Os temperos naturais, além de darem um sabor especial à comida, oferecem ótimos benefícios à saúde.

Você sabia que os temperos naturais, além de atribuir um sabor mais agradável à comida, auxiliam na boa saúde do organismo?

Para te informar dos benefícios do uso dos temperos naturais, segue uma lista com 10 temperos naturais e seus benefícios:

Pimenta:

A pimenta é, sem dúvidas, um dos temperos mais potentes de todos. Não só porque ele nos dá um gostinho picante, mas também ele traz múltiplos benefícios à saúde, tais como: acelera o metabolismo, auxiliando na perda das gordurinhas indesejáveis; auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares e também promove uma diminuição do colesterol ruim, aumentando o índice do colesterol bom.

Alho:

Rico em nutrientes vitaminas, minerais e aminoácidos. Tem o incrível poder de reduzir o colesterol e a pressão arterial e também possui ação germicida combatendo infecções.

Cebola:

Possui poderes curativos, anti-inflamatórios e ajuda no aumento a densidade óssea.

Louro:

Além do gostinho agradável, o louro possui um forte cheiro que estimula a produção de saliva e outras enzimas digestivas benéficas ao organismo. Além de auxiliar no aumento do metabolismo.

Alecrim:

É diurético. Auxilia no melhoramento da digestão e é um regulador da pressão arterial e do colesterol.

Manjericão:

Um tempero bastante utilizado entre os brasileiros. Possui um poder diurético e antisséptico.

Coentro:

O coentro possui um incrível poder calmante, servindo também, como um bom moderador de apetite, ideal para aqueles que estão de dieta. Também auxilia no fluxo digestivo.

Orégano:

Auxilia no fluxo digestivo. É um bom estimulante das funções gástricas. Possui um poder diurético e sedativo.

Hortelã:

Um tempero pouco utilizado entre os brasileiros, mas que pode trazer múltiplos benefícios, tais como: auxilia na digestão de comidas pesadas, possui poder antisséptico e antiespasmódico, e também possui um poder analgésico e expectorante.

Nós Moscada:

A nós moscada possui um incrível poder antiestresse, servindo também como um tipo de calmante.

Por Felipe Pancheri Colpani 

Temperos naturais

Foto: Divulgação


Além de deliciosa, a comidinha caseira preparada na hora e bem temperadinha com ervas e outras especiarias pode ser sinônimo de uma vida mais saudável. Pelo menos é isso o que diz um estudo recente realizado no mês de maio pelo McCormick Science Institute – em parceria com a Sociedade Americana de Nutrição – e divulgado na revista Nutrition Today. A pesquisa, composta por 16 peças de estudo, concluiu que os temperinhos influenciam no controle da saciedade e inflamações, aceleração do metabolismo, resistência à insulina e atividades cardiovasculares.

Enquanto temperam os alimentos e os deixam mais saborosos, as especiarias atuam – diretamente – na redução dos consumos de sódio, gorduras e, é claro, calorias. Segundo Johanna Dwyer, uma das estudiosas, agora é sabido que é possível, sim, obter um novo panorama para a saúde púbica investindo apenas em uma alimentação saudável e, de fato, deliciosa.

Veja 5 razões para apostar nas especiarias e temperos caseiros e promover uma melhora efetiva em sua saúde, como comprovam os estudos.

Maior consumo de alimentos saudáveis:
Temperar pratos pouco calóricos e mais saudáveis com as ervas os deixam tão apetitosos quanto às tentações gastronômicas temperadas com as mesmas especiarias.

Redução no consumo de sódio:
Quando optamos pelas ervas como tempero, espera-se uma redução no consumo de sal. De acordo com pesquisa realizada pela Universidade Johns Hopkins, quem utiliza temperos como ervas e especiarias consome menos sódio, cerca de 966mg à menos.

Otimização do metabolismo/saciedade:
Outra pesquisa, desta vez realizada por Margriet Westerterp-Plantenga, da Universidade de Maastricht, confirma que a pimenta vermelha- quando consumida por adultos –  acelera o gasto energético pelo metabolismo.

Proteção cardiovascular:
De acordo com a pesquisa assinada pela Universidade do Estado da Pensilvânia, especiarias e ervas atuam no controle de índices de insulina e triglicérides, protegendo diretamente o sistema cardiovascular.

Melhor sensibilidade à insulina:
Especiarias como a canela, segundo pesquisas de Richard Anderson,da Beltsville Human Nutrition Research Center, melhoram os níveis de glicose no sangue e diminuem a sensibilidade à insulina.

Juntamente às dicas mencionadas pelo estudo, é essencial acompanhar, de perto, à quantas anda tua saúde. Por isso, não hesite em visitar seu médico de confiança, mesmo que seja uma única vez ao ano. Ele solicitará exames básicos (como os de sangue e urina), os quais podem detectar problemas com sua saúde, mesmo que ínfimos.

E então, que tal abandonar os temperos industrializados, além do sal, e apostar em temperos caseiros, produzidos à base de ervas e especiarias? Certamente sua saúde irá agradecer!

Texto de Tati M.


O famoso mamão, além de ser muito saboroso, é uma excelente fruta para quem quer ter uma melhor saúde.

Excelente para quem quer soltar o intestino, o mamão pode proporcionar diversos benefícios para a saúde humana. Com diversas enzimas que dissolvem as proteínas ingeridas e com fibras que ajudam a evitar a prisão de ventre, é aconselhável a ingestão de mamão todas as manhãs para quem sofre de intestino preso.

O mamão também auxilia no combate conta a sinusite e é ótimo para a redução do mau colesterol. Este fruto possui uma enzima conhecida por papaína, que auxilia no processso de cicatrização e sua quantidade enorme de fibras, juntamente com a prática constante de atividades físicas, ajudam na redução do mau colesterol presente nos vasos sanguíneos.

Ele também é importante para o combate contra o câncer de colo, para a melhora da saúde óssea, para o combate contra doenças na vesícula biliar, além de ajudar no combate contra doenças cardíacas.

A ingestão diária de mamão pode nos proporcionar anos a mais de vida.

Por Rodolpho Medeiros


Um dos alimentos mais consumidos na Europa, a raiz conhecida por beterraba, muito utilizada em saladas, caldos, feijão e sopa, pode ser bastante saudável para o nosso organismo.

A beterraba é um dos produtos alimentícios mais admirados pelos europeus. Fonte de açúcar, sendo também produzida e fermentada para a produção de combustível, esta raiz de engraçada cor avermelhada é considerada fundamental para uma boa dieta.

Apesar da sua grande quantidade de açúcar, a beterraba é excelente fonte de vitamina C, antioxidante que auxilia no combate aos microorganismos que invadem nosso corpo, vitamina A, importante para uma boa visão e do complexo B, que previne contra doenças como o Beribéri. Ela também é excelente fonte de importantes minerais como o fósforo, ferro e magnésio.

A beterraba é uma excelente fonte de vitaminas e minerais, além de ser ótima para adocicar pratos. Quem pretende ter uma boa nutrição, deve incluí-la ao cardápio.

Por Rodolpho Medeiros


O limão é uma fruta que possui uma série de propriedades curativas. Freqüentemente é utilizado no combate de diversos problemas de saúde e incluído nas dietas.

É rico em vitamina C, um de seus princípios ativos que está presente na casca, auxilia no tratamento de problemas renais e problemas nas artérias.

Em suas aplicações externas podemos citar o uso do limão com adstringente, controlador na oleosidade do couro cabeludo e antibiótico natural. Na dieta ele pode ser usado para temperar as refeições no lugar do sal já que é muito mais saudável.

Alguns estudos afirmam que o limão ajuda na redução dos níveis de colesterol além de alcalinizar e desintoxicar o sangue. Então, se sinta à vontade para incluir o limão na sua vida e receba seus benefícios naturais.

Por Milena Evelyn


A semente de linhaça  apresenta  uma composição extremamente benéfica para a saude do organismo. Sua composição é rica em ômega 3  e ômega 6 , que atuam como agentes antioxidantes, auxiliando no processo de renovação celular, amenizando ações de envelhecimento precoce e doenças degenerativas.

A linhaça pode ser considerado um alimento funcional, por seu conjunto de elementos que atuam em conjunto de forma que intensifica a prevenção de doenças, entre elas as doenças cardiovasculares e também auxiliam no sistema digestivo.

Com altas presenças de Fibras, Vitamina E e Proteina, também é um agente estimulador do metabolismo, auxiliando a eliminação do excesso de sódio, de forma que sua atuação seja benéfica para a saúde renal.

Muito utilizada em dietas para a redução de peso, a linhaça pode ser consumida natural, misturada com outros alimentos, cozida e também na forma de farinha e óleo. Para ter uma atuação benéfica e preventiva o consumo de linhaça deve ser incorporado como parte da alimentação diária.

Por Silvane Romero





CONTINUE NAVEGANDO: