-lo no bolo.

O bolo rende cerca de 20 porções.

Para aqueles que não podem comer farinha de trigo segue abaixo outra receita:

Ingredientes

1 lata inteira de leite (condensado)

1 vidro de leite de coco (200 ml)

4 ovos inteiros

1 lata de milho (280 g)

¾ de xicara de óleo

115 g flocos de milho pré-cozido (Encontra nos supermercados, é usado para fazer polenta)

½ xicara de açúcar (cerca de 75 g)

1 colher (sopa) de fermento

Erva doce á gosto e opcional

Modo de fazer

1 – Junte o leite condensado, o leite de coco, os 4 ovos inteiros, ¾ de xicara de óleo, o milho em lata, os flocos de milho pré-cozido, ½ xicara de açúcar e bata tudo no liquidificador mais ou menos 3 minutos.

2 – Depois de bater, coloque o fermento e bata mais um pouquinho.

3 – Depois de bater coloque a erva doce. Colocar a erva doce só depois de bater todos os ingredientes, pois se bater tudo junto, a erva doce vai triturar e o ideal é que ela fique inteira e não se misture com os outros ingredientes.

4 – Após misturar a erva doce na massa, unte com óleo e enfarinhe uma forma de mais ou menos 22 x 31 com 4 cm e meio de altura.

5 – Leve para forno pré-aquecido a uma temperatura de 180 graus por 30 minutos ou até que que o palito de dente saia limpo depois de espeta-lo no bolo.

6 – Após assar o bolo, caso queira, pode jogar por cima do bolo, um pouco de açúcar misturado com canela.

Por Lorena Ruiz

Bolo de milho verde


Confira receitas práticas e deliciosas de bolos de banana.

Bolo de banana é uma delícia e irresistível, além de ser uma receita muito prática e pode ser preparado de várias maneiras. Que tal aprender algumas receitas criativas, para incrementar o seu fim de semana?

Bolo de banana de liquidificador

Para preparar a massa você vai precisar de 3 ovos, açúcar (2 xícaras), leite (1 xícara), óleo (½ xícara), farinha de trigo (2 xícaras), fermento químico (1 colher) e 7 bananas. Cobertura: açúcar (¾ de xícara) e água quente (½ xícara).

Para fazer a calda é só colocar o açúcar em uma panela e mexer até derreter. Adicione água quente e mexa até que o açúcar fique dissolvido e depois deixe engrossar até chegar ao ponto de calda e deixe reservado.

O modo de preparo da massa também é simples: no liquidificador bata os ovos, o leite, o óleo e o açúcar. Depois, coloque a farinha de trigo aos poucos e permaneça batendo, até você perceber que a massa está lisa e homogênea.

Acrescente o fermento e bata na menor velocidade do liquidificador. Unte uma forma com margarina e farinha, e coloque o caramelo e as bananas cortadas. Agora, é só levar em forno médio por 180ºC, que esteja preaquecido por 30 minutos, aproximadamente. Uma receita simples e de dar água na boca.

Bolo de Banana com canela

Para fazer a massa você vai precisar de 8 bananas nanicas que estejam maduras, 3 ovos, margarina, leite (½ xícara), canela em pó (1 e ½ colher de sobremesa), açúcar (1 xícara), farinha de trigo (2 e ½ xícara) e fermento em pó (1 colher de sopa).

Se você quiser polvilhar, é só misturar a canela e o açúcar. Comece amassando 5 bananas com um garfo e deixe reservado. Acrescente no liquidificador a margarina, os ovos, a canela em pó, o açúcar e o leite, e bata. Depois, adicione em uma tigela e jogue a farinha de trigo, a banana e o fermento. Misture tudo.

Unte uma forma com farinha e adicione a mistura. Cubra com o restante das bananas cortadas e depois é só polvilhar o açúcar com a canela, e assar em um forno pré-aquecido a 200ºC por um tempo médio de 30 minutos. Depois, é só aguardar esfriar e aproveitar. Tenha um ótimo apetite!

Bolo de banana integral

Sabe quando você está de dieta e tem vontade de comer um bolo delicioso? Para fazer, separe: 4 bananas nanicas, 3 ovos, óleo (1 xícara), farinha integral (1 xícara), aveia em flocos (1 xícara), açúcar mascavo (1 e ¼ de xícara), fermento químico (1 colher de sopa), canela em pó (1 colher de chá).

Para fazer, é só adicionar no liquidificador as bananas, os ovos e o óleo. Em uma tigela, coloque os ingredientes e adicione o creme de banana. Unte a forma coloque rodelas de bananas carameladas em canela e açúcar mascavo e depois é só despejar a massa e coloca-la em forno médio por, aproximadamente, 40 minutos a 18ºC.

Bolo de banana e aveia

Separe aveia fina (250g), fermento (1 colher), 4 ovos, óleo (½ xícara). 4 bananas e açúcar, que pode ser o mascavo (1 ½ xícara). Se você quiser, pode usar canela (1 colher de chá), castanha de caju ou do Pará picada (½ xícara) e uva passa (½ xícara).

Para fazer, é só colocar no liquidificador ½ xícara de óleo, 4 ovos, 1 ½ xícara de açúcar e as bananas. Coloque tudo na aveia fina com o fermento, e a parte opcional citada na lista dos ingredientes, se você desejar.

Unte uma forma, despeje e coloque no forno médio e preaquecido para assar por, aproximadamente, 40 minutos. Prática e deliciosa!

Gostou de aprender sobre essas receitas de bolo de banana? Que tal experimentar?

Por Babi

Bolo de banana


Aprenda a fazer receitas de bolo de pote.

O bolo de pote é uma receita que está em alta e muitas pessoas estão se especializando nessa prática culinária. Essa receita é bem simples e diversificada, e isso quer dizer que você pode mudar uma receita para outra, apenas mudando o recheio. E com um pouco de criatividade fica muito fácil fazer receitas saborosas e que podem gerar até uma renda. Vamos conhecer as receitas de bolos mais famosas e saborosas:

Receita de bolo de pote de leite ninho

O bolo de pote de leite ninho é muito famoso e tradicional. Quem experimenta afirmar que o sabor dele é inconfundível. Porém, existem diversas receitas de bolo de pote de leite ninho, vamos ensinar a mais tradicional e simples.

Vamos aos ingredientes da massa:

2 xícaras de chá de açúcar

1 pitada de sal

4 ovos

1 xícara de chá de leite quente

1 colher de sopa cheia de fermento em pó para bolo

2 xícaras ½ de chá de farinha de trigo

1 colher de sopa de manteiga sem sal

Modo de preparo:

1-Na batedeira adicione os seguintes ingredientes: o açúcar e os ovos de deixe batendo até que a mistura fique bem clara.

2-Depois coloque na batedeira a farinha de trigo aos poucos e deixe batendo até misturar completamente com os outros ingredientes.

3- Depois misture a manteiga ao leite quente e deixe que ela dissolva completamente e adicione na batedeira junto aos ingredientes anteriores.

4- Adicione o sal e depois o fermento à mistura que está na batedeira até que eles se dissolvam completamente.

5- Unte uma forma com manteiga e a farinha de trigo, ela deve ter o tamanho 30 cm x 25 cm, depois disso coloque a massa na forma e leve ao forno pré-aquecido em 180º e deixe por no mínimo 30 minutos. Depois desse tempo dê uma verificada se a massa está assada, enfie um garfo na massa e veja se o mesmo está saindo limpo, caso sim, pode desligar o forno.

Vamos ao recheio do bolo

O recheio do bolo de pote de leite ninho faz muito sucesso, e essa nossa receita também vai fazer o mesmo sucesso. Então vamos aos ingredientes:

1 caixa de creme de leite

1 lata de leite condensado

8 colheres de sopa de leite ninho

200 ml de chantilly batido

Existe uma dica fundamental para quem não tem costume de fazer receitas com chantilly. Ele precisa estar muito gelado, e nunca congelado. É preciso ficar na parte de baixo do congelador por 12 horas, aquela que se guarda caixa de lasanhas e outros alimentos que precisam ficar nessa área gelada. Depois é só bater na batedeira em velocidade máxima, até ficar em ponto de neve.

Vamos ao preparo do recheio:

1-Na batedeira coloque os seguintes ingredientes: Creme de leite, leite condensado e leite ninho. Deixe batendo a que vire uma mistura homogênea.

2- Depois com uma colher ou espátula misture essa primeira mistura com o chantilly até que eles virem um único creme. Depois é só manter esse recheio na geladeira até a hora de montar o bolo.

Veja como montar os bolos de pote de leite ninho

Em um pote de 250 ml coloque uma camada da massa e depois um pouco do recheio. Repita o processo mais uma vez e finalize com um pouco de leite ninho.

Bolo de pote de chocolate com massa pronta e recheio de brigadeiro

Essa segunda receita é para as pessoas que não possuem tanta habilidade na cozinha e precisam de praticidade.

Prepare o bolo de chocolate com massa pronta de acordo com as instruções da embalagem.

Recheio de brigadeiro

O brigadeiro é uma receita muito usada no dia a dia de muitas pessoas e por isso é bem simples de ser feita. Vamos aos ingredientes:

1 lata de leite condensado

1 colher de manteiga

2 colheres de chocolate em pó

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo baixo até que a misture comece a desgrudar do fundo da panela.

Assim que o brigadeiro e a massa do bolo estiverem frios e só montar o bolo intercalando massa com o recheio de brigadeiro, repita esse processo por duas vezes e por último se desejar coloque granulados coloridos para decorar.

Como vimos a receita de bolo de pote é bem simples de ser feita e bem saborosa!

Por Cristiane Amaral

Bolo de pote


Recitas de bode fubá tradicional e bolo de fubá com goiabada.

O bolo de fubá é um dos mais tradicionais e mais utilizados para tomar com aquele cafezinho. Seja de manhã ou à tarde, um bolinho de fubá sempre cai bem. Abaixo terão duas receitas do bolo. A primeira é uma versão tradicional, já segunda versão, quem gosta de um docinho vai amar, é uma versão do bolo de fubá com goiabada.

Bolo de Fubá

Ingredientes

2 xícaras de açúcar

1 colher (sopa) de manteiga

3 gemas

2 colheres (sopa) de farinha de trigo (a colher de farinha de trigo precisa estar bem cheia, se ela estiver rasa, o bolo não vai dar certo).

2 xícaras de fubá

4 xícaras de leite

1 colher (sopa) de fermento (em pó)

Erva doce a gosto e opcional

Modo de preparo

Em uma tigela coloque o açúcar, a manteiga, as gemas, a farinha de trigo, o fubá, o leite (coloque o leite aos poucos, coloque cerca de 2 xícaras de leite primeiro e mexa, após isso coloque as outras duas).

Bata no liquidificador e depois misture o fermento (em pó).

A massa vai ficar bem líquida, não acrescente mais farinha de trigo achando que ela está muito líquida, pois ela deve ficar exatamente desse jeito.

Caso opte por colocar a erva doce, essa é a hora. Misture-a antes de colocar na forma.

Coloque a massa do bolo em uma forma untada e coberta com papel manteiga.

Pré-aqueça forno na temperatura de 160 graus e leve o bolo, coberto com papel alumínio, para assar por 15 minutos.

Após os 15 minutos tire o papel alumínio do bolo e deixe-o assando por mais duas horas. Após esse tempo o bolo vai começar a dourar na parte de cima, é quando o bolo está totalmente assado e pronto.

Retire o bolo do forno e deixe que ele esfrie por completo, antes de retirá-lo da forma. Ele é um bolo bem molhadinho, por isso ele deve estar frio na hora de ser desenformado.

Bolo de Fubá com Goiabada

Ingredientes

6 ovos

200 ml de leite

1 vidro de leite de coco (200m ml)

1 colher (sopa) de manteiga

1 colher (sopa) de erva doce (a erva doce é opcional)

2 xícaras de açúcar

1 pacote de coco ralado seco e sem açúcar (100 g)

2 xícaras de fubá

2 xícaras de farinha de trigo

1 colher (sopa) de fermento (em pó)

200 g de goiabada picada

Calda

1/3 de xícara de água

200 g de goiabada picada

Modo de preparo

Em uma tigela coloque os ovos, o leite, o leite de coco, a manteiga, a erva doce, o açúcar, o coco e leve para o liquidificador. Caso prefira, pode também, misturar tudo direto no liquidificador.

Após bater esses ingredientes no liquidificador, jogue eles dentro de uma tigela e acrescente a essa mistura o fubá (o fubá deve ser peneirado), a farinha de trigo (também deve ser peneirada) e o fermento. Misture tudo muito bem.

Unte e enfarinhe uma forma e jogue a massa dentro dela.

Quando a massa do bolo já estiver dentro da forma, pegue a goiabada picada, passe todos os pedaços na farinha de trigo e depois disso coloque esses pedacinhos de goiabada por cima da massa do bolo que está na forma.

Leve para assar na temperatura de 180 graus, mais ou menos no período de 50 minutos.

Para preparar a calda, leve uma panela ao fogo com a água e a goiabada picada, vai misturando até chegar na consistência de calda. Caso precise pode acrescentar mais um pouco de água no meio do processo.

Quando chegar na consistência de calda, retire do fogo e jogue por cima do bolo.

Fonte: As duas receitas foram retiradas do canal da Danielle Noce no Youtube, segue os links dos vídeos: Bolo de fubá – https://www.youtube.com/watch?v=8xgF2ZNjPrw e bolo de fubá com goiabada – https://www.youtube.com/watch?v=GlPFb5YgNIc.

Por Lorena Ruiz

Bolo de fubá


Confira uma receita simples e prática para fazer um ovo de Páscoa tradicional.

A Páscoa está chegando e você deveria começar a preparar os chocolates para presentear seus queridos familiares, amigos e por que não seus colegas de trabalho?

Separamos algumas receitas para te ajudar na confecção desses mimos gostosos. Confira!

Ovo de Páscoa tradicional:

Essa opção agrada desde as crianças mais novas até o vovô e a vovó. Quem não se agrada com um bom chocolate, não é mesmo?

Arrisque-se na decoração, prepare suas mais bonitas fitas e papéis decorados e encha os olhos e a boca de quem irá receber esses gostosos ovos tradicionais de chocolate.

Ingredientes:

  • 150 gramas de chocolate ao leite;
  • 150 gramas de chocolate meio amargo;
  • 1 panela com água;
  • 1 vasilha.

A quantidade de chocolate dependerá também do tamanho do molde que você escolheu e também da espessura desejada para o ovo de páscoa. Essa receita é baseada em uma forma média.

Modo de preparo:

Coloque a panela com água no fogo. Enquanto esquenta, pique os chocolates meio amargo e ao leite e reserve-os na vasilha. Assim que a água atingir o ponto de fervura, desligue e encaixe o vasilhame na panela para que os chocolates derretam. Enquanto estiverem em banho maria, mexa de vez em quando.

Quando perceber que os chocolates formaram uma pasta lisa e homogênea, retire a travessa da água.

Derrame ¼ da quantidade total de chocolate sobre uma parte da forma e dê batidas leves sobre a mesa para que as bolhas de ar se dissolvam. Na sequência, gire a forma, fazendo com que o chocolate cubra toda a sua extensão. Repita o processo na outra parte da forma e leve ambas para a geladeira.

Enquanto isso, você tem a opção de fazer um recheio para essa deliciosa receita.

Existem várias opções, mas uma das mais simples de preparar e que mais agrada o paladar é o recheio de brigadeiro.

Assim que a parte de baixo do chocolate resfriado se esbranquiçar, você pode rechear o ovo com o brigadeiro morno ou frio, ou ainda optar por não utilizar recheio. Feito isso, leve a montagem para a geladeira. Espere o chocolate ficar firme, desenforme as duas partes, cole-as com um pouquinho de chocolate derretido.

Para a embalagem você irá precisar de:

  • 1 forma de ovo de páscoa para moldar o seu chocolate;
  • 1 folha de papel alumínio para embalagem;
  • 1 copo raso para dar suporte;
  • 1 folha de papel celofane para a embalagem;
  • 1 laço para fechar e dar o acabamento final.

Use a criatividade para decorar e embalar. Feliz Páscoa!

Por Carolina B.

Ovo de páscoa caseiro


Saiba como conservar e manter suas panelas em bom estado.

Panelas são itens essenciais na vida de um cozinheiro – ou de qualquer pessoa que precise se alimentar, portanto, além de saber utilizá-las, deve haver uma preocupação em mantê-las em bom estado. Além de serem um tanto quanto caras e por isso ser interessante não danificá-las, vale lembrar também que uma boa panela faz toda a diferença no método de preparo e sabor da comida. Preparamos para você, dicas de como manter as suas panelas ao seu lado por, quem sabe, uma vida inteira.

1 – Panela quente na água fria? Nem pensar

Depois de preparar a comida, geralmente, algumas pessoas costumam colocar a panela quente embaixo da água fria, a fim de lavar a louça. Essa atitude faz com alguns pontos da panela se deformem, desnivelando a temperatura que o fogo atinge na panela, deixando em alguns lados mais elevados que de outros.

2 – Não arranhe o material antiaderente

Frigideiras ou panelas que são antiaderente devem ser tratadas com carinho. É preciso manuseá-las com delicadeza, evitando fogo alto e também a utilização de utensílios que possam arranhá-las. Usar detergente não abrasivo também ajuda a conservar o revestimento.

3 – Não empilhe panelas de inox

Aço inoxidável não arranha, podem ser lavadas na máquina e são ótimas lidando com altas temperaturas. O cuidado aqui deve ser tomado na hora de guardar, porque empilhar panelas de inox pode causar rachaduras e também os cabos podem atritar-se e soltarem.

4 – Panelas de ferro não devem ser limpas com água

Panelas de ferro são duráveis e resistentes, porém, precisam de mais atenção do que panelas comuns. Lavar panela de ferro com água pode enferrujá-la. O ideal é fazer a higienização, usar um pouco de óleo no interior e levar ao fogo, até que seque. Assim também se envelhece a panela, além de acrescentar gosto.

5 – Conservar o revestimento de panelas de ágata ou ferro esmaltado

Seja colorido ou não, essas panelas costumam apresentar muito revestimento. Deve-se conservar pois, se não estiverem em bom estado, podem haver rachaduras por onde a água pode vazar, alcançando o ferro e causando ferrugem. Se estiverem em boas condições, não é necessário queimá-las para realizar a limpeza.

Carolina B.


Confira aqui e receitas ótimas para sua ceia de ano novo.

Você já parou para pensar no que será feito para atrair coisas boas no ano que se aproxima? As supertições são muitas: pular sete ondas, comer 12 uvas, comprar uma peça de roupa nova, comer 7 sementes de romã. Mas, segundo os supersticiosos, as boas vibrações podem ser atraídas através da ceia de ano novo, veja alguns exemplos do que pode ser preparado:

Arroz da sorte:

Ingredientes:

3 colheres (sopa) de azeite de oliva; 1 cebola picada; 2 xícaras (chá) de arroz; 4 xícaras (chá) de caldo de legumes; 1 xícara (chá) de lentilha; 600 gramas de bacalhau dessalgado e cortado em lascas grandes; salsa (ou salsinha) a gosto.

Modo de preparo:

Em uma panela, aqueça o azeite e doure a cebola, junte o arroz lavado e escorrido e mexa bem acrescentando o caldo de legumes. Adicione a lentilha e deixe cozinhar no fogo brando com a panela tampada. Antes que o caldo seque totalmente, misture com cuidado as lascas de bacalhau e espere terminar o cozimento. Desligue o fogo e deixe descansar por alguns instantes. Com cuidado, solte o arroz com um garfo, transfira para uma travessa, salpique a salsa picada, regue com azeite e adicione uma folha de louro para enfeitar.

Sirva em seguida.

Supertição: A lentilha traz sorte e fartura, há quem afirme que deve-se comer uma lentilha para cada mês do ano. A folha de louro simboliza sucesso e vitória. Os peixes podem trazer boas vibrações. Para os japoneses, simbolizam fertilidade devido à sua capacidade de produzir muitos de ovos.

Lombo agridoce

Ingredientes:

1/2 xícara (chá) de Água; 1/3 xícara (chá) de vinagre de vinho tinto; 1/4 xícara (chá) de mel de abelha; 1 colher (sopa) de gengibre ralado; 4 dentes de alho amassados; 1 cebola cortada em pedaços; 600 gramas de lombo suíno e sal a gosto

Modo de preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto a carne.

Coloque o lombo em um refratário, faça vários furos nele com um garfo e banhe-o com esse molho triturado. Asse em potência média por 30 minutos ou até que, ao cortá-lo, esteja bem macio e seco. Na metade do tempo, vire a carne, confira o sal e coloque mais, caso necessário.

Aguarde 5 minutos antes de retirá-lo do forno, sirva com o molho formado.

Supertição: Porco como prato principal simboliza o progresso, porque ele cisca para frente.

Salada de romã

Ingredientes:

1 Romã; 1 limão; 1 xícara (café) de Água; 3/4 xícara (chá) de azeite de oliva; 1 pitada de bahar (ou pimenta síria); 3 tomate picados; 1 cebola pequena picada; 1 pepino picado; 2 cebolinhas picadas; 2 pães pita (árabe ou sírio) torrados; salsa e hortelã a gosto.

Modo de preparo:

Misture o suco de limão com a água, junte o azeite aos poucos e mexa bem. Tempere com o sal, a pimenta síria e as sementes de romã. Coloque em uma saladeira o tomate, a cebola, as cebolinhas e o pepino, e regue com a metade do molho. Pique o pão em quadradinhos e junte à saladeira. Polvilhe com a salsinha e a hortelã, adicione o molho restante e sirva em seguida, para o pão não amolecer.

Supertição: Romã simboliza abundância em outras culturas afirmam que auxilia a pessoa que deseja um filho.

Carne de Aves

Supertição:Segundo a crendice popular, as aves não devem ser consumidas na ceia de ano novo porque representam o atraso ou retrocesso, isso devido ao modo de ciscar para trás.

De todo modo, seja qual for o seu cardápio, o importante é reunir com amigos e familiares e se divertir, preparando-se para o ano que está por vir, um feliz ano novo para toda a sua família.

ERICA OLIVEIRA DE SOUZA


Confira aqui duas ótimas receitas de Panetone para o Natal.

O panetone é, com toda certeza, um dos maiores símbolos gastronômicos do Natal. Muito apreciado nessa época, em que os mercados se encontram com as prateleiras lotadas e com as mais diversas marcas e sabores, nada se compara ao gostinho caseiro dessa iguaria.

E para aqueles que amam botar a mão na massa, separamos duas receitas maravilhosas de panetone para surpreender a todos durante a ceia de Natal. Também são excelentes sugestões para presentear quem você ama com algo feito por você. Vamos a elas.

1. Panetone Italiano

O panetone tradicional leva 1 kg e meio de farinha de trigo, 9 claras em neve, 100 gramas de fermento biológico, 9 gemas batidas ligeiramente, 150 gramas de margarina derretida, 250 gramas de margarina temperatura ambiente, 1 copo e meio de leite morno, 2 xícaras de chá de açúcar, 1 colher de sopa de sal, 1 colher de sopa de essência de laranja, 1 colher de sopa de essência de panetone, 1 xícara de chá de água morna, 250 gramas de uvas passas sem caroço e 600 gramas de frutas cristalizadas e picadas.

Comece o preparo dissolvendo o fermento com a água morna em uma bacia e acrescentando 6 colheres de sopa de farinha e 1 colher de sopa do açúcar. Misture bem e deixe o tamanho da massa aumentar o volume por mais 10 minutos.

Enquanto isso, bata as claras em neve e adicione as gemas e 2 xícaras de açúcar. Misture bem, adicionando após o fermento preparado, a manteiga derretida, o leite morno, o sal e as essências. Deixe a mistura descansando por 15 minutos para, após, adicionar a farinha, amassando bem.

Após 10 minutos de descanso da massa, enfarinhe uma mesa e abra a mesma com um rolo. Passe manteiga na massa aberta, espalhando as frutas e as uvas passas. Enrole tudo como um rocambole e abra novamente com o rolo. Passe novamente a manteiga e dobre em 3 partes.

Faça novamente o processo quantas vezes achar necessário. Feito isso, coloque nas formas e deixe parado crescendo por aproximadamente 1h10. Asse em forno médio por cerca de 50 minutos.

2. Panetone Mini de Bombom

Os ingredientes para esse panetone são: 4 ovos, 3 tabletes de fermento biológico fresco, 1 xícara de leite, ¾ de xícara de chá de óleo, 1 colher de sobremesa de sal, 5 colheres de sopa de açúcar, 6 xícaras de chá de farinha de trigo, 1 colher de sopa de manteiga, 15 bombons e 1 colher de sopa de essência de panetone.

Comece dissolvendo o fermento com o açúcar e adicione os ovos, levemente batidos, o sal, o leite, o óleo, a essência e a manteiga. Após misturar bem, acrescente a farinha de trigo bem aos poucos, formando uma massa bem homogênea. Pegue a massa e divida em bolinhas de tamanho aproximado com uma laranja. Deixe descansando até que dobre de tamanho.

Abra a bolinha e coloque um bombom no centro. Pegue forminhas próprias para panetones de 250 gramas e coloque as bolinhas recheadas dentro.

Deixe parado por 15 minutos e pincele com um ovo batido. Asse em forno baixo que já esteja pré aquecido. Depois é só servir.

Gostou das dicas? Solte a criatividade, uma vez que essas receitas permitem inúmeras variações de recheio e decoração. Faça com muito amor e celebre essa data tão especial.

Kellen Kunz


Aprenda aqui duas receitas de como fazer rabanada.

É quase impossível falarmos em Natal sem lembrarmos de um dos pratos típicos dessa época de confraternização: a rabanada. Tradicional nas ceias no Brasil, a mesma é um doce que leva pão de trigo em fatias e molhadas em calda de açúcar, vinho ou leite, passadas após em ovos e fritas.

Porém, existem muitas variações dessa iguaria. Por isso, nós te damos duas receitas diferentes de como fazer a rabanada, nunca deixando de lado o seu sabor delicioso e marcante. Vamos a elas.

1. Rabanada com Leite Condensado

Os ingredientes são: 3 pães franceses, meia xícara de chá de açúcar, 2 xícaras de chá de leite, meia lata de leite condensado, 2 colheres de sopa de canela em pó, 3 ovos e óleo para fritar.

Após cortar os pães em fatias, pegue uma tigela e acrescente o leite e leite condensado, mexendo os dois ingredientes com uma colher. Reserve a mistura e, em outro recipiente, adicione os ovos, batendo com o garfo até ficar homogêneo.

Em uma panela, adicione o óleo em fogo alto. Pegue o pão e misture com o leite, deixando dentro por um minuto em cada lado. Retire o excesso de líquido do pão e passe pelo ovo batido. Depois é só fritar as fatias por dois minutos em cada lado, até começar a dourar.

Por fim, misture o açúcar e a canela e passe as rabanadas no preparo. Estão prontas as suas rabanadas com leite condensado.

2. Rabanada assada no forno

A rabanada de forno é uma excelente dica para quem não quer passar o Natal sem o prato, mas quer evitar os alimentos fritos. Os ingredientes são: 10 pães franceses, 3 ovos, 250 ml de leite, 250 ml de leite de coco, açúcar e canela a gosto.

O modo de preparo é muito simples. Pegue as fatias de pão e as coloque em uma forma. Após, no liquidificador, bata os ovos, o leite e o leite de coco. Acrescente e cubra os pães, levando após ao forno. Vire os pães durante o cozimento para dourar igualmente. Por fim, polvilhe com canela e açúcar. Quem preferir, pode acrescentar uma lata de leite condensado no líquido, para adoçar mais a rabanada.

Gostou das dicas? A palavra de ordem é inovar naquilo que já era muito bom. Solte a criatividade e surpreenda seus convidados com uma rabanada incrível. E não esqueça de compartilhar a sua receita nos comentários.

Kellen Kunz


Se você está de dieta ou optando por uma alimentação saudável, não tem desculpa para não inovar na sua Ceia.

As receitas de Natal são de dar água na boca e, normalmente, acompanhadas de muitas calorias. Porém, se você está de dieta ou optando por uma alimentação saudável, não tem desculpa para não inovar na sua Ceia.

Isso porque existem milhares de ideias muito práticas e deliciosas para a sua celebração. Sendo assim, nós te damos três dicas maravilhosas para receber os seus convidados e, o melhor de tudo, com muita saúde e poucas calorias. Vamos a elas.

1. Salada de Natal:

Os ingredientes para essa receita são: meia xícara de chá de uva passa branca, meia xícara de chá de nozes picadas, 2 talos de salsão ralado, 2 maças verdes em cubos, suco de limão, 3 colheres de sopa de azeite de oliva, 1 colher de chá de sal, 1 colher de chá de pimenta do reino preta e moída, 1 colher de sopa de salsa fresca e picada, 15 pimentas inteiras, 1 xícara de chá de requeijão e batata palha.

Pegue uma saladeira e misture as nozes, maças, uva passa e salsão. Tempere e mistura com suco de limão, azeite de oliva, sal, salsa, pimenta moída, pimenta e requeijão. Misture bem e leve à geladeira. Se preferir, acrescente a batata palha, misturando.

2. Salada de Bacalhau:

Uma receita rápida e saudável, a Salada de Bacalhau natalina leva os seguintes ingredientes: 2 kg de batata cozida e cortada em cubos, 1 kg de bacalhau cozido e desfiado, 1 lata de ervilha, 1 cebola picada, 200 gramas de azeitona picadas, azeite, 500 gramas de mussarela ralada e cheiro verde.

Para preparar, cozinhe a batata em cubos, colocando em uma travessa. O bacalhau cozido precisa ser desfiado após cozido. Feito isso, doure a cebola no azeite, refogando o bacalhau. Por fim, misture a batata, as azeitonas, a ervilha, a mussarela e o cheiro verde. Leve ao forno até começar a dourar e, após, sirva aos seus convidados.

3. Salada tropical natalina:

Poucos ingredientes e um sabor delicioso. A salada tropical leva 1 lata de pêssegos em calda, 300 gramas de uva passa, 2 mangas, 300 gramas de nozes e 2 molhos de rúcula.

O primeiro passo é cortar a rúcula e picar as folhas em grandes pedaços. Junte após as uvas passas, as mangas em tiras, as nozes moídas e os pêssegos em cubos. Misture tudo em uma saladeira e regue com a calda dos pêssegos.

Viu como tem dicas maravilhosas para continuar em forma durante a sua Ceia de Natal? Aproveite e inove nas suas receitas, colocando muita criatividade e ingredientes únicos na mesa.

Por Kellen Kunz


Receitas de hambúrgueres artesanais caseiros e fáceis de fazer.

Hambúrgueré uma coisa que todo mundo gosta de comer… Hambúrguer artesanal então… Nem me fale!
Depois da “gourmetização” de tudo, esses hambúrgueres artesanais são encontrados mais facilmente, porém, com um preço mais elevado e por incrível que pareça, não é difícil fazer essas gostosuras!

Aqui vou deixar cinco receitas dessas delícias!

Bem, uma base para todas as receitas é: você precisa de carne moída. E você vai precisar de ovo para dar liga! A quantidade de carne, você pode escolher, afinal, a quantidade de hambúrgueres vai variar do tamanho do mesmo (ou seja, da sua fome!).

Agora, vamos lá.

Hambúrguer simples:

500gr de Carne moída

Farinha de trigo

1 ovo

Cebola e Sal.

Como funciona: Bem, você vai pegar a carne moída e colocar numa vasilha, temperar com o sal e cebola picada. Despejar o ovo e misturar, depois colocando uma quantidade de farinha para dar liga, deixando a carne moída em forma de hambúrguer.

Depois disso, só fritar. Colocar aquela velha receita de: maionese no pão, alface, tomate e o hambúrguer e pronto!

Hambúrguer com bacon moído:

500gr de Carne moída

200gr de Bacon moído

Farinha de trigo

1 ovo

Cebola e Sal.

Como funciona: A diferença dessa receita para a outra é que você vai adicionar o bacon moído junto a carne. Cuidado apenas na hora de temperar, pois o bacon já tem aquele temperinho próprio né, que pode acabar salgando a carne se você não tomar cuidado! Uma coisa interessante aqui é que a junção do bacon com a carne dá um gosto maravilhoso para o hambúrguer, aliás, bacon é uma coisa divina, não?

Hambúrguer de Salmão:

500gr de Salmão (sem pele)

Pão de forma

Cebola

Azeite

Sal

Como funciona: Bem, essa receita é diferente das outras. Você vai precisar processar o pão até ele ficar bem moído. Segundo passo é você cortar o salmão em cubos e temperá-los. Feito isso, você mistura os cubos de salmão com o pão para transformá-lo em hambúrguer, entendeu¿ Não tem problema se os cubos desmancharem! A questão de cortar em cubos é apenas para facilitar esse procedimento do hambúrguer mesmo!

Feitos os hambúrgueres você passa azeite (levemente) nele todo e coloque-o para assar no forno a 180 graus. Só tenha cuidado para não deixar muito tempo e o mesmo ressecar.

Hambúrguer com queijo:

Bem, os ingredientes dessa receita podem ser os mesmos das duas primeiras, mas com o queijo, claro!

Como funciona: O queijo aqui não vai no preparo, mas sim, em cima do hambúrguer na hora de fritar. Ou seja, você coloca o hambúrguer na frigideira, deixa uns minutos, depois vira colocando o outro lado pra baixo. Feito isso, você coloca o queijo em cima e tampa a frigideira, diminuindo o fogo para que o queijo derreta e seu hambúrguer não fique queimado! Eu sei, pode parecer meio óbvio, mas com certeza vai ter alguém que vai pensar “poxa, por que eu não pensei nisso?”.

E aqui vai a nossa última receita:

Hambúrguer de frango:

500gr de peito frango moído

1 ovo

Cebola e sal

Farinha de rosca

Como funciona: Bem, basicamente do mesmo jeito, você vai temperar o frango com cebola picada e sal, colocar o ovo e misturar, colocando a farinha de rosca no meio da mistura depois até você sentir que está no ponto correto. Feito isso, forme o hambúrguer e coloque-o para fritar.

Monte-o no pão depois de pronto com alface, tomate, queijo e de quebra, um baconzinho pra dar aquele toque final!

E viu? Não é difícil fazer hambúrguer caseiro, é mais fácil do que parece!

Por Mariana Oliveira


É preciso definir o que será servido, para assim comprar todos os ingredientes do preparo. A sugestão é oferecer de entrada uma salada e em seguida dois pratos principais e para finalizar uma sobremesa.

Muita gente ainda prefere passar a virada do ano em casa, reunindo-se com familiares e amigos em uma ceia de ano novo. Mas para que a noite de Réveillon seja perfeita é preciso um planejamento e a escolha certa do cardápio de das bebidas.

Se você vai preparar uma ceia de ano novo em sua casa, fique ligado nas dicas a seguir e faça do seu Réveillon uma noite inesquecível.

Primeiro é preciso definir o que será servido, para assim comprar todos os ingredientes do preparo. A sugestão é oferecer de entrada uma salada e em seguida dois pratos principais e para finalizar uma sobremesa.

A salada pode ser feita com rúcula, queijo gouda e bastonetes de parmesão e damascos para decorar, além disso, as lentilhas que são tradicionais no ano novo também podem ser acrescentadas, tudo finalizado com um molho de ostra.

Já para os pratos principais, o primeiro pode ter como base o também tradicional bacalhau, que pode ser servido em uma receita que reúne ovos, cebola, alho, salsinha e azeitonas, que caracterizam a famosa receita norueguesa à Gomes de Sá (Disponível em vários sites de receitas).

Para o outro parto principal, recomenda-se (a crendice popular) a carne de porco, que pode ser apresentada courinho à pururuca, que nada mais é que a costela de porco crocante na mostarda, acompanhado de um purê de feijão branco e ainda uma marmelada de cebola roxa.

E para finalizar com chave de ouro, a sobremesa pode ser um delicioso pudim de claras, com uma calda de grenadine, que é um xarope vendido pronto e muito usado para fazer bebidas e na sua composição há o romã, que é uma fruta muito usada nas comemorações de fim de ano. Embora o pudim de claras pareça e é na verdade uma receita muito simples de se fazer, a calda que vai por cima, faz com que a sobremesa fique irresistível e com um lindo e apetitoso visual.

Já o cardápio das bebidas deve se adequar os convidados, podendo ser, refrigerantes, vinhos, espumantes, sucos naturais. Contando que sejam de qualidade.

Pronto! Se você gostou das dicas, veja as receitas e compre todos os ingredientes. Faça uma bonita decoração e que venha 2017.

Por Sirlene Montes


Confira aqui duas receitas de suco detox para perder a barriga.

O verão chegou e as diferentes técnicas para perder barriga também. Entre as inúmeras maneiras para deixar a barriga tonificada, as receitas de suco detox são as melhores opções. Além de ingredientes de fáceis acessos, os sucos desintoxicantes, que são muito refrescantes, ficam prontos em poucos minutos. Saiba mais.

Suco Detox

Queridinho do sexo feminino, o suco detox tem o intuito de fazer uma verdadeira faxina no organismo. Para isso, o líquido é preparado com ingredientes naturais e orgânicos, podendo ser feitos com semente, legumes e frutas.

Para executar a faxina no corpo, a bebida age com a missão de eliminar as toxinas. Assim, consegue promover a faxina no organismo, que por sua vez ajuda a desinchar a barriga. Como resultado final, o processo de emagrecimento acaba sendo beneficiado.

O suco detox sozinho não faz milagre

Apesar da facilidade que o suco detox apresenta para perder barriga, ele sozinho não consegue fazer milagre. É fundamental, além da prática de atividades físicas, manter uma alimentação balanceada. Ou seja, no cardápio não pode haver carnes embutidas e gordurosas, frituras e doces.

Sabendo da tal informações, que tal conhecer agora duas receitas de sucos detox para perder barriga? Ingerindo essas bebidas, colocando os alimentos corretos no cardápio e apostando nos exercícios físicos, o corpo que você tanto sonha em ter pode aparecer nesse verão. Conheça as receitas!

Receitas de Suco detox para perder barriga

1. Suco detox de limão

Inicie a receita acrescentando esses ingredientes no liquidificador:

· 500 ml de água;

· 5 pedras de gelo;

· 1 limão espremido;

· 4 folhas de hortelã;

· 3 folhas de manjericão;

· 1 colher (chá) de gengibre em pó.

Em seguida, bata bem todos esses ingredientes. Por fim, é só ingerir a bebida, de preferencia sem coar.

2. Suco detox com beterraba e cenoura

No liquidificador, coloque:

· 1 cenoura pequena;

· 1 pepino descascado;

· ½ beterraba;

· 3 folhas de hortelã;

· 200 ml de água de coco;

· ½ maçã.

Os alimentos que podem ser picados, pique-os. Em seguida, coloque-os no liquidificador com os ingredientes restantes. Depois, bata-os e logo após é só consumir o líquido com gelo.

Fábio Santos


A excelente organização do estoque propicia a oferta de produtos de qualidade ao cliente. Confira algumas dicas:

A má gestão do estoque costuma gerar dúvidas, pois os empreendedores temem duas situações que são bem opostas: uma delas é se deparar com a falta de determinado produto no estabelecimento e a outra é encontrar alimentos vencidos no estoque. Para evitar imprevistos e perdas financeiras, separamos algumas dicas:

Evite estocar em excesso: costuma ser tentador estar diante de fornecedores que oferecem um grande desconto para determinado produto, porém, antes de decidir estocar grandes quantidades é preciso avaliar se há espaço para guardar tudo e se os produtos serão consumidos antes do prazo de validade. O mau armazenamento e o prazo vencido podem colocar em perigo a qualidade dos produtos e a saúde do consumidor.

Seja rigoroso com a limpeza: o espaço onde os mantimentos estão armazenados precisa estar sempre limpo, livre de insetos, umidade e qualquer outra coisa que possa causar contaminação. Deixe o estoque organizado de forma que seja possível higienizar o local com frequência. Isso quer dizer que não se deve empilhar, amontoar ou deixar alimentos no chão. Algumas atitudes, inclusive, podem ter implicações relacionadas à Vigilância Sanitária.

Prime pela organização: o estoque seco precisa ser armazenado em estantes, pallets ou prateleiras, e jamais deve ficar em contato direto com o piso. Inclusive há algumas orientações bem específicas em relação a isso: pelo menos 60 cm distante do teto, 25 cm do chão e 10 cm longe das paredes. Deixe os mantimentos com a embalagem de fábrica, pois são próprias para acondicionar de maneira o produto.

Seja estratégico na ordem dos produtos: observe as datas de validade dos produtos e posicione os que vencerão antes por primeiro. Organize-os de maneira que facilite a visualização da data de validade. Se for preciso retirar as embalagens originais, armazene em recipientes higienizados e inclua uma etiqueta com nome, marca e data de validade. Se mesmo assim for identificado um alimento que venceu, jogue imediatamente no lixo.

Os biscoitos e chocolates Barion contam com embalagens pensadas estrategicamente para facilitar o armazenamento e conservação. São diversas opções de bombons, chocolates, pães de mel, rolinhos de wafer e outros produtos que costumam encantar os clientes, não apenas pela aparência, mas pelo sabor delicioso. Conheça mais sobre as linhas disponíveis http://www.saborbarion.com.br/


Aprenda aqui como fazer um bom chocolate quente.

Sentiu o friozinho da estação e pensou no que? Se você respondeu chocolate quente, nós compartilhamos da mesma opinião.

Porém, é preciso abrir o jogo. Existem inúmeros tipos diferentes de chocolate quente. Duvida? Há os mais tradicionais, com chocolate em barra. Também há aqueles que levam conhaque na receita. E, entre tantos outros, ainda existem os chocolates quentes europeus, com uma espuma e canela em pó de dar água na boca. Entretanto, há de se concordar. Nenhum deles se compara a aquele mais simples, com sabor caseiro e docinho, feito em casa e extremamente cremoso.

Todavia, para chegar no resultado esperado e desejado, aqueles que somente as cafeterias ou padarias mais famosas conseguem, é preciso seguir algumas dicas bem importantes para acertar em cheio nesta bebida que é uma delícia. Sendo assim, nós te mostramos duas receitas muito simples e que, com certeza, vai agradar e muito você, a sua família e porque não a sua visita, tornando-se uma excelente opção para servir nos dias mais frios. Vamos a elas?

1. Chocolate Quente com Chocolate em Barra

Para esta receita, você precisará dos seguintes ingredientes: 1 xícara de creme de leite, 4 xícaras de leite desnatado e 170 gramas de chocolate preto ao leite ou meio amargo picado. Após reunido estes, pegue uma panela e coloque o leite com o creme de leite, misturando os ingredientes em fogo médio. Quando estes estiverem bem quentes, após uns 3 minutos, troque para fogo baixo e acrescente o chocolate picado, mexendo sempre até que o chocolate seja totalmente dissolvido. Quem busca uma bebida menos líquida, pode deixar cozinhando até que atinja o ponto ideal.

2. Chocolate Quente Caseiro e Cremoso

Você precisará destes ingredientes: 1 lata de creme de leite, 5 colheres de sopa de açúcar refinado, 5 colheres de sopa de chocolate em pó não adoçado, 1 colher de sopa de maisena e 3 xícaras de leite. Para o preparo, bata no liquidificador o chocolate, açúcar, maisena e leite. Com a mistura finalizada, leve esta ao fogo médio e cozinhe até ferver, colocando após em fogo baixo. Feito isso, acrescente o creme de leite sem soro e misture bem, mexendo até chegar na consistência desejada. Para um resultado ainda mais saboroso, acrescente canela em pó a gosto.

Então, já deu água na boca. É claro que estas são apenas duas receitas muito básicas sobre como preparar a bebida. Porém, o ideal é sempre ir pelo gosto particular e apostar na simplicidade na hora de servir. A experiência, com certeza, será incrível.

Kellen Kunz


A cultura japonesa trouxe muitas coisas boas ao Brasil dentre elas a sua diversificada culinária, uma das maiores qualidades do país, tendo como base alimentos frescos e nutritivos que nos deixam com água na boca.

Confira alguns dos principais pratos:

Sushi

Para simplificar, o sushi é uma fatia fina de peixe cru que envolve um "bolinho" de arroz japonês. Normalmente envolvido em alga ou frutos do mar, ele tem variedades de sabores e texturas, podendo ser picante, cremoso ou macio e suculento. O sushi é considerado um prato bem popular no Brasil.

Ramen

O Ramen ou Lámen é um macarrão cozido em um caldo salgado (resultado da fervura de vegetais, carnes e outros ingredientes).

Tempura

Os frutos do mar e alguns vegetais são banhados em um tipo de massa utilizada para envolver os alimentos (polme) para depois serem fritos em óleo de gergelim. Ele também pode ser servido com molhos diversos.

Okonomiyaki

Muito fácil de preparar, é também conhecido como pizza ou panqueca japonesa. É uma massa fina, frita, recheada com muitos ingredientes, como carnes, frutos do mar, tiras de peixe e vegetais. Geralmente o recheio também leva repolho e carne de porco. Pode ser coberto com molho. 

Tonkatsu

O Tonkatsu é uma carne de porco à milanesa. Empanada com uma farinha grossa (panko), depois de pronta pode ser acompanhada de arroz branco e repolho picado.

Yakitori

Quase todas as partes do frango fazem parte deste prato. Os pedaços pequenos de frango são montados nos palitos de bambu e grelhados com perfeição. O tempero utilizado é sal e tare (um molho agridoce à base de shoyu, açúcar e saquê).

Shabu-shabu

A carne cozida forma um caldo que será utilizado para cozinhar os demais ingredientes desta receita oriunda da China. No preparo, os vegetais, carnes diversas (frutos do mar, carne de gado, frango, porco), cogumelos, entre outros ingredientes são misturados para serem cozidos no caldo de carne. O prato é geralmente servido com molho ponzu (limão e shoyu) ou à base de gergelim.

Temaki

Algas crocantes em forma de cone, recheadas de acordo com o gosto da pessoa. Normalmente utiliza-se arroz, pepino e peixe picadinho.

Que tal preparar um prato japonês para o final de semana? Wasabi (raiz forte), shoyu, mirin (molho adocicado à base de saquê) são alguns dos temperos bastante utilizados na culinária japonesa.


O verão chegou e nada mais refrescante para essa época do ano que um bom sorvete. Cada pessoa tem o seu sabor preferido, mas só o sorvete não tem muita graça. É necessário incrementar com outros itens para deixá-lo mais saboroso. Os Tubetes da Barion deixam qualquer sabor escolhido e combinação ainda mais deliciosa.

Além de deliciosos, os Tubetes da Barion também são muito atrativos aos olhos do consumidor. São cinco sabores para você agregar muito valor para qualquer combinação de sorvetes. O primeiro sabor é o de baunilha que cai muito bem com um belo sorvete de creme e você pode variar com o Tubetes recheado sabor avelã.

O Tubetes coberto de chocolate tem duas opções: sem recheio e recheados nos sabores morango e avelã. Os originais Tubetes da Barion são feitos do tamanho ideal para aproveitar por completo o seu sorvete favorito.

O revendedor dos biscoitos Tubetes da Barion também sai em vantagem aos concorrentes que não utilizam a marca, pois terá uma maior rentabilidade no comércio devido à variedade de sabores que geram um grande atrativo para os seus clientes.

Outro ponto positivo é a fidelização dos consumidores. Quem é jovem ou um pouquinho mais velho quando ouve falar em Tubetes vai lembrar-se sempre do original, que é da Barion. A comprovação pode ser feita com a comparação de outras marcas. A qualidade dos Tubetes da Barion é muito superior e apresenta sabores exclusivos.

A Barion é pioneira à frente deste segmento, pois foi a primeira empresa a lançar no mercado o rolinho de wafer e que, posteriormente teria o nome de Tubetes ® e viraria sinônimo de sabor e qualidade na categoria. A Barion também apresenta na sua gama de produtos a casquinha de sorvete, além de diversos biscoitos que são ótimos para elaborar deliciosas combinações com o sorvete. 


Os temperos naturais, além de darem um sabor especial à comida, oferecem ótimos benefícios à saúde.

Você sabia que os temperos naturais, além de atribuir um sabor mais agradável à comida, auxiliam na boa saúde do organismo?

Para te informar dos benefícios do uso dos temperos naturais, segue uma lista com 10 temperos naturais e seus benefícios:

Pimenta:

A pimenta é, sem dúvidas, um dos temperos mais potentes de todos. Não só porque ele nos dá um gostinho picante, mas também ele traz múltiplos benefícios à saúde, tais como: acelera o metabolismo, auxiliando na perda das gordurinhas indesejáveis; auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares e também promove uma diminuição do colesterol ruim, aumentando o índice do colesterol bom.

Alho:

Rico em nutrientes vitaminas, minerais e aminoácidos. Tem o incrível poder de reduzir o colesterol e a pressão arterial e também possui ação germicida combatendo infecções.

Cebola:

Possui poderes curativos, anti-inflamatórios e ajuda no aumento a densidade óssea.

Louro:

Além do gostinho agradável, o louro possui um forte cheiro que estimula a produção de saliva e outras enzimas digestivas benéficas ao organismo. Além de auxiliar no aumento do metabolismo.

Alecrim:

É diurético. Auxilia no melhoramento da digestão e é um regulador da pressão arterial e do colesterol.

Manjericão:

Um tempero bastante utilizado entre os brasileiros. Possui um poder diurético e antisséptico.

Coentro:

O coentro possui um incrível poder calmante, servindo também, como um bom moderador de apetite, ideal para aqueles que estão de dieta. Também auxilia no fluxo digestivo.

Orégano:

Auxilia no fluxo digestivo. É um bom estimulante das funções gástricas. Possui um poder diurético e sedativo.

Hortelã:

Um tempero pouco utilizado entre os brasileiros, mas que pode trazer múltiplos benefícios, tais como: auxilia na digestão de comidas pesadas, possui poder antisséptico e antiespasmódico, e também possui um poder analgésico e expectorante.

Nós Moscada:

A nós moscada possui um incrível poder antiestresse, servindo também como um tipo de calmante.

Por Felipe Pancheri Colpani 

Temperos naturais

Foto: Divulgação


Ovos ao molho e ensopado de ovos são receitas rápidas e fáceis de preparar.

Você gosta de usar a sua criatividade na cozinha? Adora experimentar e preparar receitas fáceis e originais? Com o ovo, por exemplo, você pode preparar várias delícias e ainda convidar os seus amigos para saborear. Que tal aprender algumas receitas novas, para incrementar o seu cardápio?

Ovos ao molho:

Você vai precisar de: 1 lata de molho de tomate pronto, 1 cebola cortada em fatia fina, azeite ( 2 colheres de sopa), 4 ovos e os seguintes temperos a gosto: pimenta, sal e orégano.

Como fazer?

Na frigideira acrescente o azeite e as rodelas de cebola, até que elas fiquem transparentes. Depois é só jogar o molho e deixar esquentar. Coloque os ovos e baixe o fogo, um pouco. Adicione o sal, a pimenta e também o orégano, para dar um sabor especial. Tampe a frigideira, para que o ovo possa cozinhar com o molho. Esta receita pode ser servida com arroz branco. Depois, é só saborear!

Já pensou em fazer um ensopado de ovos delicioso? Quer tentar? Os ingredientes desta receita são: 3 dentes de alho picado, 1 cebola média picada, azeite (4 colheres de sopa), 1 tomate picado com semente, salsinha ou coentro picado, suco de limão (1 colher), 6 ovos, farinha de mandioca (2/3 de xícara de chá) e sal a gosto.

Para preparar, comece fritando o alho e a cebola, até que eles comecem a dourar. Depois, acrescente o tomate, a salsinha e cozinhe com a panela tampada por um tempo médio de 05 minutos. O fogo deve estar baixo.

Aumente o fogo e adicione a água. Assim, que ferver coloque o suco de limão e também os ovos. Abaixe, novamente, o fogo tampe e cozinhe, até você perceber que os ovos estão firmes. Usando uma escumadeira retire os ovos, e deixe-os reservados. Coloque a farinha mandioca de mandioca e misture até que ele engrosse e forme a consistência de um creme. Tempere e depois coloque em uma travessa com os ovos cozidos por cima. Sirva o prato quente.

Que tal reunir os amigos e preparar um delicioso jantar? 

Por Babi

Ovos ao molho


McB, como o lanche foi batizado, é composto por hambúrguer orgânico, alface, picles, tomate, queijo, cebola e molho, e será vendido na Alemanha até o dia 18 de novembro.

O McDonald's da Alemanha está com novidades desde o começo deste mês. O restaurante fast food está vendendo o primeiro lanche que conta com hambúrguer orgânico.

Batizado de McB (referência a palavra Bio, que em países europeus significa orgânico), o sanduíche é composto de hambúrguer orgânico, alface, picles, tomate, queijo, cebola e molho. A previsão é de que a novidade seja vendida até o dia 18 de novembro.

Apesar de o sanduíche contar com o selo 100% orgânico, vale lembrar que somente o hambúrguer conta com essa particularidade. O resto dos ingredientes utilizados é totalmente comum. Esse fato desagradou alguns especialistas e consumidores que consideraram a iniciativa uma forma de tentar passar uma imagem verde sem realmente adotar a causa.

Especialistas e donos de franquias afirmam que a carne não tem como ser confundida, ela é bastante irregular e a diferença de formato é de fácil percepção para os funcionários. O mesmo não seria possível com tomates ou alface, por exemplo. Seria necessária uma logística diferenciada e bastante qualificada para que os ingredientes não se misturassem aos convencionais, visto que a aparência é quase que idêntica.

De qualquer forma, a estratégia da marca demonstra uma clara tendência da necessidade das marcas de fast food se adaptarem ao “verde”, ao saudável, ao consumo mais consciente.

A escolha do país aconteceu porque o mercado está mudando e na Alemanha essa transformação é mais visível. Talvez seja possível afirmar que os alemães estejam um passo a frente no quesito conscientização verde.

O McDonald's está mensurando os resultados da nova estratégia e até o momento o índice de satisfação do público está sendo mensurado como positivo. A marca considera a possibilidade de expandir a iniciativa para outros países.

Não sabemos se a novidade chegará algum dia ao Brasil, de qualquer forma, sendo 100% orgânico ou não, temos que reconhecer que o fato das empresas começarem a pensar sobre essa questão já é um grande passo para o futuro do meio ambiente e para a saúde das próximas gerações.

Por Beatriz 

Hambúrguer orgânico do McDonald's

Foto: Divulgação


Os pães artesanais estão sendo cada vez mais procurados pelos profissionais da área de gastronomia, pois eles possuem formatos diferentes e sabores bem agradáveis. Os melhores restaurantes contam com profissionais com curso de panificação, capazes de criar novas novas receitas, formatos e técnicas que são essenciais para fidelizar os seus clientes.

Abaixo vamos mostrar uma receita de como preparar um simples pão artesanal. Mas lembre que essa é apenas uma das mais diversas dicas que você poderá encontrar nos curso completo que indicamos acima.

Ingredientes:

Para começar a fazer essa receita você vai precisar de 3 xícaras de chá de farinha branca, 2 xícaras de farinha de trigo integral, 1 xícara de farelo de trigo, 2 colheres de (sopa) açúcar mascavo, 3 colheres de fermento biológico, essência de baunilha, sementes de girassol, 1 xícara e meia de água, 3 colheres de café preto, 1 xícara de semente de linhaça, 1 colher e meia de óleo e 1 colher de sobremesa de sal.

Modo de Preparo:

Pegue todos os itens secos, menos o fermento e a farinha integral, e misture em uma vasilha grande. Depois coloque os ingredientes líquidos, exceto as sementes, pois elas devem ser colocadas após a fermentação da massa.

A farinha integral deve ser colocada aos poucos, evitando assim que a massa grude nas mãos. Quando amassar bem, coloque o fermento. Então amasse um pouco mais e deixe fermentar. Depois disso acrescente as sementes e reserve por 90 minutos.

Corte a massa em pequenos pedaços e molde como desejar. Leve ao forno pré aquecido e aguarde 40 minutos.

O pão pode ser servido quentinho, com manteiga ou margarina derretendo, mas retém seu sabor por um ou dois dias.

Foto: ElinorD


O pudim de leite é uma sobremesa que costuma agradar pessoas de todas as idades. Isso acontece devido ao seu sabor que é simplesmente magnífico. E o melhor: é uma das receitas mais fáceis de fazer.

Existem modos variados de como prepará-lo. Aqui vamos mostrar a mais rápida de todas.

Confira a receita que vamos ensinar abaixo e veja como é simples

Receita de pudim de leite

Você vai precisar de:

  • 1 lata de leite condensado
  • 2 medidas da lata de leite condensado de leite comum
  • 3 ovos

Para a calda é necessário apenas 1 xícara de chá de açúcar e meia xícara de água.

Modo de Preparo

Vamos começar essa receita pela calda. Derreta o açúcar em uma panela até que o mesmo fique com a cor dourada. Depois coloque meia xícara de água quente e mexa até que desapareçam todos os pedaços de açúcar.

A calda ficará pronta quando ela estiver consistente (um líquido mais grosso). Ela deve ser despejada na forma redonda que tem o furo central. Se preferir faça a calda direto na forma.

Para fazer o pudim é preciso pegar todos os ingredientes e bater no liquidificador. Coloque essa mistura na forma e asse em banho-maria no forno, que deverá estar com a temperatura de pelo menos 180°.

O pudim deverá demorar cerca de 1:30 minutos para ficar pronto. Depois disso é necessário esperar esfriar para levá-lo para a geladeira. Aguarde o período de 6 horas para desenformar.

Escolha uma travessa para colocar o pudim e o retire da forma com bastante delicadeza. Nesse momento o pudim já estará pronto para ser servido.

Observações: Essa receita também poderá ser feita em cima do fogão, caso deseje acompanhar melhor o processo de cozimento, porém, o tempo de preparo poderá ser um pouco maior.  Essa receita rende até 10 porções.

Em vídeo

Abaixo, uma receita do chef Alex Granig:

E abaixo, uma receita de pudim de leite Ninho, de Kathy Castricini:


Que tal preparar um almoço bem especial para você e toda a sua família com a receita de Galinhada que vamos ensinar agora?

Saiba que para fazer uma Galinhada bem saborosa essa você não vai gastar muito com ingredientes, e o melhor, esse prato fica pronto em poucos minutos, sendo bem saudável e que com certeza vai agradar todos os seus convidados.

Para fazer a Galinhada você vai precisar ter:

  • 1 frango (que deverá ser cortado em pedaços)
  • Suco de limão
  • 1 colher de sopa de salsa
  • 1 pimentão verde em cubos
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 colheres de sopa de molho de tomate
  • 2 caldos de galinha (tabletes)
  • 1 cebola médica em pequenos cubos
  • 2 xícaras de chá de arroz já lavado

Modo de Preparo

Vamos para a melhor parte que é colocar mãos na massa. Pegue o frango cortado e lave de preferência com água quente. Nesse momento jogue o suco de limão para que ele fique bem limpo.

Retire a água e tempere o frango usando os tabletes de caldo de galinha. Deixe reservado por poucos minutos para pegar o tempero.

Nesse momento, coloque a cebola para refogar no azeite, e na sequência o frango. Mexa de forma delicada.  Adicione o arroz, o extrato de tomate, o pimentão e mexa por mais alguns minutos.

Adicione cerca de 4 xícaras de água, mexa bem e deixe a galinhada cozinhar por cerca de 15 minutos, ou até que o arroz fique cremoso.

Se achar necessário, coloque mais água e deixe mais tempo a receita no cozimento. Assim que a galinhada estiver pronta coloque uma travessa e polvilhe com a salsa picada. Sirva ainda quente.

Vale destacar que para fazer essa receita você vai gastar em média 30 minutos, e ela rende cerca de 5 porções.

Você pode servir a galinhada sozinha como prato principal, com saladas, ou com um arroz branco. Espero que tenha gostado da dica de hoje. Bom apetite.

Prefere em vídeo?

Então seguem dois vídeos. O primeiro, de Jane Loures:

O segundo, de Ilza Fujiyama:


É difícil de encontrar pessoas que não apreciam uma boa carne, sendo esta o prato predileto de muita gente, mas quando não está macia, é complicado de se fazer uma boa degustação. Para aqueles que já tiveram o desprazer de ter de se alimentar de uma carne dura, abaixo seguem dicas para que este "mal" não mais aconteça.

Dica 1: Caso a carne comprada se apresente dura, deixe-a de molho por cerca de 120 minutos, em uma vazilha com azeite de oliva e vinagre; caso não seja o suficiente, pode-se acrescentar algumas gotas de azeite de mamão no momento de temperá-la.

Dica 2: Outro "truque" para amaciar carnes é o uso de bicarbonato de sódio, polvilhando a carne com o pó químico e após o procedimento deixá-la repousar por duas horas; antes e depois do polvilhamento é importante lavar a peça ou as peças de carne em água corrente e potável.

Dica 3: A terceira opção de amaciantes de carne é o limão, o qual pode ser espremido diretamente sobre a carne, esfregando-a bem e deixando de molho por algumas horas; além de amaciante, o limão pode dar um gosto especial ao prato, principalmente nos churrascos.

Dica 4: Quando o problema de dureza na carne é específico dos bifes, é aconselhável colocá-los em pedaços de mamão verde, desde que ralados, ou então acrescentar um pouco de vinagre no momento do preparo do prato, seja cozido ou frito.

Dica 5: Em relação às carnes cozidas, estas podem ser amaciadas durante o processo de cozimento; basta que se coloque uma colher de café ou de chá contendo fermento em pó; assim, quanto mais carne, mais fermento em pó. Outro recurso é adicionar uma colher de sopa contendo uísque.

Dica 6: Para finalizar, a dica para amassiar a carne é para os assados, que pode ser regado com um pouco de conhaque antes que seja retirado do fogo. 

Além de macia, o mais importante é que a carne esteja bem temperada e, se possível, seja fresca. Para os amantes do prato, bom apetite!


Além de deliciosa, a comidinha caseira preparada na hora e bem temperadinha com ervas e outras especiarias pode ser sinônimo de uma vida mais saudável. Pelo menos é isso o que diz um estudo recente realizado no mês de maio pelo McCormick Science Institute – em parceria com a Sociedade Americana de Nutrição – e divulgado na revista Nutrition Today. A pesquisa, composta por 16 peças de estudo, concluiu que os temperinhos influenciam no controle da saciedade e inflamações, aceleração do metabolismo, resistência à insulina e atividades cardiovasculares.

Enquanto temperam os alimentos e os deixam mais saborosos, as especiarias atuam – diretamente – na redução dos consumos de sódio, gorduras e, é claro, calorias. Segundo Johanna Dwyer, uma das estudiosas, agora é sabido que é possível, sim, obter um novo panorama para a saúde púbica investindo apenas em uma alimentação saudável e, de fato, deliciosa.

Veja 5 razões para apostar nas especiarias e temperos caseiros e promover uma melhora efetiva em sua saúde, como comprovam os estudos.

Maior consumo de alimentos saudáveis:
Temperar pratos pouco calóricos e mais saudáveis com as ervas os deixam tão apetitosos quanto às tentações gastronômicas temperadas com as mesmas especiarias.

Redução no consumo de sódio:
Quando optamos pelas ervas como tempero, espera-se uma redução no consumo de sal. De acordo com pesquisa realizada pela Universidade Johns Hopkins, quem utiliza temperos como ervas e especiarias consome menos sódio, cerca de 966mg à menos.

Otimização do metabolismo/saciedade:
Outra pesquisa, desta vez realizada por Margriet Westerterp-Plantenga, da Universidade de Maastricht, confirma que a pimenta vermelha- quando consumida por adultos –  acelera o gasto energético pelo metabolismo.

Proteção cardiovascular:
De acordo com a pesquisa assinada pela Universidade do Estado da Pensilvânia, especiarias e ervas atuam no controle de índices de insulina e triglicérides, protegendo diretamente o sistema cardiovascular.

Melhor sensibilidade à insulina:
Especiarias como a canela, segundo pesquisas de Richard Anderson,da Beltsville Human Nutrition Research Center, melhoram os níveis de glicose no sangue e diminuem a sensibilidade à insulina.

Juntamente às dicas mencionadas pelo estudo, é essencial acompanhar, de perto, à quantas anda tua saúde. Por isso, não hesite em visitar seu médico de confiança, mesmo que seja uma única vez ao ano. Ele solicitará exames básicos (como os de sangue e urina), os quais podem detectar problemas com sua saúde, mesmo que ínfimos.

E então, que tal abandonar os temperos industrializados, além do sal, e apostar em temperos caseiros, produzidos à base de ervas e especiarias? Certamente sua saúde irá agradecer!

Texto de Tati M.


O segredo da culinária brasileira está na simplicidade dos nossos temperos e acompanhamentos.

Se pararmos para pensar, nossa culinária é tão rica que dispensa "invencionice". Cinco regiões gigantescas tão diferentes entre si proporcionam uma riqueza alimentar de dar água na boca.

No Brasil se come muito bem, a carne aqui é farta e apesar de exigir certa habilidade na hora do preparo, a simplicidade é o ingrediente secreto e o resultado não deixa a desejar. As carnes nobres mais utilizadas são maminha, alcatra, picanha, contra filet, filet mignon, fraldinha, costela, patinho, coxão duro e coxão mole.

O bom e velho churrasco faz parte da nossa cultura e se você tem dúvidas de como preparar acompanhamentos para esta delícia, siga algumas dicas:

1 – Saladas – As carnes são alimentos pesados, portanto opte por acompanhamentos mais leves como saladas de folhas verdes: alface, rúcula e agrião balanceiam as combinações além de serem ricas em nutrientes.

2 – Vinagrete –  Nunca falha, proporciona equilíbrio no prato e pode ser preparado de diversas maneiras. É bem fácil de fazer, só fique atento à acidez, evite exagerar.

3 – Pão francês – peça chave que acompanha muito bem as carnes e também fica uma delícia com o vinagrete.

4 – Farofa  – receita tipicamente brasileira que faz a alegria de muita gente, é presença confirmada no evento.

5 – Abacaxi no espeto – Saboroso e refrescante, traz harmonia para o churrasco, pois equilibra os sabores.

Curiosidade:  O abacaxi possui uma enzima chamada bromelina que auxilia na digestão, bom saber, afinal, os amantes de carnes costumam exagerar em dias assim.

6 – Maionese – O legal desse acompanhamento é que dá pra variar muito e exercer a criatividade, a maionese de legumes é uma boa ideia, existem opções Lights no mercado, o teor de gordura é bem mais baixo que o comum.

A Internet pode se tornar aliada na hora dos preparativos: o site da Skol possui o Serviço de Atendimento ao Churrasqueiro Skol, um site bem humorado que ajuda por exemplo a decidir a quantidade de carne necessária para determinado números de pessoas entre homens e mulheres. É possível inclusive determinar a sua situação financeira atual para que as compras não saiam fora do orçamento.

O site também conta com algumas receitas, como vinagrete, por exemplo, e contém dicas valiosas sobre a preparação de algumas carnes nobres, incluindo o tempo aproximado de preparo.


Vai aproveitar os jogos da Copa do Mundo para reunir a galera e torcer pelo Brasil? Já sabe que petiscos e tira gostos vai servir para a turma? Que tal aprender uma receita fácil, econômica, simples e deliciosa, principalmente? Que tal servir petiscos saudáveis? Ficou curioso para aprender? Então siga este passo a passo. Toda a turma vai adorar as sugestões.

Bruschetta:

Ingredientes:

  • Fatia de pão integral – tipo baguete;
  • Refogado de azeite, alho, cebola e pimenta do reino (pode ser acrescentado com molho de tomate integral/caseiro);
  • Queijo Minas ou Cottage com tomates em cubos e ervas;
  • Tomate picado em cubos pequenos.

Como fazer:

Primeiramente prepare o refogado à mão e coloque no pão. Depois é só servir. Este petisco pode ser servido frio ou quente. Fica a seu gosto. Cada unidade tem 60 calorias.

Canapé:

Ingredientes:

  • Fatia pequena de pão (australiano, árabe ou pão de cereais);
  • Fatias de peito de peru;
  • Alface;
  • Uma quantidade pequena de queijo do tipo cottage, pasta de soja ou grão de bico com ervas e pimenta do reino.

Como fazer:

Inicialmente, monte o Canapé colocando o queijo cottage ou a pasta de soja em cima do pão. Depois, coloque alguns pedaços de folha de alface para decorar o canapé. Sirva para a turma saborear. Essa receita conta com 70 calorias a unidade.

Espetinhos:

Ingredientes:

  • Tomate cereja;
  • Queijo Minas ou Muçarela de búfala, manjericão;
  • Abobrinha ao forno;
  • Pepino, azeitona, tomate cereja.

Como fazer:

Inicialmente coloque todos os itens da receita de forma desejada no espetinho e depois asse por um tempo médio de 10 minutos na churrasqueira.  Os espetinhos têm 60 calorias, em média.

Mini-Pizza:

Ingredientes:

  • Pequeno pedaço em forma de quadrado, feito com pão integral;
  • Tomate picado;
  • Queijo Minas ralado;
  • Orégano.

Como fazer:

Para fazer a mini-pizza é só montar os pães da forma que quiser e depois assar por 10 minutos. Essa receita tem 70 calorias a unidade. 

Gostou destas dicas de petiscos? Elas são práticas e rápidas, além de fazer muito sucesso e agradar a todos os paladares.

Qual destas você vai fazer para receber a turma e curtir os jogos da Copa? 

Por Babi

Bruschetta

Foto: Divulgação


O Natal está chegando e para celebrar a data nada melhor que preparar receitas fáceis e criativas para reunir toda a família e amigos. Aprenda a fazer um delicioso bacalhau na frigideira que, sem dúvida, vai surpreender a todos os convidados e você só vai ganhar elogios.

Ingredientes:

  • 800g de bacalhau dessalgado;
  • 3 colheres de sopa de azeite;
  • 2 cebolas em rodelas;
  • 2 alhos-porós em rodelas.

Como fazer?

  • Inicialmente, deixe todos os ingredientes separados para otimizar o preparo da receita, gastar menos tempo na cozinha e o principal: deixar tudo bem organizado;
  • Antes de começar a preparar o bacalhau na frigideira, não se esqueça de lavar bem as mãos e prender o cabelo, para que não caia nada da comida;
  • Comece fazendo um refogado usando os seguintes ingredientes: 3 colheres de sopa de azeite, 2 cebolas e os 2 alhos-porós. Coloque tudo em uma frigideira com tampa. Depois, basta colocar o bacalhau e, novamente, tampar a frigideira;
  • Cozinhe em fogo baixo por, aproximadamente, 20 minutos e não é preciso acrescentar sal, pois o bacalhau contém muito sódio. Ao servir, não se esqueça de acrescentar muita salsinha e sirva o prato acompanhado de batata assada.

Aproveite para servir o bacalhau na frigideira com uma salada muito simples de fazer:

Ingredientes:

  • 1 alface americana;
  • 2 cenouras raladas;
  • 1 beterraba ralada;
  • 1 tomate sem pele e semente;
  • 1 cebola cortada em rodela ou picada.

Molho:

  • 1 colher chá de sal;
  • Um pouco de açúcar;
  • 1 colher de sopa de azeite extra virgem de oliva;
  • 2 a 3 colheres de vinagre

Modo de Preparo:

  • Faça o molho colocando em uma xícara o açúcar, sal, azeite e vinagre. Misture tudo com uma colher e jogue sobre a salada. Em seguida, é só servir o bacalhau acompanhado desta saborosa salada. 

Por Babi


" Que fome que nada… Quem quer emagrecer tem que comer bem! " Certamente quem já ouviu frases desse tipo deve ter imaginado que a idéia é absurda e insensata.

Porém, há muito tempo essa posibilidade já está ao alcance de todos e atinge a grande maioria dos famosos que tentam manter o seu peso e sua boa forma.  Assim aconteceu com  a Duquesa de Cambridge, ou simplesmente Kate Middleton.

Aos 31 anos acabou, Kate que acabou de ser mamãe se preocupa – assim como muitas de nós- em manter o peso adequado ou no mínimo próximo ao desejado. Antes do " casório real" , Kate teria admitido adotar o método Dukan ou Dieta Dukan que está ganhando cada vez mais espaço aqui no Brasil.

Como já comentamos ela foi criada pelo doutor francês Pierre Dukan, médico e nutrólogo que após estudar essa preocupação geral da população, resolveu criar um cronograma totalmente seguro composto por alimentos  saudáveis do próprio dia a dia.

Essa é a dieta que Kate Middleton colocou no topo da sua lista como a melhor das opções para alcançar as suas metas alimentares. A apresentadora Iris Stefanelli também já utilizou o método e garantiu a eficácia assim como outras celebridades que também já citaram o uso.

Foto: Divulgação

O método influi em uma alimentação regrada começando bem aos poucos. Se seguida rigorosamente, ela pode apresentar resultados à curto prazo, porém para isso, são necessários uma dieta mental e realmente adquirir o aprendizado de deixar de lado o que não contribui para uma silhueta bem definida. 

Com o tempo é possível se satisfazer também com as frutas e principalmente os pães e as massas integrais, entre outras opções que oferecem muita proteína e satisfação  digestiva. Contudo, o segredo está realmente na administração dos horários e quantidades coerentes para que sejam suficientes e contribuam para um  bom funcionamento interno e externo, para que acima de tudo a aparência possa tambem se manter saudável.  

Por Luciana Ávila


Estamos no inverno, e nada melhor do que tomar uma maravilhosa sopa para aquecer, não é verdade?

Se você quer fazer uma sopa diferente e bem suculenta, saiba que nesse momento vamos mostrar exatamente o passo a passo de uma receita que faz um grande sucesso por todo o nosso país.

Estamos falando da receita de sopa de mandioca com carne.

Ingredientes:

  • 500 g de mandioca (de preferência amarela);
  • 300 g de paleta ou costela de boi;
  • 1 cubo de caldo de carne;
  • 1 dente de alho;
  • 1 cebola picadinha;
  • Cheiro verde e pimenta do reino a gosto;
  • Sal a gosto;
  • Óleo para refogar.

Modo de Preparo:

Pegue a mandioca e a carne e corte em pequenos cubos e reserve.

Corte da mesma maneira o bacon e o leve ao fogo em uma panela de pressão para fritar.

Logo depois coloque alho e a cebola e aguarde até dourar.

Acrescente nesse momento a carne e mexa até que fique bem refogado. Coloque agora a mandioca e um pouco de água, mais o caldo de carne, sal e pimenta. Feche a panela de pressão e aguarde 25 minutos.

Depois apague o fogo, abra a panela e coloque o cheiro verde. Se achar que precisa cozinhar mais, leve a panela de volta. Se a carne e a mandioca estiverem bem cozidas, então já pode servir.

Por Josiane Fernandes de Jesus


A lasanha tradicional já é muito saborosa, não é verdade? Saiba que hoje há inúmeras formas de fazer lasanha, sendo sempre receitas saudáveis e com um sabor agradável, e exatamente por isso que vamos ensinar uma receita nova.

Vamos mostrar aqui como preparar uma receita de lasanha de pão.

Veja o que você vai precisar para começar a fazer um prato tão especial como esse:

  • 1 pacote de pão sem casca;
  • 500 g de presunto;
  • 500 g de mussarela;
  • 1 caixa de 500 gramas de molho de tomate temperado;
  • 1 caixa de molho branco;
  • 300 g de queijo tipo catupiry;
  • 50 g de queijo parmesão ralado.

Modo de Preparo:

A primeira coisa que você deve fazer é o molho da maneira que mais lhe agradar.  É preciso também amassar o pão de forma com um rolo de macarrão.

Depois pegue uma forma para começar a montar a sua lasanha.

Coloque a primeira camada de molho, uma camada de pão amassado e depois uma camada de presunto e queijo. Faça isso até que a última camada seja de pão.

Acrescente por cima o molho branco com catupiry mais o queijo ralado. Leve a forma ao forno pré-aquecido e aguarde por 20 minutos.

Sirva e bom apetite.

Por Josiane Fernandes de Jesus


Quer preparar uma receita completamente diferente nesse final de semana? Saiba que o macarrão é sempre uma boa alternativa, e aqui vamos ensinar uma receita bem saborosa que você e todos os seus amigos e familiares vão amar.

A receita é de macarrão no sabor de pizza.

Para fazer essa receita você vai precisar de:

  • 250 g de massa curta (penne, fusili) cozida al dente;
  • 250 g de mussarela ralada grossa;
  • 1 tomate em rodelas finas;
  • Orégano;
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva;
  • 10 folhas de manjericão fresco;
  • 3 xícaras de linguiça calabresa cortada em rodelas finas;
  • 1 lata de molho de tomate.

Modo de Preparo:

Pegue a linguiça e cozinhe por alguns minutos. Depois corte em pequenos cubos e leve para fritar em uma panela com uma colher de azeite.

Agora pegue um refratário e unte. Em seguida coloque a massa cozida e cubra com molho de tomate, mais a linguiça, o queimo mussarela, folhas de manjericão, e salpique com um pouco de orégano.

Leve ao forno pré-aquecido e aguarde em fogo baixo por um período de 10 minutos, ou até derreter o queijo.

Sirva quente e bom apetite.

Por Josiane Fernandes de Jesus


Que tal aprender fazer uma receita bem saborosa para esse inverno? Saiba que abaixo vamos ensinar exatamente o passo a passo de como preparar algumas receitas maravilhosas de fondue, na qual você, seus amigos e familiares vão amar.

Receita 1: Fondue de Chocolate:

Ingredientes:

200 gr de chocolate ao leite

100 gr de chocolate meio amargo

200 ml de creme de leite

1 colher (sopa) de conhaque – (opcional)

2 bananas picadas em rodela

1 embalagem de morango

1 maça picada em pedaços médios

Marshmallow a gosto

Uvas a gosto

Modo de Preparo: A primeira coisa que você deve fazer é preparar as frutas. Depois pegue uma panela e derreta o chocolate no banho Maria. Quando o chocolate estiver pronto é necessário pegar as taças. Coloque então as frutas, o chocolate, o creme de leite e um pouco de conhaque. Após é só servir.

Receita 2: Fondue de Camarão

12 unidade(s) de camarão cinza

Quanto baste de suco de limão

Sal

pimenta-do-reino branca

Farinha de trigo para empanar

Óleo de soja para fritar

Molho

1 xícara(s) (chá) de maionese

1 xícara(s) (chá) de vinagre branco

1 colher (es) (chá) de mostarda

3 colher (es) (sopa) de catchup

1 colher(es) (sobremesa) de gengibre ralado(s)

pimenta-do-reino branca a gosto

sal a gosto

Modo de Preparo: Limpe e tempere muito bem os camarões e depois passe o mesmo na farinha de trigo. Frite e sirva com o molho. Para preparar o molho é preciso misturar todos os demais ingredientes. Bom apetite.

 


Novelas.Nos próximos capítulos da novela Sangue Bom, poderemos acompanhar que Filipinho (Josafá Filho) ainda está em busca de fama, ou melhor, a fama está procurando o rapaz. Como prova disso, Vitinho (Rodrigo Lopez) vai propor ao Famosinho da Casa Verde que ele seja a estrela de um novo seriado adolescente.

Com o intermédio de Tábata (Samya Pascotto), o diretor do Luxury vai contar que a série vai ser de drama, aventura e paixão, e que o artista vai ser um chupa-cabra. Tipo oi?! A assessora do jovem vai travar a animação do momento, mas quando souber que ele vai ser um jovem galã que canta.

No capítulo desta quinta, dia 27  de junho, da novela Sangue Bom, vamos ver que Plínio e Malu se surpreendem com a revelação de Fabinho. Bárbara pede que Gilson a ajude a separar Bento de Amora. Tina se lamenta com Áurea de ter atingido Kevin com sua vingança. Bento expulsa Bárbara da casa de Gilson.

 Bárbara obriga Kevin a voltar para casa. Fabinho conta sua história para Plínio. Malu se oferece para ajudar Fabinho. Kevin e Tina fazem um pacto contra Bárbara. Vitinho explica a Filipinho o personagem que ele fará em seu seriado. Rosemere discute com Brenda. Fabinho volta a trabalhar na Class Mídia. Vinny decide ajudar Renata em sua recuperação.

Damáris ameaça Wilson para não se divorciar dele. Lara não desiste de acabar com a carreira de Amora. Plínio pensa em Irene. Malu, Madá e Emília ensinam as crianças a cuidar da horta, e Pedrinho as observa. Damáris invade um show de Brunetty. Vinny leva Renata na Para Sempre. Verônica e Érico trocam olhares no Cantaí. Glória se emociona ao ver como Bento deixou seu jardim. Bárbara, Bento e Amora se surpreendem quando Malu chega acompanhada de Fabinho na festa de Luz.

Sexta – Dia 28 de junho

Amora fica com ciúmes de Bento. Celinha aconselha Plínio a conversar com Irene antes de julgá-la. Bento tira satisfações com Malu por estar com Fabinho. Barrabás fica incomodado com a presença de Fabinho. Kevin é carinhoso com Bárbara. Damáris é expulsa de uma boate. Brenda se convida para ir à casa de Bárbara com Filipinho. Rosemere descobre a pintura de Perácio. Luz e Xande namoram escondido.

Fabinho provoca Bento. Charlene pede que Áurea ajude Damáris. Tito fica irritado com as ofensas de Sheila. Vinny afirma que ficará perto de Renata até que ela se recupere. Lili reconhece Verônica vestida de Palmira Valente. Brenda se insinua para Barrabás. Bento e Amora discutem. Lili aconselha Verônica a contar a verdade para Érico. Fabinho se insinua para Bárbara. Malu conta para Luz sobre seu plano. Fabinho beija Bárbara.

Sábado – Dia 29 de junho

Fabinho marca um encontro com Bárbara e manda Malu colocar uma câmera em seu quarto. Perácio interroga Brenda para saber do dinheiro da venda dos quadros de sua mãe. Rosemere vê Palmira conversando com Lili. Amora garante a Bento que vai assumir o romance dos dois. Douglas tenta beijar Giane. Brenda consegue enrolar Perácio. Rosemere chama a atenção de Filipinho e Renata.

Silvério vê Giane tentando andar de salto alto. Malu instala a câmera no quarto de Bárbara e se esconde no banheiro. Plínio afirma a Celinha que não magoou Irene. Tina vê Bárbara com Fabinho no quarto e manda uma mensagem para Natan. Áurea hipnotiza Damáris. Bárbara confessa o que fez contra Irene para ficar com Plínio. Natan invade o quarto de Bárbara.


Tradição no Brasil, os meses junho e julho são marcados pelas populares festas de São João. Com muita alegria, caracterização especial e comidas típicas do Nordeste, os festejos trazem algumas iguarias aguardadas ansiosamente durante todo o ano. Papa de milho, cural, milho cozido, pamonha, entre outras delícias. Porém, uma nova delícia pode completar a mesa dos brasileiros: o bolo de pipoca.

A receita que surge como nova opção do "arraiá" é de Bia Fortes, funcionária da doceria Brigadeiro, em Pinheiros. No entanto, o bolo foi descoberta nos livros de receitas de sua mãe, que deixou de herança uma novidade simples de preparar e gostosa.

Pronto em apenas meia hora, a receita conta com:

  – 50g de manteiga

 – 150g de açúcar mascavo claro

 – 50 ml de glucose de milho

 – 2g de sal

 – 1g de bicarbonato de sódio

 – 90g de pipocas estouradas.

Podo de Preparo:

Com o forno pré-aquecido a 160ºC, derreta a manteiga em fogo médio, junte os ingredientes e deixe em cozimento por seis minutos. Feito isso, derrame a mistura sobre as pipocas e misture até que envolva todas elas. Coloque as pipocas no forno por 20 minutos e espere apenas esfriar para caramelar e se deliciar.

Por Marcos Junior


O bolo de banana por si só é muito delicioso. Imagina então se juntarmos o tão saboroso doce de leite? Pois é, fica uma delícia!

Para você que deseja provar esta iguaria, selecionamos uma prática e econômica receita de bolo com massa à base de banana, servido com doce de leite, ideal para o café da tarde ou ceia noturna.

Idealizada pela blogueira Isabella Maiolino, esta receita é baseada na receita original criada pela renomada confeiteira Pati Paiva.

O custo total desta receita é de aproximadamente R$ 2,00. O bolinho original vendido nas confeitarias chega a R$ 15,00 cada.

Aprenda a fazer!

Ingredientes:

– 1 xícara de açúcar mascavo;

– 1 ½  xícara de farinha de trigo integral;

– 4 bananas nanicas maduras;

– ½ xícara de manteiga ;

– 1 colher (chá) de bicarbonato;

– 1 colher (sobremesa) de fermento em pó;

– 1 ovo;

·- Doce de leite argentino ou similar (utilizado para servir junto com o bolo de banana quente);

– Forminhas para cupcake.

Modo de Preparo:

– Primeiramente amasse as 4 bananas juntamente com o açúcar.

– Coloque as bananas amassadas na batedeira e acrescente os ovos, a manteiga, o bicarbonato, o fermento e a farinha integral.

– Unte as forminhas para cupcake e coloque um pouco da massa. O ideal é passar um pouco da metade da forminha, para que não corra o risco de transbordar.

– Leve ao forno pré-aquecido, em 180°. Deixe assar por 40 minutos, em média.

– Sirva o bolo quente, acompanhado de doce de leite.

Por Tatiane Andrade


No domingo (12/05) é Dia das Mães e segue abaixo uma receita fácil e gostosa de um macarrão de forno que poderá ser feito para o almoço familiar.

O macarrão de forno é fácil e rápido de fazer. Fica pronto em 30 minutos. Rende 4 generosas porções, cada uma com 479 calorias.

Ingredientes:

. 150 g de mussarela ralada grossa;

. 100 g de queijo de minas ralado grosso;

. 5 colheres (sopa) de maionese;

. 2 tomates sem pele e sem sementes picados;

. Sal e orégano a gosto;

. 500 g de massa curta cozida al dente (nem muito duro e nem muito mole).

Modo de fazer:

Pegue um recipiente espaçoso e misture o queijo, a mussarela, o tomate e a maionese. Tempere a gosto com sal e orégano. Depois que todos os ingredientes estiverem bem misturados, coloque-os em um refratário untando, para que não grude, e leve ao forno que já que deve estar preaquecido a 220ºC. Deixe o macarrão no forno por 15 minutos. Para que o queijo fique mais gostoso, sirva o prato ainda quente.

Dica: você também pode substituir a mussarela por presunto ou o queijo minas por queijo parmesão.

Por Luana


Alimento rico em vitaminas B como a B2 e B12, o frango é um dos alimentos mais consumidos atualmente e estima-se que será o mais consumido do planeta até 2030. Isso dará um destaque maior ao nosso país, já que hoje somos o terceiro maior produtor de carne de frango do mundo.

Os pratos feitos à base de frango estão cada vez mais sendo solicitados em restaurantes e devido a isso, a variedade de comidas deliciosas feitas com essa carne também cresce.

A rede de restaurantes Premiatto, presente em diversas cidades do nosso país, oferece pratos deliciosos feitos com carne de frango. Frederico Mamede, responsável pela franquia do Premiatto em Brasília, afirma que o “Filé de Frango à Parmegiana” é o mais solicitado de seu restaurante que fica na praça de alimentação do Brasília Shopping.

Além do “Filé de Frango à Parmegiana”, o restaurante Premiatto oferece outros saborosos pratos com frango como “Filé de Frango com American Salad”, “Filé de Frango com Arroz e Fritas”, “Frango Bourguignon” entre tantos outros. Se você quiser conhecer a loja, os pratos e saber qual o restaurante mais próximo de você, basta acessar o site do Premiatto e conferir.

O restaurante Premiatto foi a primeira rede de restaurantes do Brasil a se especializar em alimentação rápida e com a qualidade de grandes restaurantes. Todos os pratos são preparados na hora e com ingredientes frescos e especialmente selecionados, além das receitas serem todas avaliadas por nutricionistas e cuidadosamente compostas.

Por Monique Belmont


Alfajor é um doce ibero-americano, com nome de origem árabe, que conquistou o mundo.

Originalmente os Alfajors eram compostos de duas ou três bolachas de amêndoas, recheados de doce de leite. Mas hoje em dia a sobremesa possui diversos sabores de recheios e bolachas.

O Alfajor pode ser encontrado em duas versões, salpicado com açúcar de confeiteiro e coberto de chocolate derretido.

Receita de Alfajor

Ingredientes:

Bolacha:

  • 100 gramas de margarina;
  • 100 gramas de açúcar;
  • 200 gramas de farinha de trigo;
  • 200 gramas de amido de milho;
  • 2 ovos;
  • 2 colheres de fermento.

Recheio:

  • 2 litros de leite;
  • 1 kg de açúcar;

Cobertura:

  • 300 gramas de chocolate ao leite picado.

Modo de fazer:

– Bolacha:

1º Passo – Bata na batedeira por 5 minutos a margarina, os ovos e o açúcar. Reserve.

2º Passo – Em outro refratário misture a farinha de trigo, o fermento e o amido de milho.

3º Passo – No refratário de ingredientes secos, disponha-os de forma que no centro do refratário se forme um espaço vazio.

4º Passo – Coloque os ingredientes molhados no centro do refratário de ingredientes secos.

5º Passo – Misture todos os ingredientes, até se formar uma massa consistente.

6º Passo – Abra a massa com um rolo, deixando-a com uma espessura de 1/2cm.

7º Passo – Com um cortador redondo, corte as bolachas.

8º Passo – Leve ao forno, pré-aquecido a 180º, por 15 minutos.

9º Passo – Depois de assadas retire as bolachas do forno e reserve.

Recheio:

1º Passo – Coloque o leite em uma panela de fundo grosso e leve ao fogo. Deixe ferver até que o líquido reduza pela metade.

2º Passo – Coloque o açúcar e mexa sem parar.

3º Passo – Quando começar a engrossar mexa vigorosamente, sempre na mesma direção.

4º Passo – Quando atingir o ponto (como a consistência de um creme) desligue o fogo e reserve o doce de leite.

Cobertura:

Coloque o chocolate ao leite picado em uma vasilha em Banho Maria por 20 minutos até derreter por inteiro ou leve o chocolate picado ao micro-ondas por 1 minuto até derreter por inteiro.

Montagem:

1º Passo – Divida as bolachas em dois grupos.

2º Passo – Cubra o primeiro grupo de bolachas com doce de leite.

3º Passo – Coloque o segundo grupo de bolachas em cima do primeiro grupo, como se fossem bolachas recheadas.

4º Passo – Com a ajuda de um garfo mergulhe as bolachas recheadas no chocolate derretido, deixe esfriar e sirva.

Dica: Para dar um toque pessoal ao seu Alfajor incremente o seu recheio com coco e amêndoas.

Por Aline de Oliveira


Receita: Croissant simples e recheado

Ingredientes

  1. 1 xícara de chá de leite 15g de fermento biológico 1/2 xícara de chá de água morna 200g de manteiga 2 colheres de sopa de açúcar 1 colher de chá de sal 2 ovos 4 1/2 xícaras de chá de farinha de trigo

Instruções

  1. Esquente o leite até estar morno e deixe-o esfriar novamente. Dissolva o fermento na água morna e misture com o leite. Coloque na tigela da batedeira e acrescente 2 colheres de sopa de manteiga, açúcar, sal e ovos. Junte 2 1/2 xícaras de farinha de trigo e misture bem. Coloque farinha sobre uma superfície e vá amassando e acrescentando o restante da farinha aos poucos, até a massa ficar lisa e maleável. Faça uma bola e coloque numa tigela untada com manteiga. Cubra e deixe crescer por 1 hora. Abaixe a massa, cubra novamente e coloque na geladeira por mais 1 hora. Retire a massa da geladeira e abre em formato de retângulo sobre uma superfície com farinha. Espalhe 1/3 da manteiga sobre a massa aberta, dobre-a em três partes e abra de novo. Ao fim, repita este passo mais duas vezes. Depois de dobrar pela terceira vez, leve novamente à geladeira por mais 1 hora. Abra a massa, corte em triângulos e enrole-os, começando pela parte mais larga. Leve de novo à geladeira, agora por meia hora. Arrume os croissants numa assadeira sem untar. Esquente o forno por 15 minutos e, em seguida, asse-os em forno quente (200ºC).

Notas Rápidas

Para fazer croissant recheado, coloque o recheio de sua preferência sobre a base do triângulo, antes de enrolá-los.

Tempo de preparo (duration): 4 horas

Tipo de prato: lanche

Cozinha: francesa


O famoso mamão, além de ser muito saboroso, é uma excelente fruta para quem quer ter uma melhor saúde.

Excelente para quem quer soltar o intestino, o mamão pode proporcionar diversos benefícios para a saúde humana. Com diversas enzimas que dissolvem as proteínas ingeridas e com fibras que ajudam a evitar a prisão de ventre, é aconselhável a ingestão de mamão todas as manhãs para quem sofre de intestino preso.

O mamão também auxilia no combate conta a sinusite e é ótimo para a redução do mau colesterol. Este fruto possui uma enzima conhecida por papaína, que auxilia no processso de cicatrização e sua quantidade enorme de fibras, juntamente com a prática constante de atividades físicas, ajudam na redução do mau colesterol presente nos vasos sanguíneos.

Ele também é importante para o combate contra o câncer de colo, para a melhora da saúde óssea, para o combate contra doenças na vesícula biliar, além de ajudar no combate contra doenças cardíacas.

A ingestão diária de mamão pode nos proporcionar anos a mais de vida.

Por Rodolpho Medeiros


Um dos alimentos mais consumidos na Europa, a raiz conhecida por beterraba, muito utilizada em saladas, caldos, feijão e sopa, pode ser bastante saudável para o nosso organismo.

A beterraba é um dos produtos alimentícios mais admirados pelos europeus. Fonte de açúcar, sendo também produzida e fermentada para a produção de combustível, esta raiz de engraçada cor avermelhada é considerada fundamental para uma boa dieta.

Apesar da sua grande quantidade de açúcar, a beterraba é excelente fonte de vitamina C, antioxidante que auxilia no combate aos microorganismos que invadem nosso corpo, vitamina A, importante para uma boa visão e do complexo B, que previne contra doenças como o Beribéri. Ela também é excelente fonte de importantes minerais como o fósforo, ferro e magnésio.

A beterraba é uma excelente fonte de vitaminas e minerais, além de ser ótima para adocicar pratos. Quem pretende ter uma boa nutrição, deve incluí-la ao cardápio.

Por Rodolpho Medeiros


Uma boa opção para entreter os pequenos durante as férias e ensiná-los a se alimentar corretamente são os cursos de culinária infantil. Esses cursos, que são sucesso na cidade de São Paulo (SP), são compostos por uma rotina de aulas com diversos pratos criativos e de fácil elaboração.

O objetivo dos cursos de culinária infantil é aguçar o desejo das crianças em experimentar novos alimentos e se familiarizar com as medidas usadas para a elaboração das receitas e com os cuidados na cozinha com os utensílios domésticos. Tudo de uma forma bem divertida e descontraída.

Direcionados para crianças a partir da idade pré-escolar, os cursos de culinária infantil procuram atender às necessidades específicas de cada faixa etária. São elaborados e acompanhados por profissionais especializados nas áreas de educação e nutrição.

Para maiores informações, visite o site: www.minichefs.com.br

Por Selma Isis


Os adoçantes dietéticos são produtos especialmente desenvolvidos para serem incluídos na alimentação de pessoas portadoras de diabetes e também aquelas que estão acima do peso. Seu principal objetivo é dar aos alimentos a doçura igual ao proporcionado pelo açúcar de cana.

Podemos dividir os adoçantes dietéticos em dois grupos:

  • Calóricos: possuem um poder adoçante maior que o do convencional, sendo assim pequenas quantidades já exercem o efeito desejado na hora de adoçar os alimentos, portanto o valor calórico também diminuirá.
  • Não calóricos: estes possuem zero caloria e são os mais recomendados para quem está fazendo dieta ou acima do peso.

Sempre que comprar produtos procure verificar os rótulos das embalagens e certificar a quantidade das substancias e as calorias. Fique atento!

Por Milena Evelyn

                                             


Originaria da região mediterrânea, a uva é uma fruta muito conhecida, além de cultivada a milhares de anos.

A uva vermelha pode ser consumida de varias formas, fresca, em suco, seca, na preparação de alimentos e vinhos.

Existem vários estudos sobre as propriedades e benefícios da uva e do vinho, dentre eles podemos destacar a descoberta de que ingerir meia taça de vinho tinto por dia ou um copo de suco de uva iremos prevenir doenças do coração. Através dos pigmentos presentes na casca da uva vermelha, os chamados flavonóides, que são responsáveis por esses benefícios. Além de aumentarem as taxas de colesterol bom atuando nas paredes das artérias.

Até mesmo suas sementes trazem benefícios à saúde, elas contém polifenol, substancia muito importante e eficaz na manutenção da pele e comumente usada como matéria prima na fabricação de cremes e óleos.

Por Milena Evelyn


O tomate é considerado um fruto rico em nutrientes e vitaminas, fácil de encontrar nos supermercados e com baixo custo, todos podem incluí-lo facilmente na dieta alimentar.

Além de ser rico em nutrientes, sua variedade nas opções de preparo dá ao tomate um aspecto nobre e popular ao mesmo tempo, o que irá diferenciar será o modo de preparo e os acompanhamentos.
O licopeno é considerado o nutriente mais importante, pois possui propriedades antioxidantes que atuam diretamente no envelhecimento precoce e até mesmo na prevenção de alguns tipos de câncer.

Existem pesquisas que apontam o tomate como forte combatente contra os tumores de mama, bexiga, útero e próstata. A melhor maneira de se obter os benefícios do tomate é consumindo o fruto o mais natural possível, os sucos são uma ótima sugestão, ou então, aquecido em alta temperatura auxiliando a absorção pelo organismo e aumentando o seu valor nutritivo. 

Por Milena Evelyn


Presente na maioria dos alimentos que consumimos diariamente, o glúten é uma proteína riquíssima que podemos encontrar no trigo, na aveia, no centeio, farinha e seus derivados. Alguns tipos de farinha como a de milho, batata, fubá e mandioca não possuem glúten.

A adição de água a farinha vira massa e nessa mistura o glúten é responsável pelo crescimento e textura do pão.

Todos os produtos que contém glúten tem presente na embalagem a sua descrição. Algumas pessoas têm sensibilidade a ele o que gera problemas na sua absorção. Sendo assim, deve-se evitar ingerir pães, biscoitos e bolos.

Na hora de ir ao supermercado fique atendo aos rótulos dos produtos. Para tirar alguma duvida com relação ao consumo de alimentos procure um nutricionista, ele saberá o que é mais indicado para cada tipo de pessoa.

Por Milena Evelyn


A banana é uma fruta típica brasileira, sua abundância contribui diretamente para a nossa saúde, pois seus benefícios são os mais variados. É rica em carboidratos, vitamina B6 e potássio.

Seus nutrientes contribuem para o bom funcionamento dos músculos, do coração e para a formação de células.Pessoas que praticam esportes ou atividades físicas mais pesadas os nutricionistas recomendam a banana, pois ela fornece energia ao organismo de forma rápida e eficaz.

As pessoas portadoras de diabetes devem consumir a fruta com moderação, já que ela possui um índice glicemico elevado, que não é recomendado nesses casos. E os portadores de insuficiência renal devem evitar esse alimento, devido à quantidade elevada de potássio.

Até mesmo para ressaca a banana é indicada, já que o consumo de álcool modifica o fornecimento de energia para o organismo e comendo a fruta a reposição dos carboidratos auxiliará agindo contra os sintomas.

Por Milena Evelyn

 


O limão é uma fruta que possui uma série de propriedades curativas. Freqüentemente é utilizado no combate de diversos problemas de saúde e incluído nas dietas.

É rico em vitamina C, um de seus princípios ativos que está presente na casca, auxilia no tratamento de problemas renais e problemas nas artérias.

Em suas aplicações externas podemos citar o uso do limão com adstringente, controlador na oleosidade do couro cabeludo e antibiótico natural. Na dieta ele pode ser usado para temperar as refeições no lugar do sal já que é muito mais saudável.

Alguns estudos afirmam que o limão ajuda na redução dos níveis de colesterol além de alcalinizar e desintoxicar o sangue. Então, se sinta à vontade para incluir o limão na sua vida e receba seus benefícios naturais.

Por Milena Evelyn


Altamente energética a uva também se revela uma importante fonte de vitamina C e do complexo B, Cálcio, Magnésio e Potássio, entre outros componentes benéficos ao organismo.

Ativadora natural do sistema renal por seu elevado teor de água em sua composição é importante preventivo nas doenças como pedras nos rins e infecções do trato urinário.

A presença dos flavonoides na casca da uva se revelam altamente benéficos na prevenção ao envelhecimento precoce da pele, atuam no processo de redução e combate do desenvolvimento de coágulos sanguíneos, auxiliando de forma eficaz para o bom funcionamento do sistema circulatório e cardiovascular, tanto quanto na redução do colesterol.

O consumo da fruta ao natural é o mais indicado, mas também há vários benefícios no consumo do suco e da fruta em forma de passas. As uvas são ricas em açucares por isso devem ser consumidas com moderação aos que fazem dietas para emagrecer e também é desaconselhada aos diabéticos.

Por Silvane Romero


Tem gente que odeia quiabo. Porque nunca comeu um prato bem feito. Até eu se me oferecer um quiabo gosmento, feito às pressas me nego a experimentar. E olha que eu experimento de TUDO!  

O quiabo tem uma secreção viscosa mesmo, que se não passar pela cocção correta deixa um aspecto nojento na comida. O jeito certo é cozinhá-lo no vapor.

Se você não tiver em casa aquelas panelas especiais, coloque uma panela com água para esquentar e amarre o quiabo em uma toalha de pano. Coloque o embrulho na parte superior da panela, entre a tampa e água e aguarde 15  ou 20 minutos.  Ficará macio e pronto para ser usado no prato que o cozinheiro preferir. Nem as crianças que costumam ser reclamonas, encontrarão defeito. 

Por Teresa Almeida


A semente de linhaça  apresenta  uma composição extremamente benéfica para a saude do organismo. Sua composição é rica em ômega 3  e ômega 6 , que atuam como agentes antioxidantes, auxiliando no processo de renovação celular, amenizando ações de envelhecimento precoce e doenças degenerativas.

A linhaça pode ser considerado um alimento funcional, por seu conjunto de elementos que atuam em conjunto de forma que intensifica a prevenção de doenças, entre elas as doenças cardiovasculares e também auxiliam no sistema digestivo.

Com altas presenças de Fibras, Vitamina E e Proteina, também é um agente estimulador do metabolismo, auxiliando a eliminação do excesso de sódio, de forma que sua atuação seja benéfica para a saúde renal.

Muito utilizada em dietas para a redução de peso, a linhaça pode ser consumida natural, misturada com outros alimentos, cozida e também na forma de farinha e óleo. Para ter uma atuação benéfica e preventiva o consumo de linhaça deve ser incorporado como parte da alimentação diária.

Por Silvane Romero


O sonho de todo amante do bom e velho café preto é ter uma boa e NOVA máquina de café que faça um pouco de tudo, além do claro, bom e velho café preto.

Café com estilo é ter em casa a mão uma máquina que faça um verdadeiro café gourmet e é o que a Barista Expresso se propõe. É uma máquina projetada para o lar que possui um sistema de capsulas hermeticamente fechadas. Isso mantém os grãos em atmosfera protegida. Para a delícia que põe na xícara, pode se dizer que o preço é bem suave. Quase um pechincha.

Quer saber mais? Acesse www.barista.com.br e delicie-se.

Por Teresa Almeida


A berinjela atua com uma ação diurética no organismo, e este é um dos motivos que sua presença é fundamental na elaboração de dietas para manutenção e controle de peso.

Original da Índia, a berinjela atualmente é consumida em suas diversas variedades de espécies em  praticamente todo o mundo.

Por ser rica em proteina e vitaminas A, B e C, fonte de  minerais como Cálcio, Fósforo, Ferro, Potássio e Magnésio, atua de forma positiva no controle da pressão sanguínea. Indicada também nos tratamentos de combate a desnutrição, assim como no tratamento de doenças  do fígado e estômago.

A berinjela é indicada para contribuir na prevenção de arterosclerose, artrite, reumátismo e diabetes. As propriedades antibacterianas atuam combatendo os efeitos nocivos dos alimentos gordurosos no sangue.

Seu consumo  pode ser de muitas formas variadas, e servida em  diferentes estilos gastronômicos, como em pastas, tortas, lazanhas, em saladas, combinada com outros vejetais, assim como em suco.

Por Silvane Romero


Saladas com molhos quentes é uma opção para as refeições saudáveis em tempo de inverno.

Repolho branco ou verde misturado com repolho roxo, regado com molho de queijo prato, ricota e azeite de oliva é uma combinação leve e deliciosa para acompanhamento dos demais pratos.

O repolho verde é rico em fibras e vitamina C, também contém Potássio, Cálcio, Selênio, Betacaroteno e o metionina um aminoácido que é  atuante nos processos de cicatrização e  tratamento de úlceras pépticas.

No caso do repolho roxo há também a presença de propriedades que estimulam a produção de hormônios que atuam na queima de gordura.

O repolho tem atuação também é um excelente depurativo do sangue, auxilia no combate ao cansaço físico.

Este vegetal é bastante utilizado em sopas, cozidos e em conservas, no entanto quando servido cru, em sucos ou com molhos quentes, conserva suas propriedades naturais  e potencializa seus benefícios.


Encontrado em lojas de produtos naturais, quinoa é um grão, rico em fibras que auxilia no funcionamento do intestino e auxilia na prevenção de osteoporose. Seu cultivo é original da região dos Andes Bolivianos.

Os flocos produzidos com quinoa é uma opção para alimentação dos celíacos, pois não contém glúten e também para vegetarianos, pois pode substituir o consumo da carne vermelha.

Quinoa é encontrada na forma de flocos, grãos e farinhas, além de derivados como macarrão e barras energéticas.

Também pode ser utilizada em variadas combinações como em saladas, suflês de e bolos com legumes,sopas, nas preparações do café da manhã com frutas, leite, mel ou iogurtes.

Quinoa é um cereal da família da soja, mas possui uma maior concentração de ferro, é rica em vitaminas  B-6, B-1 , E , C, e também Cálcio e Fósforo.

Por ser uma excelente fonte nutricional é também indicada  na alimentação de idosos e atletas.

Por Silvane Romero


Na minha última viagem sentei ao lado de um sommelier que morava e trabalhava em Pernambuco. Papo vai e papo vem, conversamos um pouco sobre as profissões de cada um. No meio da conversa ele me deu, o que acredito, ser uma das melhores sugestões de vinhos que já tinha recebido.

Trata-se do Chatêau Kefraya Comte de M. Um legítimo vinho libanês ou "Grand Cru" libanês, como me explicou o tal sommelier. É um vinho produzido com as uvas Cabernet Sauvignon, Syrah e Mourvèdre colhidas manualmente no vale do Bekaa.

Tem a cor escura de rubi, de um púrpura de causar inveja. O aroma é intenso de frutas maduras (cassis e ameixas) mescladas a notas de baunilha, chocolate e feno tostado. É elegante, equilibrado e não peca nem em acidez nem na quantidade de álcool como a maioria dos vinhos. Não sei outros lugares, mas até onde sei a importadora Zahil em São Paulo trabalha com este vinho. Vale a pena.

Se quiser experimentar o contato da Zahil é (11) 30712900.

Por Teresa Almeida


Nem sempre há um sommelier (profissional de vinhos) por perto para indicar que vinho comprar ou tomar. Uma dica legal que vi em uma das minhas viagens é o Cave Spring Icewine Riesling; um vinho sofisticado e elegante, fabricado e produzido no Canadá na região do Niágara com uvas colhidas ainda congeladas na parreira e (neste caso) acometidas de um fungo.

A chamada podridão nobre! É um vinho interessante de cor amarelo-ouro, com aroma delicado de frutas caramelizadas, mel, verniz e com notas minerais. Não sei se é fácil de encontrá-lo, mas na loja FLORA e na PORTO A PORTO você consegue reservar uma garrafa. 

  • Telefone da loja FLORA : (11)33275199
  • Telefone da loja PORTO A PORTO: (41) 30187393

Por Teresa Almeida


Os apreciadores de vinho sabem que um dos grandes truques para melhorar os aromas e os sabores dos vinhos jovens e concentrados é submetê-los a um vigoroso processo de aeração.

Geralmente usa-se um decantador (que originalmente serve para separar a bebiba das garrafas mais antigas ) para fazer com que esse vinhos respirem. Dificilmente encontram-se um canter adequado a mão no momento em que há necessidade de um. Agora saiu no mercado uma solução; o vinturi.

Trata-se de uma peça de acrílico, de muito bom gosto, que torna este processo de aeração muito mais fácil. Basta despejar o vinho através do utensílio no copo e a bebida já estará pronta para ser degustada.

A diferença amedronta, mas em hipótese alguma deve ser utilizada em vinhos envelhecidos pois destrói o sabor.

Por Teresa Almeida


Para quem quer curtir o inverno e o friozinho desta época, segue algumas receitas simples e deliciosas de caldos:

Caldo de feijão branco e salsicha: Cozinhe uma xícara de feijão branco por 25 minutos, acrescente minisalsichas, um terço de tablete de caldo de bacon, cheiro verde a gosto. Sirva junto com torradas e couve refogada.

Caldo verde: Cozinhe por 30 minutos 3 batatas grandes, um maço de couve com talo, uma colher de azeite de oliva e sal a gosto. Bata no liquidificador. Acrescente linguiça defumada em rodelas generosas. Sirva quente com pedaços de pão italiano.

Caldo de carne seca: Cozinhe por 30 minutos 3 mandioquinhas com carne seca e uma cebola roxa cortada em rodelas. Amasse grosseiramente as mandioquinhas e sirva a seguir, polvilhando com salsinha picada. Como acompanhamento sirva junto salada de rúcula com bacon frito.

Por Teresa Almeida


No frio a pedida suprema, é, e sempre será, os caldos. Caldinhos como são conhecidos, é aquela típica refeição que no inverno faz a cabeça e o estômago de boêmios que o ingerem com petiscos e bebidas tanto geladas, como quentes, também estão na mesa dos adeptos da cozinha natural, dos românticos que preferem um jantarzinho quente a dois, dos atarefados que não possuem muito tempo mas para manterem-se aquecidos e saciados recorrem as cumbuquinhas deliciosas de caldos. Podem ser simples, como um caldo de carne com batatas, mais sofisticadas como caldos de peixe com camarões e tomates ou experimentais como caldo de carne seca, com batata cará e curry. Não perca estes meses de inverno para saborear um nutritivo e apetitoso caldo!

Confira a receita de um delicioso caldo verde no vídeo abaixo:

Por Teresa Almeida


O feijão é uma leguminosa altamente nutritiva, popularmente conhecido e considerado um alimento extremamente saudável é cultivado em diversas variações. Rico em ferro, fibras, potássio, fósforo, cálcio, vitaminas do complexo B e uma das mais importantes fontes de proteína que são construtoras de tecidos no organismo.

De fácil cultivo, com boa adaptação as variações climáticas, há indicações de que o feijão já era popular e muito consumido na antiguidade.

O feijão quando consumido regularmente apresenta grandes benefícios ao organismo, inclusive esta associado à redução do diabetes, controle da obesidade, desnutrição, problemas cardiovasculares, reduzindo anemia, entre outros.

Este nutritivo alimento pode ser consumido em diversas receitas, como em saladas, sopas e o famoso caldinho de feijão, com farinha, feijoada, entre outras tantas combinações, chegando ser considerado um verdadeiro patrimônio da culinária brasileira.

O feijão, quando servido acompanhado com uma fruta cítrica tem potencializado a absorção de seus nutrientes pelo organismo.

Fonte: www.cnpf.embrapa.br

Por Silvane Romero


Assim como no Brasil, na Índia cada região possui uma culinária diferenciada com suas peculiaridades e sabores cultivados e apreciados com muito zelo. Na região Sul predomina a culinária vegetariana e no Norte a culinária onívora.

A culinária Indiana não somente alimenta o corpo, é uma explosão de cores fortes e intensas que enchem os olhos e despertam os sentidos. Predominadas por ervas, temperos, raízes e outras inúmeras iguarias.

Cada especiaria utilizada na culinária Indiana tem um propósito definido, uma tarefa especifica na composição daquele alimento, cada elemento é escolhido por sua  função, e isso torna, os sabores ainda mais peculiares.

As escolhas tem um toque preciso e agregam valor ao sabor com suas propriedades harmonicamente combinadas. A páprica possui propriedades que atuam de forma preventiva ao câncer. O coentro é funcional  atuando como um digestivo refrescante, o gengibre  tem como propriedade ser um agente de  proteção da garganta e vias respiratórias, o alho é um poderoso antioxidante que melhora a circulação.

Por Silvane Romero


Aromática, a Sálvia (salvia officinalis) possui sabor sofisticado e é um excelente tempero, que pode ser usado sem parcimônia no preparo de carnes de carneiro, cabrito e aves.

Também é um ativador do metabolismo de forma que quando utilizado em pratos de alto teor de gordura, assim como em queijos e molhos, facilita o processo de absorção do organismo facilitando o processo digestivo.

A popular e simpática Salsa (petroselenum crispum) é uma rica fonte de vitamina A e C, e pode ser utilizada em inúmeras combinações, como em omeletes, sopas molhos, carnes, aves, massas, peixes  e em legumes, com sabor suave, é um toque de sofisticação e refinamento na finalização de receita.

A refrescante Hortelã ou Menta (Metha sp) é tradicionalmente uma grande acompanhante de carnes de carneiro, e sua presença em molhos de finalização com limão proporciona leveza ao sabor, também atua como um regulador dos distúrbios digestivos e pode ser utilizada também como infusão na preparação de chá.

Por Silvane Romero


Com as baixas temperaturas inicia-se também a fase de gastronomia altamente calórica, com muitas tentações que levam água baixo todo esforço e tentativas de regular a alimentação de forma saudável, no meio desse cenário surgem como uma alternativa, os sempre muito presentes e à disposição em todas as estações do ano, simpáticos, coloridos  e saudáveis vegetais.

Combinados com especiarias são uma alternativa plausível e saborosa para os dias mais frios. Sopas de legumes, cremes e consumes são potenciais aliados para manter o corpo saudável e em forma.  Algumas combinações além de nutritivas, apresentam sabores incríveis, aquecem e dão a sensação de plena saciedade.

Os vegetais que podem ser explorados sem nenhuma culpa como abóbora italiana moranga cabotiá, cenouras, couve, milho, ervilha, grão de bico,brócolis, na hora de preparar sua receita prefira temperos frescos, evite, reduza, e se possível, elimine sal e gorduras de sua receita, e como acompanhamento torradinhas integrais são permitidas assim como pequenas porções de queijo tipo parmesão.

Por Silvane Romero


CALDA DE UVA

 Ingredientes – na panela, em fogo médio, deixe até formar uma calda:

  • 1 xícara de água;
  • 1 xícara de uvas (sem sementes);
  • 1 xícara de açúcar;

 CREME

Ingredientes – em outra panela misture:

  • ½ litro de leite condensado
  • 1 ½ xícara de amido de leite
  • 1 xícara de creme de leite
  • 2 gemas
  • 1 colher de essência de baunilha

MASSA

 Ingredientes – misture bem:

  • 1 pacote de 200 g de biscoito triturado
  • ½ xícara de manteiga

Coloque na forma, e leve a massa sozinha para assar, por 10 minutos, em forno pré-aquecido.

 

PARA MONTAR

 Na forma – com a massa já assada:

  • Coloque o Creme;
  • Decore com uvas em metades
  • Jogue a caldinha de uva

 

Após, coloque na geladeira por 2 horas e sirva, em seguida.

É UMA DELÍCIA!!!

BOM APETITE!

Por Gegislene R. A. Dias


Para ficar com eletrodomésticos todos novos, participe da Promoção Mococa Sabor de Bons Momentos! Acesse o site cybercook.terra.com.br, preencha o cadastro com os dados do participante e responda à seguinte pergunta: “Qual momento feliz e saboroso que a Mococa esteve presente em sua vida?”.

Serão sorteados 1 refrigerador, uma máquina de lavar roupas com limite de 10kg, mais um fogão 4 bocas todos da Brastemp e ainda mais uma cesta com produtos exclusivos da Mococa. Show de bola!

Não perca tempo pois a promoção vai até dia 25 de junho. Mais informações e consulta ao regulamento completo, acesse o mesmo site da inscrição.

Por Rafaela Ometto


Outra receita de Salada que gosto muito, e combina bem com o friozinho do inverno é a incrível salada Noí quente

Pegue um ramo de espinafre e cozinhe. Quando estiver cozido, retire da água e esprema bem até tornar-se uma bola pequena de folhas cozidas. Pique em pedaços pequenos e reserve.

Corte 3 tomates italianos em rodelas e disponha-os sobre uma tigela. Pique uma cebola roxa em rodelas e disponha em cima do tomate.

Pique um quarto de talo de alho-poró e disponha em cima das cebolas. Por último jogue o espinafre aquecido em uma colher de leite bem quente. Pronto!

Até experimentar, simplesmente não dá para se ter  idéia de como fica sensacional!

Por Teresa Almeida


O site do barra doce é um pequeno pedaço de paraíso para os amantes dos graciosos cupcakes, muffins e suas versões em miniatura (mini muffin e mini cupcake). Tem de tudo lá formas, espátulas, wrapers, diversas forminhas de pano, de tela, de papelão, moldes, ejetores e tudo mais que se possa imaginar.

E o melhor; volta e meia o site entra em promoção o que faz valer a pena ficar de olho nele. A promoção desta vez são os ejetores para os doces, estão todos a 10 % de desconto. Para entender melhor dê uma olhada no site: www.barradoce.com.br. Confira e aproveite a promoção.

Por: Teresa Almeida

Fonte: www.barradoce.com.br


Aqui vai uma receita rápida, fácil, saborosa e que gera 250 calorias por porção. Não pense que é muito, por porção estou falando de uma refeição (almoço, jantar) que deixará qualquer mortal satisfeito.

Deixe um quilo de bacalhau salgado na água por 48 horas, para dessalgar bem, trocando a água pelo menos 3 vezes ao dia. Na última troca substitua a água por leite e deixe assim por umas oito horas.

Transfira o bacalhau com leite para uma panela e deixe cozinhar por 15 minutos, escorra o leite e reserve.  Em uma panela grande, frite num filete de azeite de oliva, dois dentes de alho, cinco tomates sem pele, 100 gramas de azeitona e manjericão a gosto.

Cozinhe tudo junto do bacalhau por uns 10 minutos e sirva. 

Por Teresa Cecília Almeida


Não é porque você está de dieta que precisa punir-se e ficar sem aquele tão sonhado doce. Calma, a vida só tem uma, trate de aproveitá-la. Nada melhor do que uma receita light e deliciosa, para desfrutar de um leve "pecado" sem grandes culpas.

Pegue uma forma redonda com fundo falso e forre com uma mistura de 5 colheres de margarina sem sal, uma pitada de canela em pó,100 gramas de granola, aveia, acúcar mascavo, respectivamente e3  colheres de leite desnatado. Em uma panela dissolva 200 gramas de chocolate ao leite, com uma colher de margarina sem sal e 2 ovos. Jogue na forma e asse por 10 minutos, apenas. Quando esfriar, polvilhe com aveia torrada e aproveite!

Por: Teresa Almeida

Técnica Alimentar


O campus Santo Amaro do Senac São Paulo promove o curso Vionnoserie Francesa, de 7 a 11 de junho (segunda a sexta-feira), como primeira etapa de parceria firmada com a escola de pâtisserie Ecole Lenôtre – primeira escola de gastronomia da França. O acordo ainda promoverá intercâmbios, workshops e certificação de conclusão de curso.

O curso erá ministrado por Vicent Mary – docente da escola francesa – e terá como temas principais a serem abordados, as técnicas de fermentação e preparo de amanteigados, pães folhados, brioches e outras receitas tradicionais da cultura francesa.

A duração do curso será de 40 horas, com prática e teorias. Os cursos terão 16 alunos e serão realizados na confeitaria do centro de gastronomia do Senac Santo Amaro. Informações sobre inscrições  e detalhes do curso no site do Senac-Gastronomia.

Rafael TOTP


De acordo com a Abima (Associação Brasileira de Indústrias de Massas Alimentícias, Pães e Bolos Industrializados), o brasileiro tem aumentado o consumo de pães e bolos industrializados. Com relação aos pães, em 2009 houve um aumento de 8% na procura, em relação ao ano de 2008, o que levou a um crescimento de 12% no faturamento.

Já os bolos industriais apresentaram um aumento de 6% no faturamento. O presidente da Abima, Claudio Zanão, disse que o que mais contribuiu para o crescimento no consumo dos pães industriais foi o aumento do poder aquisitivo dos consumidores das classes C e D.

E além de consumir mais, as pessoas estão à procura de produtos mais saudáveis, com baixo teor calórico, lights ou integrais. Já em relação aos bolos, a procura é por maior praticidade, já que muitas pessoas não possuem mais tempo de fazer bolo em casa.

Fonte: Notícias R7

Por Márcia V. L. Galvão


Ingredientes:

  • ½ kg de aipim
  • 3 ovos inteiros
  • 3 claras
  • 3 xícaras de (chá) de açúcar
  • 1 pacote (100g) de coco ralado
  • 1 copo americano de leite
  • 3 col. (sopa) de manteiga
  • 2 col. (sopa) queijo ralado
  • ½ col. (café) de sal
  • 1 ½ col. (sopa) de farinha de trigo
  • 1 col. (chá) de fermento em pó

Veja como é Fácil Preparar:

Descasque o aipim, lave e rale. Ferva e escorra bem. Unte uma assadeira retangular (25x15cm). Espalhe um pouco de manteiga com um pedaço de papel absorvente para ficar uniforme e polvilhe farinha de trigo. Reserve. Aqueça o forno em 180º C. Peneire a farinha, o fermento, o sal e o açúcar. Junte os ovos, a manteiga, o aipim ralado, o queijo, o coco, e o leite. Bata bem. Leve ao forno por 40 minutos ou até que doure.

Por Cíntia Foloni Santoro


Ingredientes:

  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo;
  • 1 xícara (chá) de farinha de quinua;
  • 1 xícara (chá) de flocos de quinua;
  • 1 xícara (chá) de manteiga;
  • 100 g de queijo parmesão;
  • 1 col. (chá) de sal, 1 ovo

Modo de Preparo:

  1. Misture todos os ingredientes até que se forme uma massa homogênea;
  2. Com ajuda de uma colher de chá faça pequenas bolinhas e depois coloque-as em uma assadeira untada com manteiga e deixe descansar por 15 minutos;
  3. Com o dedo dê uma leve pressionada no centro de cada biscoito;
  4. Por último, pincele com a gema os biscoitos e asse em forno pré-aquecido a 180 º  até dourar.

Por Cíntia Foloni Santoro


Dia das mães se aproximando e a família já planejando aquela reunião e almoço na casa da matriarca, com direito a comidas deliciosas, sobremesas inesquecíveis, comidinha da mamãe.

A ironia é que no dia das mãe, várias delas acabam tendo trabalho triplicado e tendo que cozinhar para um batalhão que chega com companheiros e filhos para curtir a companhia (ou comida) da mãe.

A nova idéia é dar às mães o que elas merecem: um dia de descanso celebrando todo o trabalho que damos ou já demos a elas. Quem sabe reservar uma mesa no seu restaurante preferido ou levá-la para ver uma peça de teatro que ela tanto quer, mas nunca tem tempo.

Vale pensar com mais detalhe e ser mais ambicioso na escolha dos presentes. Quem sabe ela fica tão inspirada que até convida os filhos para um jantarzinho no final do dia delas?


Um prato clássico da culinária francesa é o Crepe Suzette, ou Suzan Pancakes ou panqueca da Suzana. Simplificando é uma panqueca que vai licor e suco de laranja.

Para fazer a massa bata no liquidificador 100g de farinha de trigo peneirada, 3 ovos, 230ml de leite, ½ colher de sopa de óleo de girassol e 1 pitada de sal.

Unte uma frigideira larga com manteiga e depois de aquecê-la bem coloque a massa até cobrir todo o fundo da panela. Quando desprender, tire a massa e dobre em triângulo. Reserve.

Para fazer a calda, leve 200g de açúcar na frigideira até que derreta. Coloque 80g de manteiga e depois coloque 400ml de suco de laranja. Cozinhe em fogo baixo.

Coloque as panquecas na calda, depois dela ter ficado mais espessa. Coloque o licor  de larnaja Grand Marnier e flambe! Sirva decorado com gominhos e cuidado para flambar e nãos e queimar !

Por A.C.Rocha


A Índia é capaz de influenciar a culinária de muitos povos com sua infinidade de aromas e sabores. Temperos como a canela, o cravo, o cardamomo, a cúrcuma, fazem parte da culinária brasileira como se tivessem sua origem aqui.

Os hindus transformam tudo em tempero, existe uma infinidade deles, pois devido ao clima quente e úmido, os temperos são conservantes naturais dos alimentos.

Entre os principais condimentos estão o açafrão, a canela, o cardamomo, o cominho, a cúrcuma, o gengibre, o curry, a noz-moscada, a pimenta-do-reino, para citar apenas os mais conhecidos.

O hábito de substituir o sal dos alimentos pelas especiarias, acompanhadas de limão ou mesmo de azeite de oliva, pode ajudar bastante na sua saúde.

Por Cíntia Foloni Santoro


Muitos paladares exigentes aderiram ao uso do azeite de oliva extravirgem quase que totalmente em suas refeições. Algumas pessoas que consomem pouquíssimo óleo, como é o meu caso, se contentam em ter apenas uma boa e grande garrafa de azeite de oliva extravirgem de boa qualidade em casa.

Para a maioria das pessoas e difícil pensar em abolir o óleo de cozinha tradicional durante o preparo das refeições, mas todos os pratos podem ser adaptados e você acaba sentindo a diferença no paladar e na saúde.

A classificação extravirgem indica que o azeite contem um alto grau de pureza, sem aditivos e conservantes. E a sua acidez também define a qualidade de um azeite. Quanto menos ácido, parâmetro químico, maior qualidade ele possui.

Quando se fala em “extração à frio”, significa que todas as qualidades nutritivas foram mantidas durante o processo que retira o azeite da azeitona, em uma temperatura menor que 28ºC. Outra informação importante é quanto à forma de embalagem, “embalado em origem”, significa que o produto foi embalado no mesmo local da colheita.

Por Cíntia Foloni Santoro


Ingredientes

  • 250 g de fusili
  • 1 xícara (chá) de tomates cereja cortados ao meio
  • 1 xícara (chá) de cenoura ralada
  • 1 xícara (chá) de pepinos japoneses em tiras pequenas
  • ½ cebola picada
  • 2 col. (sopa) de salsinha picada
  • 2 col. (sopa) cebolinha picada
  • ½ xícara (chá) de azeite de oliva
  • 2 col. (sopa) maionese light
  • suco de ½ limão
  • 3 col. (chá) molho de soja
  • sal e pimenta-do-reino a gosto

Preparo:

Cozinhe o macarrão e reserve. Misture o molho de soja, o suco de limão, a maionese, o azeite, o sal e a pimenta. Depois de bem misturados, acrescente o restante dos ingredientes e o macarrão. Sirva frio.

Por Cíntia Foloni Santoro


Ingredientes

  • 8 goiabas vermelhas
  • 350 g de açúcar
  • 350 g de canela em pó
  • Contreau a gosto
  • Ramos de tomilho

Preparação

  1. Corte a goiaba em quatro pedaços. Separe as sementes e bata-as no liquidificador com um pouco de água, coe e reserve.
  2. Forre o fundo de uma assadeira com açúcar e canela. Acrescente a goiaba e cubra com o caldo de semente. Coloque mais um pouco de açúcar e canela por cima e decore com ramos de tomilho.
  3. Leve ao forno a 200º C por 45 minutos e depois de pronto, regue com contreau. Pode acompanhar uma bola de sorvete.

Por Cíntia Foloni Santoro


O sorbet, para quem não conhece, é um tira gosto usado em jantares mais finos onde a língua tem que ser “lavada” para degustar os outros pratos.

Pode ser utilizado no meio das refeições ou no fim. É como se fosse um raspadinha ou um sorvete sem creme.

Aí vai uma receita bem gostosa de sorbet de morango para testar e degustar:

  1. Em uma panela, coloque 100ml de água e 75g de açúcar.
  2. Mexa no fogo baixo até estar bem dissolvido.
  3. Lave e limpe 350g de morangos e mergulhe-os nos 100ml de vinho branco seco.
  4. Seque-os, separe alguns para decoração e bata tudo no liquidificador.
  5. Bata bem e depois coloque a calda de açúcar com o purê e coloque em um refratário para gelar.
  6. Bata uma clara e adicione ao sorbet de morango.

Divida o preparo em taças que não  deve ficar muito congelado. Decore com o restante do morango cortado bem fininho.

Por A.C.Rocha


Ingredientes do Molho:

  • 6 col. (sopa) de maionese zero
  • 6 col. (sopa) de iogurte natural
  • ½ col. (sopa) de suco de limão

Ingredientes  da Salada:

  • 1 ½ chuchu descascado; cortado em tiras fininhas.
  • 1 col. (sopa) de sal marinho
  • 1 col. de pimenta rosa

Modo de Preparo:

  1. Misture o chuchu com o sal e ponha em um escorredor por 30 minutos para retirar toda a água.
  2. Em um recipiente grande misture a maionese, o iogurte, o limão, batendo levemente.
  3. Adicione o chuchu escorrido ao molho e misture bem.
  4. Enfeite com a pimenta rosa distribuída pelo prato, e sirva imediatamente.

Rende 8 porções

Por Cíntia Foloni Santoro


Ingredientes Molho:

  • 2 col. (sopa) de caldo de limão
  • 1 ½ col. chá) de cominho em pó
  • 1 ½ col. (chá) de alho amassado
  • 2 col. (sopa) azeite de oliva extravirgem
  • 2 col. (sopa) de óleo de girassol ou milho
  • 1 ½ col. (chá) sal marinho

Ingredientes Salada:

  • 300g de tomate cereja cortada ao meio
  • 700g de abacate sem casca em cubos
  • ½ xícara de coentro picado

Modo de Preparo:

Junte os ingredientes do molho e misture. Um pouco antes de servir, arrume os cubos de abacate nas bordas do prato, coloque os tomates no centro e derrame o molho sobre a salada. Enfeite com o coentro.

Rende 8 porções.

Por Cíntia Foloni Santoro


Essa é outra receita que pulsa e vibra de Saúde. Coma sempre, é maravilhosa e extremamente saudável.

Ingredientes

  • 500 gramas de filé de salmão fresco
  • 6 batatas médias em rodelas
  • 2 abobrinhas
  • 1 pimentão vermelho e pimentão amarelo
  • ½ xícara de vinho branco seco
  • sal a gosto.

Modo de Preparo

  1. Leve uma panela de vapor com pagua ao fogo alto e deixe ferver.
  2. Coloque os pimentões, a abobrinha e a batata na parte superior.
  3. Cozinhe por 30 minutos. Se não tiver a panela de vapor, improvise uma peneira sobre uma panela com água.
  4. Acrescente o salmão e cozinhe por uns cinco minutos.
  5. Regue com vinho, deixe cozinhar por mais dois minutos. Tempere com sal a gosto.
  6. Transfira o salmão e os legumes para uma travessa.

Ingredientes

  • 100 g de biscoitos de maizena picados
  • 3 col. (sopa) de azeite de oliva
  • ½ xícara (chá) de queijo ricota picado
  • 1 sachê de gelatina em pó incolor e sem sabor
  • ½ xícara de leite desnatado
  • 3 kiwis médios picados
  • 2 col. (sopa) de adoçante culinário em pó
  • 1 pote de iogurte desnatado

Modo de preparo

  1. Bata os biscoitos no liquidificador até obter uma farofa. Ponha em uma tigela com o azeite e a ricota.
  2. Misture tudo até obter uma massa e forre o fundo de 12 fôrmas pequenas de 70 ml, untadas com azeite de oliva.
  3. Gele por 1 hora. Em um refratário, prepare a gelatina com leite.
  4. Leve ao fogo em banho-maria até dissolvê-la. Tire do fogo e guarde.
  5. Coloque os kiwis, o adoçante e 50 ml de água em uma panela. Tampe e cozinhe por 10 minutos.
  6. Despeje no liquidificador e acrescente a gelatina e o iogurte.
  7. Bata até formar um creme e despeje sobre a massa.
  8. Deixe na geladeira por 2 horas. Tire as tortinhas das formas e decore com kiwi e folhinhas de hortelã.

Ingredientes

  • 1 xícara de água
  • 1 xícara de azeite de oliva
  • 3 colheres (sopa) de salsa picada
  • 1 kg de atum
  • 1 kg de mandioquinha cozinha em rodelas
  • 30 azeitonas pretas
  • 4 dentes de alho picados
  • 6 tomates tomates médios cortados em gomos
  • sal a gosto e pimenta-do-reino moída na hora.

Modo de Preparo

  1. Tempere o atum com sal e pimenta.
  2. Numa panela refogue o alho no azeite até dourar.
  3. Ponha o atum na panela com a água e cozinhe, virando aos poucos.
  4. Estará bom quando ao ser espetado com o garfo o peixe se parte facilmente.
  5. Acrescente o tomate, a azeitona e a salsa. Coloque a mandioquinha por último. Sirva!

Este é um conselho que dou a quem quer na mesa uma refeição deliciosa e que  proporcione ao seu corpo nutrientes e vitaminas. É uma dica de amiga e de profissional de saúde.

Ingredientes

  • 100 gramas de manteiga
  • ½ xícara de açúcar
  • 1 ovo
  • 1 pitada de sal
  • raspas de limão e
  • 1 ½ xícara de farinha de trigo

Creme:

  • ½ litro de leite
  • 2 ovos
  • 2 colheres (sopa) farinha de trigo
  • 2 colheres (chá) de baunilha
  • 100 gramas de castanhas-do-pará cortadas em lâminas finas.

Modo de Preparo

Massa:

  1. Misture a manteiga, o açúcar, o ovo, o sal e as raspas de limão. Acrescente a farinha aos poucos.
  2. Mexa suavemente. Deixe descansar na geladeira por 30 minutos.

Creme:

  1. Bata no liquidificador todos os ingredientes menos as castanhas.
  2. Leve ao fogo e mexa até engrossar. Acrescente metade das castanhas. Reserve.
  3. Abra a massa e forre com ela o fundo de uma fôrma redonda. Leve ao forno médio por 15 minutos.Retire e despeje o creme. Cubra com o resto da castanha. Leve ao forno por mais 10 minutos. Sirva fria!

Um prato refrescante, saboroso e de baixíssimas calorias. Fica pronto em 10 minutinhos. Utilize abacaxi doce e saiba que ele é uma fruta poderosíssima, pois auxilia a digestão, e uma série de outros benefícios além de ser ótima opção para temperar carnes.

Ingredientes do Molho:

  • 1 copo de iogurte desnatado
  • 3 col. (sopa) de creme de leite light
  • Sal e pimenta do reino

Ingredientes da Salada:

  • 20 fatias bem finas de abacaxi
  • Folhas de alface-americana
  • 1 lata de atum sólido ao natural light, escorrido.

Modo de Preparo:

  1. Numa tigela, coloque o iogurte e o creme de leite. Tempere com sal e pimenta a gosto.
  2. Espalhe as rodelas de abacaxi sobre um prato grande, coloque as folhas de alface rasgadas sobre o abacaxi, distribua o atum.
  3. Regue com o molho e sirva em seguida.

Para você que é acostumado a apenas degustar as cervejas tradicionais, vale a dica de algum dia experimentar uma cerveja de trigo. São simplesmente deliciosas.

Antigamente quando você se dirigia ao mercado, não havia tantas opções de cervejas importadas como existem hoje. Mas cerveja de trigo não necessariamente precisa ser importada. A Bohemia (Bohemia Weiss) é uma marca que fabrica cervejas de trigo de bastante qualidade, assim como a Paulaner, Erdinger ou a Eisenbahn (de Blumenau / SC).

A Weißbier, como também é chamada, é um tipo de cerveja feita de malte de trigo e cevada, além de lúpulo e levedura, e possui teor alcoólico de até 6%.

cerveja-de-trigo


Atualmente, muitas pessoas estão comprando pequenas adegas climatizadas para estocagem de vinhos em casa. Mas qual é a real necessidade disso?

A adega é útil para manter a temperatura da bebida, no caso o vinho, em sua temperatura ideal, que se situa de 14 a 17°C. Existem adegas naturais (vinículas), cuja localização é justamente no subsolo, a fim de manter uma temperatura amena.

Normalmente os vinhos são armazenados em barris, barricas ou nas próprias garrafas.

adega





CONTINUE NAVEGANDO: