Confira algumas receitas da versão moderna de pão de queijo: o pão de queijo frito.

A receita de pão de queijo frito tem ficado cada vez mais popular, muitas pessoas têm se rendido a esse quitute delicioso, que é a versão moderna do tradicional pão de queijo, que é consumido em muitas regiões de formas bem diferentes.

Essa receita é ideal para um dia que vai ter visita em casa, pois além de ser muito prática ela também é econômica e rápida.

Vamos conhecer algumas receitas de pão de queijo frito.

Primeira receita: Pão de queijo frito

Ingredientes

– 5 ovos

– 600 g de queijo minas meia cura ralado

– 700 g de polvilho doce

– 1 colher de sobremesa rasa de sal

– 2 xícaras e ½ de leite

– 1 colher de sobremesa rasa de açúcar

– 1 colher de sopa cheia de fermento em pó

– Óleo para fritar

Modo de fazer

Separe o leite e misture todos os demais ingredientes em uma bacia. Depois vá adicionando o leite aos poucos até a massa dar liga. Quando a massa começar a desgrudar das mãos, é sinal que ela está no ponto certo. Depois é só modelar as bolinhas do tamanho desejado e fritar. Vale lembrar que o óleo precisa estar quente para que a massa fique frita por dentro também. Use papel toalha para colocar o pão de queijo assim que ele sair da gordura, assim ele vai ficar bem sequinho.

Segunda receita: Pão de queijo frito do Master Chef

Ingredientes

– 3 ovos

– 400 g de queijo minas meia cura ralado

– 1 colher de sopa de fermento em pó

– 1 copo americano mais duas colheres bem cheias de polvilho americano

– óleo para fritar

Modo de fazer

Em uma vasilha grande misture todos os ingredientes até que eles se unam completamente. Vai misturado até que a massa desgrude totalmente das mãos. Caso sinta necessidade use um pouco mais de polvilho doce. Depois que a massa estiver no ponto certo, faça bolinhas do tamanho desejado e frite em óleo bem quente.

Goiabada derretida é opcional

Para quem desejar incrementar essa receita que já é maravilhosa, é só derreter um pouco de goiabada com água, até que a mistura fique grossinha. Coloque em um recipiente pequeno e depois molhe o pão de queijo frito. Essa combinação fica perfeita e vai agradar as suas visitas.

Terceira receita: Pão de queijo frito da vovó

Ingredientes

– 4 ovos

– 1 colher de sopa de fermento em pó

– 2 xícaras de chá de polvilho doce

– 2 xícaras de chá de polvilho azedo

– 200 g de queijo parmesão

– 200 g de queijo minas padrão ralado

– 4 colheres de sopa de leite

– Sal a gosto

– Óleo para fritar

Modo de fazer

Em uma vasilha coloque todos os ingredientes exceto o leite, vai colocando aos poucos para ajudar a encontrar o ponto exato da massa. Depois que conseguir o ponto ideal, faça as bolinhas do tamanho desejado e deixe o óleo ficar bem quente. Depois coloque em uma um recipiente com papel toalha para retirar todo excesso de gordura.

Quarta receita: Pão de queijo com bacon frito

– 3 ovos

– 1 copo de polvilho azedo

– 2 colheres de sopa de polvilho doce

– 1 colher de sopa de fermento em pó

– 400 g de queijo meia cura ralado

– 200 g de bacon picadinho e torrado

– Óleo para fritar

Modo de fazer

Misture todos os ingredientes dentro de uma vasilha grande, vá mexendo até todos os ingredientes se misturarem por completo. Quando a massa der liga faça bolinhas do tamanho desejado. Para que os bolinhos não fiquem com alguma parte crua, o óleo precisa estar bem quente.

Escolha sua receita preferida e aproveite!

Por Cristiane Amaral

Pão de queijo frito


Confira uma receita tradicional para fazer ovos de páscoa e ganhar uma renda extra.

Uma das melhores épocas do ano está chegando, acredito que seja a mais desejada por muitas pessoas, esta fase do ano é a Páscoa. Muitas fábricas investem na fabricação de chocolates e principalmente os amados ovos de páscoa.

Se para algumas pessoas é a melhor época para degustar chocolates, para outras é hora de ganhar uma renda extra, ou seja, produzir ovos e vender muito deste doce.

Neste artigo vamos trazer algumas receitas e mostrar como fazer um ovo de páscoa. Se você tem interesse em aumentar a renda e ganhar um dinheirinho extra vendendo chocolates, continue lendo este texto e descubra o que você pode fazer nesta época.

Como fazer ovos de chocolate

Uma coisa é certa, fabricar ovos caseiros é muito mais barato do que comprar ovos industrializados. Outra coisa que você pode fazer com os ovos caseiros é dar de presente para familiares e amigos, bem como fazer encomendas e vender o que produz.

O lucro que você pode ganhar com a venda de ovos de páscoa caseiro pode variar de 100% a 300%, ou seja, se você investir R$ 100 para produzir poderá ganhar o dobro ou o triplo do que investiu nas receitas.

Para começar a fazer os ovos caseiros e conseguir uma renda extra será preciso investir em alguns ingredientes e itens que serão utilizados. Veja o que você vai precisar para fabricar este doce a seguir:

Para derreter o chocolate você terá que comprar um recipiente de vidro, além disso, uma espátula de plástico ou de metal para mexer o chocolate derretido, uma colher de plástico e também as formas de silicone para moldar os ovos.

Outro item é o papel manteiga e uma assadeira para colocar os ovos na geladeira, ou seja, além de montar os ovos você deve ter um local adequado para armazenar todos os que foram feitos.

Onde comprar os ingredientes

Algumas pessoas que estão iniciando não sabem onde comprar os ingredientes e os utensílios necessários, pensando nisso, vamos mostrar onde é possível encontrar estes itens.

Não é difícil encontrar tudo o que você precisa para fazer os ovos de páscoa, existem muitas lojas especializadas e que investem na venda destes produtos. Procure na sua cidade por lojas de artesanato e artigos para festa.

Na internet também é possível encontrar facilmente e você não precisa enfrentar filas para comprar estes produtos, o melhor é que podem ser entregues diretamente em sua casa.

Caso não queira vender e fazer poucos apenas para você ou familiares, é possível encontrar nos supermercados as barras de chocolate para serem derretidas. As barras possuem vários pesos, comumente são encontradas de 500 gramas ou 1 Kg.

Quem tem experiência na fabricação dos ovos diz que é melhor comprar chocolates em grandes quantidades porque diminui o custo final. Outra dica importante que pode minimizar os custos com os ingredientes é encontrar outras pessoas que também fazem produtos com chocolates e comprar em grandes quantidades e ratear as despesas.

Ovo de Páscoa Tradicional

Agora vamos apresentar para você como fabricar um ovo de páscoa no modo tradicional. Existem várias formas que podem ser feitas, no entanto, vamos priorizar receitas simples para serem feitas rapidamente.

Prepare o local

Para começar a derreter o chocolate é preciso estar atento a alguns detalhes importantes, a primeira coisa é que o local onde será feito deve estar muito limpo e seco, os chocolates não podem ter contato algum com água ou umidade, outra coisa é se a sua cozinha for muito úmida não vai dar certo, o chocolate pode estragar facilmente.

Não use um ralador para triturar os chocolates porque a umidade da sua mão poderá passar para a barra e com isso estragar, use facas e quebre o chocolate em barras. Para iniciar use uma barra de 500 gramas e divida em três partes iguais.

Derreter os chocolates

Após separar as 3 partes coloque duas partes na tigela de vidro e leve ao micro-ondas por 1 minuto, retire e mexa até minimizar as bolas ou não aparecer mais as lascas de chocolate, repita este processo por mais duas ou três vezes sempre mexendo até não aparecer mais pedaços de chocolate.

Você pode optar por derreter os chocolates em banho maria. O objetivo é apenas derreter o chocolate, não cozinhar, esquente a água até derreter o chocolate e desligue o fogo, não deixe a água ferver, pois as borbulhas de água podem cair no chocolate e estragar.

Esfriar os chocolates

Para esfriar os chocolates e encontrar o ponto ideal para transportar para as formas de silicone basta despejar o chocolate em uma pedra de mármore na mesa ou pia, movimentando com a espátula o chocolate de um lado para o outro até esfriar em uma temperatura de 29º graus.

Caso não possuir uma pedra de mármore, faça isso dentro de uma vasilha até esfriar e ficar um pouco mais grosso, nunca toque no chocolate para não molhar ou umedecê-lo.

Moldar os ovos

Para moldar os ovos, depois de ter esfriado o chocolate, despeje aos poucos e espalhe nas formas de silicone, coloque na geladeira por 1 a 2 minutos, retire coloque mais chocolate derretido por mais umas duas vezes até ficar na grossura que você preferir.

Após isso, pegue o papel manteiga e cubra os ovos e leve até a geladeira por uns 3 minutos, após esse tempo desenforme os moldes com bastante cuidado apertando o fundo sem muita pressão, em seguida decore cada um deles.

Uma dica importante é procurar fazer isso em dias com temperaturas mais baixas ou à noite e sempre usando luvas para não deixar marcas dos dedos nos chocolates. Caso os ovos comecem a derreter faça uma pequena mistura do chocolate ao leite com amargo, essa técnica mantém os ovos mais firmes, pois o amargo possui menos manteiga que faz o chocolate derreter.

Estas dicas foram importantes para você? Viu como é fácil! Então comece a colocar a mão na massa e fazer seus próprios ovos e ganhar uma renda extra.

Ovo de páscoa caseiro


Saiba como conservar e manter suas panelas em bom estado.

Panelas são itens essenciais na vida de um cozinheiro – ou de qualquer pessoa que precise se alimentar, portanto, além de saber utilizá-las, deve haver uma preocupação em mantê-las em bom estado. Além de serem um tanto quanto caras e por isso ser interessante não danificá-las, vale lembrar também que uma boa panela faz toda a diferença no método de preparo e sabor da comida. Preparamos para você, dicas de como manter as suas panelas ao seu lado por, quem sabe, uma vida inteira.

1 – Panela quente na água fria? Nem pensar

Depois de preparar a comida, geralmente, algumas pessoas costumam colocar a panela quente embaixo da água fria, a fim de lavar a louça. Essa atitude faz com alguns pontos da panela se deformem, desnivelando a temperatura que o fogo atinge na panela, deixando em alguns lados mais elevados que de outros.

2 – Não arranhe o material antiaderente

Frigideiras ou panelas que são antiaderente devem ser tratadas com carinho. É preciso manuseá-las com delicadeza, evitando fogo alto e também a utilização de utensílios que possam arranhá-las. Usar detergente não abrasivo também ajuda a conservar o revestimento.

3 – Não empilhe panelas de inox

Aço inoxidável não arranha, podem ser lavadas na máquina e são ótimas lidando com altas temperaturas. O cuidado aqui deve ser tomado na hora de guardar, porque empilhar panelas de inox pode causar rachaduras e também os cabos podem atritar-se e soltarem.

4 – Panelas de ferro não devem ser limpas com água

Panelas de ferro são duráveis e resistentes, porém, precisam de mais atenção do que panelas comuns. Lavar panela de ferro com água pode enferrujá-la. O ideal é fazer a higienização, usar um pouco de óleo no interior e levar ao fogo, até que seque. Assim também se envelhece a panela, além de acrescentar gosto.

5 – Conservar o revestimento de panelas de ágata ou ferro esmaltado

Seja colorido ou não, essas panelas costumam apresentar muito revestimento. Deve-se conservar pois, se não estiverem em bom estado, podem haver rachaduras por onde a água pode vazar, alcançando o ferro e causando ferrugem. Se estiverem em boas condições, não é necessário queimá-las para realizar a limpeza.

Carolina B.


Se você está de dieta ou optando por uma alimentação saudável, não tem desculpa para não inovar na sua Ceia.

As receitas de Natal são de dar água na boca e, normalmente, acompanhadas de muitas calorias. Porém, se você está de dieta ou optando por uma alimentação saudável, não tem desculpa para não inovar na sua Ceia.

Isso porque existem milhares de ideias muito práticas e deliciosas para a sua celebração. Sendo assim, nós te damos três dicas maravilhosas para receber os seus convidados e, o melhor de tudo, com muita saúde e poucas calorias. Vamos a elas.

1. Salada de Natal:

Os ingredientes para essa receita são: meia xícara de chá de uva passa branca, meia xícara de chá de nozes picadas, 2 talos de salsão ralado, 2 maças verdes em cubos, suco de limão, 3 colheres de sopa de azeite de oliva, 1 colher de chá de sal, 1 colher de chá de pimenta do reino preta e moída, 1 colher de sopa de salsa fresca e picada, 15 pimentas inteiras, 1 xícara de chá de requeijão e batata palha.

Pegue uma saladeira e misture as nozes, maças, uva passa e salsão. Tempere e mistura com suco de limão, azeite de oliva, sal, salsa, pimenta moída, pimenta e requeijão. Misture bem e leve à geladeira. Se preferir, acrescente a batata palha, misturando.

2. Salada de Bacalhau:

Uma receita rápida e saudável, a Salada de Bacalhau natalina leva os seguintes ingredientes: 2 kg de batata cozida e cortada em cubos, 1 kg de bacalhau cozido e desfiado, 1 lata de ervilha, 1 cebola picada, 200 gramas de azeitona picadas, azeite, 500 gramas de mussarela ralada e cheiro verde.

Para preparar, cozinhe a batata em cubos, colocando em uma travessa. O bacalhau cozido precisa ser desfiado após cozido. Feito isso, doure a cebola no azeite, refogando o bacalhau. Por fim, misture a batata, as azeitonas, a ervilha, a mussarela e o cheiro verde. Leve ao forno até começar a dourar e, após, sirva aos seus convidados.

3. Salada tropical natalina:

Poucos ingredientes e um sabor delicioso. A salada tropical leva 1 lata de pêssegos em calda, 300 gramas de uva passa, 2 mangas, 300 gramas de nozes e 2 molhos de rúcula.

O primeiro passo é cortar a rúcula e picar as folhas em grandes pedaços. Junte após as uvas passas, as mangas em tiras, as nozes moídas e os pêssegos em cubos. Misture tudo em uma saladeira e regue com a calda dos pêssegos.

Viu como tem dicas maravilhosas para continuar em forma durante a sua Ceia de Natal? Aproveite e inove nas suas receitas, colocando muita criatividade e ingredientes únicos na mesa.

Por Kellen Kunz


Receitas de hambúrgueres artesanais caseiros e fáceis de fazer.

Hambúrgueré uma coisa que todo mundo gosta de comer… Hambúrguer artesanal então… Nem me fale!
Depois da “gourmetização” de tudo, esses hambúrgueres artesanais são encontrados mais facilmente, porém, com um preço mais elevado e por incrível que pareça, não é difícil fazer essas gostosuras!

Aqui vou deixar cinco receitas dessas delícias!

Bem, uma base para todas as receitas é: você precisa de carne moída. E você vai precisar de ovo para dar liga! A quantidade de carne, você pode escolher, afinal, a quantidade de hambúrgueres vai variar do tamanho do mesmo (ou seja, da sua fome!).

Agora, vamos lá.

Hambúrguer simples:

500gr de Carne moída

Farinha de trigo

1 ovo

Cebola e Sal.

Como funciona: Bem, você vai pegar a carne moída e colocar numa vasilha, temperar com o sal e cebola picada. Despejar o ovo e misturar, depois colocando uma quantidade de farinha para dar liga, deixando a carne moída em forma de hambúrguer.

Depois disso, só fritar. Colocar aquela velha receita de: maionese no pão, alface, tomate e o hambúrguer e pronto!

Hambúrguer com bacon moído:

500gr de Carne moída

200gr de Bacon moído

Farinha de trigo

1 ovo

Cebola e Sal.

Como funciona: A diferença dessa receita para a outra é que você vai adicionar o bacon moído junto a carne. Cuidado apenas na hora de temperar, pois o bacon já tem aquele temperinho próprio né, que pode acabar salgando a carne se você não tomar cuidado! Uma coisa interessante aqui é que a junção do bacon com a carne dá um gosto maravilhoso para o hambúrguer, aliás, bacon é uma coisa divina, não?

Hambúrguer de Salmão:

500gr de Salmão (sem pele)

Pão de forma

Cebola

Azeite

Sal

Como funciona: Bem, essa receita é diferente das outras. Você vai precisar processar o pão até ele ficar bem moído. Segundo passo é você cortar o salmão em cubos e temperá-los. Feito isso, você mistura os cubos de salmão com o pão para transformá-lo em hambúrguer, entendeu¿ Não tem problema se os cubos desmancharem! A questão de cortar em cubos é apenas para facilitar esse procedimento do hambúrguer mesmo!

Feitos os hambúrgueres você passa azeite (levemente) nele todo e coloque-o para assar no forno a 180 graus. Só tenha cuidado para não deixar muito tempo e o mesmo ressecar.

Hambúrguer com queijo:

Bem, os ingredientes dessa receita podem ser os mesmos das duas primeiras, mas com o queijo, claro!

Como funciona: O queijo aqui não vai no preparo, mas sim, em cima do hambúrguer na hora de fritar. Ou seja, você coloca o hambúrguer na frigideira, deixa uns minutos, depois vira colocando o outro lado pra baixo. Feito isso, você coloca o queijo em cima e tampa a frigideira, diminuindo o fogo para que o queijo derreta e seu hambúrguer não fique queimado! Eu sei, pode parecer meio óbvio, mas com certeza vai ter alguém que vai pensar “poxa, por que eu não pensei nisso?”.

E aqui vai a nossa última receita:

Hambúrguer de frango:

500gr de peito frango moído

1 ovo

Cebola e sal

Farinha de rosca

Como funciona: Bem, basicamente do mesmo jeito, você vai temperar o frango com cebola picada e sal, colocar o ovo e misturar, colocando a farinha de rosca no meio da mistura depois até você sentir que está no ponto correto. Feito isso, forme o hambúrguer e coloque-o para fritar.

Monte-o no pão depois de pronto com alface, tomate, queijo e de quebra, um baconzinho pra dar aquele toque final!

E viu? Não é difícil fazer hambúrguer caseiro, é mais fácil do que parece!

Por Mariana Oliveira


É preciso definir o que será servido, para assim comprar todos os ingredientes do preparo. A sugestão é oferecer de entrada uma salada e em seguida dois pratos principais e para finalizar uma sobremesa.

Muita gente ainda prefere passar a virada do ano em casa, reunindo-se com familiares e amigos em uma ceia de ano novo. Mas para que a noite de Réveillon seja perfeita é preciso um planejamento e a escolha certa do cardápio de das bebidas.

Se você vai preparar uma ceia de ano novo em sua casa, fique ligado nas dicas a seguir e faça do seu Réveillon uma noite inesquecível.

Primeiro é preciso definir o que será servido, para assim comprar todos os ingredientes do preparo. A sugestão é oferecer de entrada uma salada e em seguida dois pratos principais e para finalizar uma sobremesa.

A salada pode ser feita com rúcula, queijo gouda e bastonetes de parmesão e damascos para decorar, além disso, as lentilhas que são tradicionais no ano novo também podem ser acrescentadas, tudo finalizado com um molho de ostra.

Já para os pratos principais, o primeiro pode ter como base o também tradicional bacalhau, que pode ser servido em uma receita que reúne ovos, cebola, alho, salsinha e azeitonas, que caracterizam a famosa receita norueguesa à Gomes de Sá (Disponível em vários sites de receitas).

Para o outro parto principal, recomenda-se (a crendice popular) a carne de porco, que pode ser apresentada courinho à pururuca, que nada mais é que a costela de porco crocante na mostarda, acompanhado de um purê de feijão branco e ainda uma marmelada de cebola roxa.

E para finalizar com chave de ouro, a sobremesa pode ser um delicioso pudim de claras, com uma calda de grenadine, que é um xarope vendido pronto e muito usado para fazer bebidas e na sua composição há o romã, que é uma fruta muito usada nas comemorações de fim de ano. Embora o pudim de claras pareça e é na verdade uma receita muito simples de se fazer, a calda que vai por cima, faz com que a sobremesa fique irresistível e com um lindo e apetitoso visual.

Já o cardápio das bebidas deve se adequar os convidados, podendo ser, refrigerantes, vinhos, espumantes, sucos naturais. Contando que sejam de qualidade.

Pronto! Se você gostou das dicas, veja as receitas e compre todos os ingredientes. Faça uma bonita decoração e que venha 2017.

Por Sirlene Montes


A excelente organização do estoque propicia a oferta de produtos de qualidade ao cliente. Confira algumas dicas:

A má gestão do estoque costuma gerar dúvidas, pois os empreendedores temem duas situações que são bem opostas: uma delas é se deparar com a falta de determinado produto no estabelecimento e a outra é encontrar alimentos vencidos no estoque. Para evitar imprevistos e perdas financeiras, separamos algumas dicas:

Evite estocar em excesso: costuma ser tentador estar diante de fornecedores que oferecem um grande desconto para determinado produto, porém, antes de decidir estocar grandes quantidades é preciso avaliar se há espaço para guardar tudo e se os produtos serão consumidos antes do prazo de validade. O mau armazenamento e o prazo vencido podem colocar em perigo a qualidade dos produtos e a saúde do consumidor.

Seja rigoroso com a limpeza: o espaço onde os mantimentos estão armazenados precisa estar sempre limpo, livre de insetos, umidade e qualquer outra coisa que possa causar contaminação. Deixe o estoque organizado de forma que seja possível higienizar o local com frequência. Isso quer dizer que não se deve empilhar, amontoar ou deixar alimentos no chão. Algumas atitudes, inclusive, podem ter implicações relacionadas à Vigilância Sanitária.

Prime pela organização: o estoque seco precisa ser armazenado em estantes, pallets ou prateleiras, e jamais deve ficar em contato direto com o piso. Inclusive há algumas orientações bem específicas em relação a isso: pelo menos 60 cm distante do teto, 25 cm do chão e 10 cm longe das paredes. Deixe os mantimentos com a embalagem de fábrica, pois são próprias para acondicionar de maneira o produto.

Seja estratégico na ordem dos produtos: observe as datas de validade dos produtos e posicione os que vencerão antes por primeiro. Organize-os de maneira que facilite a visualização da data de validade. Se for preciso retirar as embalagens originais, armazene em recipientes higienizados e inclua uma etiqueta com nome, marca e data de validade. Se mesmo assim for identificado um alimento que venceu, jogue imediatamente no lixo.

Os biscoitos e chocolates Barion contam com embalagens pensadas estrategicamente para facilitar o armazenamento e conservação. São diversas opções de bombons, chocolates, pães de mel, rolinhos de wafer e outros produtos que costumam encantar os clientes, não apenas pela aparência, mas pelo sabor delicioso. Conheça mais sobre as linhas disponíveis http://www.saborbarion.com.br/


Ovos ao molho e ensopado de ovos são receitas rápidas e fáceis de preparar.

Você gosta de usar a sua criatividade na cozinha? Adora experimentar e preparar receitas fáceis e originais? Com o ovo, por exemplo, você pode preparar várias delícias e ainda convidar os seus amigos para saborear. Que tal aprender algumas receitas novas, para incrementar o seu cardápio?

Ovos ao molho:

Você vai precisar de: 1 lata de molho de tomate pronto, 1 cebola cortada em fatia fina, azeite ( 2 colheres de sopa), 4 ovos e os seguintes temperos a gosto: pimenta, sal e orégano.

Como fazer?

Na frigideira acrescente o azeite e as rodelas de cebola, até que elas fiquem transparentes. Depois é só jogar o molho e deixar esquentar. Coloque os ovos e baixe o fogo, um pouco. Adicione o sal, a pimenta e também o orégano, para dar um sabor especial. Tampe a frigideira, para que o ovo possa cozinhar com o molho. Esta receita pode ser servida com arroz branco. Depois, é só saborear!

Já pensou em fazer um ensopado de ovos delicioso? Quer tentar? Os ingredientes desta receita são: 3 dentes de alho picado, 1 cebola média picada, azeite (4 colheres de sopa), 1 tomate picado com semente, salsinha ou coentro picado, suco de limão (1 colher), 6 ovos, farinha de mandioca (2/3 de xícara de chá) e sal a gosto.

Para preparar, comece fritando o alho e a cebola, até que eles comecem a dourar. Depois, acrescente o tomate, a salsinha e cozinhe com a panela tampada por um tempo médio de 05 minutos. O fogo deve estar baixo.

Aumente o fogo e adicione a água. Assim, que ferver coloque o suco de limão e também os ovos. Abaixe, novamente, o fogo tampe e cozinhe, até você perceber que os ovos estão firmes. Usando uma escumadeira retire os ovos, e deixe-os reservados. Coloque a farinha mandioca de mandioca e misture até que ele engrosse e forme a consistência de um creme. Tempere e depois coloque em uma travessa com os ovos cozidos por cima. Sirva o prato quente.

Que tal reunir os amigos e preparar um delicioso jantar? 

Por Babi

Ovos ao molho


É difícil de encontrar pessoas que não apreciam uma boa carne, sendo esta o prato predileto de muita gente, mas quando não está macia, é complicado de se fazer uma boa degustação. Para aqueles que já tiveram o desprazer de ter de se alimentar de uma carne dura, abaixo seguem dicas para que este "mal" não mais aconteça.

Dica 1: Caso a carne comprada se apresente dura, deixe-a de molho por cerca de 120 minutos, em uma vazilha com azeite de oliva e vinagre; caso não seja o suficiente, pode-se acrescentar algumas gotas de azeite de mamão no momento de temperá-la.

Dica 2: Outro "truque" para amaciar carnes é o uso de bicarbonato de sódio, polvilhando a carne com o pó químico e após o procedimento deixá-la repousar por duas horas; antes e depois do polvilhamento é importante lavar a peça ou as peças de carne em água corrente e potável.

Dica 3: A terceira opção de amaciantes de carne é o limão, o qual pode ser espremido diretamente sobre a carne, esfregando-a bem e deixando de molho por algumas horas; além de amaciante, o limão pode dar um gosto especial ao prato, principalmente nos churrascos.

Dica 4: Quando o problema de dureza na carne é específico dos bifes, é aconselhável colocá-los em pedaços de mamão verde, desde que ralados, ou então acrescentar um pouco de vinagre no momento do preparo do prato, seja cozido ou frito.

Dica 5: Em relação às carnes cozidas, estas podem ser amaciadas durante o processo de cozimento; basta que se coloque uma colher de café ou de chá contendo fermento em pó; assim, quanto mais carne, mais fermento em pó. Outro recurso é adicionar uma colher de sopa contendo uísque.

Dica 6: Para finalizar, a dica para amassiar a carne é para os assados, que pode ser regado com um pouco de conhaque antes que seja retirado do fogo. 

Além de macia, o mais importante é que a carne esteja bem temperada e, se possível, seja fresca. Para os amantes do prato, bom apetite!


Vai aproveitar os jogos da Copa do Mundo para reunir a galera e torcer pelo Brasil? Já sabe que petiscos e tira gostos vai servir para a turma? Que tal aprender uma receita fácil, econômica, simples e deliciosa, principalmente? Que tal servir petiscos saudáveis? Ficou curioso para aprender? Então siga este passo a passo. Toda a turma vai adorar as sugestões.

Bruschetta:

Ingredientes:

  • Fatia de pão integral – tipo baguete;
  • Refogado de azeite, alho, cebola e pimenta do reino (pode ser acrescentado com molho de tomate integral/caseiro);
  • Queijo Minas ou Cottage com tomates em cubos e ervas;
  • Tomate picado em cubos pequenos.

Como fazer:

Primeiramente prepare o refogado à mão e coloque no pão. Depois é só servir. Este petisco pode ser servido frio ou quente. Fica a seu gosto. Cada unidade tem 60 calorias.

Canapé:

Ingredientes:

  • Fatia pequena de pão (australiano, árabe ou pão de cereais);
  • Fatias de peito de peru;
  • Alface;
  • Uma quantidade pequena de queijo do tipo cottage, pasta de soja ou grão de bico com ervas e pimenta do reino.

Como fazer:

Inicialmente, monte o Canapé colocando o queijo cottage ou a pasta de soja em cima do pão. Depois, coloque alguns pedaços de folha de alface para decorar o canapé. Sirva para a turma saborear. Essa receita conta com 70 calorias a unidade.

Espetinhos:

Ingredientes:

  • Tomate cereja;
  • Queijo Minas ou Muçarela de búfala, manjericão;
  • Abobrinha ao forno;
  • Pepino, azeitona, tomate cereja.

Como fazer:

Inicialmente coloque todos os itens da receita de forma desejada no espetinho e depois asse por um tempo médio de 10 minutos na churrasqueira.  Os espetinhos têm 60 calorias, em média.

Mini-Pizza:

Ingredientes:

  • Pequeno pedaço em forma de quadrado, feito com pão integral;
  • Tomate picado;
  • Queijo Minas ralado;
  • Orégano.

Como fazer:

Para fazer a mini-pizza é só montar os pães da forma que quiser e depois assar por 10 minutos. Essa receita tem 70 calorias a unidade. 

Gostou destas dicas de petiscos? Elas são práticas e rápidas, além de fazer muito sucesso e agradar a todos os paladares.

Qual destas você vai fazer para receber a turma e curtir os jogos da Copa? 

Por Babi

Bruschetta

Foto: Divulgação


" Que fome que nada… Quem quer emagrecer tem que comer bem! " Certamente quem já ouviu frases desse tipo deve ter imaginado que a idéia é absurda e insensata.

Porém, há muito tempo essa posibilidade já está ao alcance de todos e atinge a grande maioria dos famosos que tentam manter o seu peso e sua boa forma.  Assim aconteceu com  a Duquesa de Cambridge, ou simplesmente Kate Middleton.

Aos 31 anos acabou, Kate que acabou de ser mamãe se preocupa – assim como muitas de nós- em manter o peso adequado ou no mínimo próximo ao desejado. Antes do " casório real" , Kate teria admitido adotar o método Dukan ou Dieta Dukan que está ganhando cada vez mais espaço aqui no Brasil.

Como já comentamos ela foi criada pelo doutor francês Pierre Dukan, médico e nutrólogo que após estudar essa preocupação geral da população, resolveu criar um cronograma totalmente seguro composto por alimentos  saudáveis do próprio dia a dia.

Essa é a dieta que Kate Middleton colocou no topo da sua lista como a melhor das opções para alcançar as suas metas alimentares. A apresentadora Iris Stefanelli também já utilizou o método e garantiu a eficácia assim como outras celebridades que também já citaram o uso.

Foto: Divulgação

O método influi em uma alimentação regrada começando bem aos poucos. Se seguida rigorosamente, ela pode apresentar resultados à curto prazo, porém para isso, são necessários uma dieta mental e realmente adquirir o aprendizado de deixar de lado o que não contribui para uma silhueta bem definida. 

Com o tempo é possível se satisfazer também com as frutas e principalmente os pães e as massas integrais, entre outras opções que oferecem muita proteína e satisfação  digestiva. Contudo, o segredo está realmente na administração dos horários e quantidades coerentes para que sejam suficientes e contribuam para um  bom funcionamento interno e externo, para que acima de tudo a aparência possa tambem se manter saudável.  

Por Luciana Ávila


Os adoçantes dietéticos são produtos especialmente desenvolvidos para serem incluídos na alimentação de pessoas portadoras de diabetes e também aquelas que estão acima do peso. Seu principal objetivo é dar aos alimentos a doçura igual ao proporcionado pelo açúcar de cana.

Podemos dividir os adoçantes dietéticos em dois grupos:

  • Calóricos: possuem um poder adoçante maior que o do convencional, sendo assim pequenas quantidades já exercem o efeito desejado na hora de adoçar os alimentos, portanto o valor calórico também diminuirá.
  • Não calóricos: estes possuem zero caloria e são os mais recomendados para quem está fazendo dieta ou acima do peso.

Sempre que comprar produtos procure verificar os rótulos das embalagens e certificar a quantidade das substancias e as calorias. Fique atento!

Por Milena Evelyn

                                             


Originaria da região mediterrânea, a uva é uma fruta muito conhecida, além de cultivada a milhares de anos.

A uva vermelha pode ser consumida de varias formas, fresca, em suco, seca, na preparação de alimentos e vinhos.

Existem vários estudos sobre as propriedades e benefícios da uva e do vinho, dentre eles podemos destacar a descoberta de que ingerir meia taça de vinho tinto por dia ou um copo de suco de uva iremos prevenir doenças do coração. Através dos pigmentos presentes na casca da uva vermelha, os chamados flavonóides, que são responsáveis por esses benefícios. Além de aumentarem as taxas de colesterol bom atuando nas paredes das artérias.

Até mesmo suas sementes trazem benefícios à saúde, elas contém polifenol, substancia muito importante e eficaz na manutenção da pele e comumente usada como matéria prima na fabricação de cremes e óleos.

Por Milena Evelyn


O tomate é considerado um fruto rico em nutrientes e vitaminas, fácil de encontrar nos supermercados e com baixo custo, todos podem incluí-lo facilmente na dieta alimentar.

Além de ser rico em nutrientes, sua variedade nas opções de preparo dá ao tomate um aspecto nobre e popular ao mesmo tempo, o que irá diferenciar será o modo de preparo e os acompanhamentos.
O licopeno é considerado o nutriente mais importante, pois possui propriedades antioxidantes que atuam diretamente no envelhecimento precoce e até mesmo na prevenção de alguns tipos de câncer.

Existem pesquisas que apontam o tomate como forte combatente contra os tumores de mama, bexiga, útero e próstata. A melhor maneira de se obter os benefícios do tomate é consumindo o fruto o mais natural possível, os sucos são uma ótima sugestão, ou então, aquecido em alta temperatura auxiliando a absorção pelo organismo e aumentando o seu valor nutritivo. 

Por Milena Evelyn


Presente na maioria dos alimentos que consumimos diariamente, o glúten é uma proteína riquíssima que podemos encontrar no trigo, na aveia, no centeio, farinha e seus derivados. Alguns tipos de farinha como a de milho, batata, fubá e mandioca não possuem glúten.

A adição de água a farinha vira massa e nessa mistura o glúten é responsável pelo crescimento e textura do pão.

Todos os produtos que contém glúten tem presente na embalagem a sua descrição. Algumas pessoas têm sensibilidade a ele o que gera problemas na sua absorção. Sendo assim, deve-se evitar ingerir pães, biscoitos e bolos.

Na hora de ir ao supermercado fique atendo aos rótulos dos produtos. Para tirar alguma duvida com relação ao consumo de alimentos procure um nutricionista, ele saberá o que é mais indicado para cada tipo de pessoa.

Por Milena Evelyn


A banana é uma fruta típica brasileira, sua abundância contribui diretamente para a nossa saúde, pois seus benefícios são os mais variados. É rica em carboidratos, vitamina B6 e potássio.

Seus nutrientes contribuem para o bom funcionamento dos músculos, do coração e para a formação de células.Pessoas que praticam esportes ou atividades físicas mais pesadas os nutricionistas recomendam a banana, pois ela fornece energia ao organismo de forma rápida e eficaz.

As pessoas portadoras de diabetes devem consumir a fruta com moderação, já que ela possui um índice glicemico elevado, que não é recomendado nesses casos. E os portadores de insuficiência renal devem evitar esse alimento, devido à quantidade elevada de potássio.

Até mesmo para ressaca a banana é indicada, já que o consumo de álcool modifica o fornecimento de energia para o organismo e comendo a fruta a reposição dos carboidratos auxiliará agindo contra os sintomas.

Por Milena Evelyn

 


Altamente energética a uva também se revela uma importante fonte de vitamina C e do complexo B, Cálcio, Magnésio e Potássio, entre outros componentes benéficos ao organismo.

Ativadora natural do sistema renal por seu elevado teor de água em sua composição é importante preventivo nas doenças como pedras nos rins e infecções do trato urinário.

A presença dos flavonoides na casca da uva se revelam altamente benéficos na prevenção ao envelhecimento precoce da pele, atuam no processo de redução e combate do desenvolvimento de coágulos sanguíneos, auxiliando de forma eficaz para o bom funcionamento do sistema circulatório e cardiovascular, tanto quanto na redução do colesterol.

O consumo da fruta ao natural é o mais indicado, mas também há vários benefícios no consumo do suco e da fruta em forma de passas. As uvas são ricas em açucares por isso devem ser consumidas com moderação aos que fazem dietas para emagrecer e também é desaconselhada aos diabéticos.

Por Silvane Romero


Tem gente que odeia quiabo. Porque nunca comeu um prato bem feito. Até eu se me oferecer um quiabo gosmento, feito às pressas me nego a experimentar. E olha que eu experimento de TUDO!  

O quiabo tem uma secreção viscosa mesmo, que se não passar pela cocção correta deixa um aspecto nojento na comida. O jeito certo é cozinhá-lo no vapor.

Se você não tiver em casa aquelas panelas especiais, coloque uma panela com água para esquentar e amarre o quiabo em uma toalha de pano. Coloque o embrulho na parte superior da panela, entre a tampa e água e aguarde 15  ou 20 minutos.  Ficará macio e pronto para ser usado no prato que o cozinheiro preferir. Nem as crianças que costumam ser reclamonas, encontrarão defeito. 

Por Teresa Almeida


A berinjela atua com uma ação diurética no organismo, e este é um dos motivos que sua presença é fundamental na elaboração de dietas para manutenção e controle de peso.

Original da Índia, a berinjela atualmente é consumida em suas diversas variedades de espécies em  praticamente todo o mundo.

Por ser rica em proteina e vitaminas A, B e C, fonte de  minerais como Cálcio, Fósforo, Ferro, Potássio e Magnésio, atua de forma positiva no controle da pressão sanguínea. Indicada também nos tratamentos de combate a desnutrição, assim como no tratamento de doenças  do fígado e estômago.

A berinjela é indicada para contribuir na prevenção de arterosclerose, artrite, reumátismo e diabetes. As propriedades antibacterianas atuam combatendo os efeitos nocivos dos alimentos gordurosos no sangue.

Seu consumo  pode ser de muitas formas variadas, e servida em  diferentes estilos gastronômicos, como em pastas, tortas, lazanhas, em saladas, combinada com outros vejetais, assim como em suco.

Por Silvane Romero


Saladas com molhos quentes é uma opção para as refeições saudáveis em tempo de inverno.

Repolho branco ou verde misturado com repolho roxo, regado com molho de queijo prato, ricota e azeite de oliva é uma combinação leve e deliciosa para acompanhamento dos demais pratos.

O repolho verde é rico em fibras e vitamina C, também contém Potássio, Cálcio, Selênio, Betacaroteno e o metionina um aminoácido que é  atuante nos processos de cicatrização e  tratamento de úlceras pépticas.

No caso do repolho roxo há também a presença de propriedades que estimulam a produção de hormônios que atuam na queima de gordura.

O repolho tem atuação também é um excelente depurativo do sangue, auxilia no combate ao cansaço físico.

Este vegetal é bastante utilizado em sopas, cozidos e em conservas, no entanto quando servido cru, em sucos ou com molhos quentes, conserva suas propriedades naturais  e potencializa seus benefícios.


Encontrado em lojas de produtos naturais, quinoa é um grão, rico em fibras que auxilia no funcionamento do intestino e auxilia na prevenção de osteoporose. Seu cultivo é original da região dos Andes Bolivianos.

Os flocos produzidos com quinoa é uma opção para alimentação dos celíacos, pois não contém glúten e também para vegetarianos, pois pode substituir o consumo da carne vermelha.

Quinoa é encontrada na forma de flocos, grãos e farinhas, além de derivados como macarrão e barras energéticas.

Também pode ser utilizada em variadas combinações como em saladas, suflês de e bolos com legumes,sopas, nas preparações do café da manhã com frutas, leite, mel ou iogurtes.

Quinoa é um cereal da família da soja, mas possui uma maior concentração de ferro, é rica em vitaminas  B-6, B-1 , E , C, e também Cálcio e Fósforo.

Por ser uma excelente fonte nutricional é também indicada  na alimentação de idosos e atletas.

Por Silvane Romero


O feijão é uma leguminosa altamente nutritiva, popularmente conhecido e considerado um alimento extremamente saudável é cultivado em diversas variações. Rico em ferro, fibras, potássio, fósforo, cálcio, vitaminas do complexo B e uma das mais importantes fontes de proteína que são construtoras de tecidos no organismo.

De fácil cultivo, com boa adaptação as variações climáticas, há indicações de que o feijão já era popular e muito consumido na antiguidade.

O feijão quando consumido regularmente apresenta grandes benefícios ao organismo, inclusive esta associado à redução do diabetes, controle da obesidade, desnutrição, problemas cardiovasculares, reduzindo anemia, entre outros.

Este nutritivo alimento pode ser consumido em diversas receitas, como em saladas, sopas e o famoso caldinho de feijão, com farinha, feijoada, entre outras tantas combinações, chegando ser considerado um verdadeiro patrimônio da culinária brasileira.

O feijão, quando servido acompanhado com uma fruta cítrica tem potencializado a absorção de seus nutrientes pelo organismo.

Fonte: www.cnpf.embrapa.br

Por Silvane Romero


Assim como no Brasil, na Índia cada região possui uma culinária diferenciada com suas peculiaridades e sabores cultivados e apreciados com muito zelo. Na região Sul predomina a culinária vegetariana e no Norte a culinária onívora.

A culinária Indiana não somente alimenta o corpo, é uma explosão de cores fortes e intensas que enchem os olhos e despertam os sentidos. Predominadas por ervas, temperos, raízes e outras inúmeras iguarias.

Cada especiaria utilizada na culinária Indiana tem um propósito definido, uma tarefa especifica na composição daquele alimento, cada elemento é escolhido por sua  função, e isso torna, os sabores ainda mais peculiares.

As escolhas tem um toque preciso e agregam valor ao sabor com suas propriedades harmonicamente combinadas. A páprica possui propriedades que atuam de forma preventiva ao câncer. O coentro é funcional  atuando como um digestivo refrescante, o gengibre  tem como propriedade ser um agente de  proteção da garganta e vias respiratórias, o alho é um poderoso antioxidante que melhora a circulação.

Por Silvane Romero


Aromática, a Sálvia (salvia officinalis) possui sabor sofisticado e é um excelente tempero, que pode ser usado sem parcimônia no preparo de carnes de carneiro, cabrito e aves.

Também é um ativador do metabolismo de forma que quando utilizado em pratos de alto teor de gordura, assim como em queijos e molhos, facilita o processo de absorção do organismo facilitando o processo digestivo.

A popular e simpática Salsa (petroselenum crispum) é uma rica fonte de vitamina A e C, e pode ser utilizada em inúmeras combinações, como em omeletes, sopas molhos, carnes, aves, massas, peixes  e em legumes, com sabor suave, é um toque de sofisticação e refinamento na finalização de receita.

A refrescante Hortelã ou Menta (Metha sp) é tradicionalmente uma grande acompanhante de carnes de carneiro, e sua presença em molhos de finalização com limão proporciona leveza ao sabor, também atua como um regulador dos distúrbios digestivos e pode ser utilizada também como infusão na preparação de chá.

Por Silvane Romero


Com as baixas temperaturas inicia-se também a fase de gastronomia altamente calórica, com muitas tentações que levam água baixo todo esforço e tentativas de regular a alimentação de forma saudável, no meio desse cenário surgem como uma alternativa, os sempre muito presentes e à disposição em todas as estações do ano, simpáticos, coloridos  e saudáveis vegetais.

Combinados com especiarias são uma alternativa plausível e saborosa para os dias mais frios. Sopas de legumes, cremes e consumes são potenciais aliados para manter o corpo saudável e em forma.  Algumas combinações além de nutritivas, apresentam sabores incríveis, aquecem e dão a sensação de plena saciedade.

Os vegetais que podem ser explorados sem nenhuma culpa como abóbora italiana moranga cabotiá, cenouras, couve, milho, ervilha, grão de bico,brócolis, na hora de preparar sua receita prefira temperos frescos, evite, reduza, e se possível, elimine sal e gorduras de sua receita, e como acompanhamento torradinhas integrais são permitidas assim como pequenas porções de queijo tipo parmesão.

Por Silvane Romero


Muitos paladares exigentes aderiram ao uso do azeite de oliva extravirgem quase que totalmente em suas refeições. Algumas pessoas que consomem pouquíssimo óleo, como é o meu caso, se contentam em ter apenas uma boa e grande garrafa de azeite de oliva extravirgem de boa qualidade em casa.

Para a maioria das pessoas e difícil pensar em abolir o óleo de cozinha tradicional durante o preparo das refeições, mas todos os pratos podem ser adaptados e você acaba sentindo a diferença no paladar e na saúde.

A classificação extravirgem indica que o azeite contem um alto grau de pureza, sem aditivos e conservantes. E a sua acidez também define a qualidade de um azeite. Quanto menos ácido, parâmetro químico, maior qualidade ele possui.

Quando se fala em “extração à frio”, significa que todas as qualidades nutritivas foram mantidas durante o processo que retira o azeite da azeitona, em uma temperatura menor que 28ºC. Outra informação importante é quanto à forma de embalagem, “embalado em origem”, significa que o produto foi embalado no mesmo local da colheita.

Por Cíntia Foloni Santoro


As plantas aromáticas são mais conhecidas com o termo “ervas” no vocabulário popular da cozinha: “macarrão com ervas, frango temperado com ervas, escalopes ao molho de ervas…”. Indiferente da forma que é chamada, essas plantas conferem sabor e guarnecem os pratos.

Tanto as folhas quanto os talos, comumente são utilizados, basta picar, cortar em tiras, grosseiramente com a mão ou com a tesoura. As ervas que podem ser utilizadas nos pratos são a sálvia, o louro, a salsa, cebolinha, hortelã, tomilho, alho-poró, estragão, coentro, manjerona, entre outras.

O Buquê Garni é um exemplo do clássico da mistura de ervas que temperam nossas refeições. O buquê é a mistura de ervas (tomilho, louro, alho-poró e aipo), mergulhada nos caldos e depois retirado. A finalidade é apenas conferir o sabor único e especial que só a plantas aromáticas, ou ervas, podem conferir.

Por: Teresa Almeida

Técnica Alimentar


Cozinha é uma arte milenar que atrai e permite atrair. Pela história da humanidade tem um cunho social importante, chegando ao ponto do cozinheiro do rei da França suicidar-se por não atingir o ponto de uma refeição.

Hoje em dia é um mercado tão perfeccionista quanto, apesar de não termos mais mortes (ao menos é o que sabemos). Na gastronomia a beleza é fundamental. Para quem deseja produzir pratos marcantes que farão com que seus convidados recordem-se sempre é necessário atentar-se a decoração.

Coisas pequenas como finalizar  com tiras de cenoura e abobrinha untada com manteiga,  miscelânea de legumes, amêndoas e nozes tostadas, pétalas de azeitonas, anéis de ervas (endro, sálvia, salsa…), rosas de tomate, entre outros, fazem com que seus pratos sejam inesquecíveis.

De: Teresa Almeida

Técnica Alimentar


Para os amantes da boa culinária ou para quem gosta de se entreter lendo belos livros gastrônomicos que ganham o leitor pela beleza da estética e por aguçar todos os sentidos ao tê-lo nas mãos, o site www.barradoce.com.br está promovendo a venda de diversos livros de cupcake, aqueles charmosos minibolos que virou mania naciona copiada dos americanos.

Os livros são todos em inglês e são perfeitos para a decoração. Os cupcakes são lindos, em vários formatos, desenhos e tamanhos. Dá vontade de sair correndo para fazer várias fornadas só para admirá-los. Além de entretenimento é um maravilhoso presente que qualquer pessoa gostaria de receber.

Por: Teresa Almeida


Muitas receitas fornecem os ingredientes em gramas e, quando não temos como pesá-los, tentamos adivinhar a porção certa para colocar, arriscando errar na quantidade dos ingredientes e a receita não dar certo.

Para se ter mais precisão na quantidade de seus ingredientes, a balança digital é ideal. Existem vários modelos delicados e modernos que podem até decorar a sua cozinha.

A balança poderá servir para pesar objetos, alimentos e ingredientes e acertar a mão para fazer deliciosas receitas e auxiliar no seu dia-a-dia.

Algumas delas podem até calcular calorias, colesterol, carboidrato e gordura. Tudo para sua alimentação ficar mais gostosa e saudável.


Muita gente não conhece cortes de carne e, na hora de escolher a picanha para fazer um bom churrasco acaba levando gato por lebre.
Alguns açougues vendem a picanha com uma parte de coxão duro, sem a camada de gordura adequada e mal manipulada, o que pode prejudicar a maciez e o sabor de sua picanha.

O tamanho ideal de uma picanha deve ter de 1 a 1,1 kg no máximo. Além disso certamente você estará levando parte de coxão duro.

Veja as dicas de como escolher a sua picanha com um churrasqueiro profissional:


A Páscoa está chegando e os preços dos ovos estão cada vez mais altos. Mesmo em épocas de economia a tradição de entregar Ovos de Páscoa não pode passar desapercebida. Por isso, nada melhor para o seu bolso e para a sua família, do que fazer os ovos em casa

Para quem nunca fez ovos de Páscoa, segue abaixo um vídeo explicativo de como fazer Ovos de Páscoa em casa. É bem simples, fácil, gostoso e, o melhor, bem mais barato. Além disso, você pode faturar uma graninha extra vendendo os seus deliciosos ovos. Confira:


É na infância que inicia a formação dos hábitos alimentares da criança. Seu paladar ainda está em fase de desenvolvimento, por isso é muito comum as crianças não mostrarem interesse em frutas e verduras, sendo uma luta fazê-los conseguir comer alimentos mais saudáveis. As frutas e verduras possuem vitaminas e minerais indispensáveis para o bom crescimneto e desenvolvimento infantil. 

Os pais devem insistir para que a criança aprenda desde cedo a consumir frutas e verduras regularmente. 

Uma forma bem divertida de acrescentar alimentos saudáveis nas refeições das crianças é estimulando o lado visual delas. As crianças costumam se sentir atraídas por cores e formatos diferentes. Para fazer pratos coloridos, divertidos e saudáveis, basta usar e abusar da criatividade

Evite oferecer sempre o mesmo alimento à criança, ela vai enjoar e pode faltar nutrientes importantes presentes em outros alimentos. Uma alimentação colorida e variada é sempre muito importante.

Veja abaixo as dicas de como fazer pratos divertidos que vão encantar a garotada:


Que tal presentear os seus amigos e familiares com trufas feitas por você? Ou até mesmo conseguir abrir o seu próprio negócio vendendo trufas caseiras?

Com a Páscoa se aproximando, este é o momento certo para você aprender a fazer em casa seus chocolates, sai bem mais barato e, com certeza eles terão um gostinho mais especial, pois foram feitos com muito carinho.

Confira o vídeo abaixo que ensina todos os passos para fazer deliciosas trufas de vários formatos e sabores:


 

A estudante de direito Yara Thaís Castanho, recebeu no último dia 18 o troféu de campeã brasileira de baristas, que é o profissional que opera máquinas de café expresso e prepara bebidas com o pó torrado do café. 

Não é fácil fazer um café que agrade os paladares mais exigentes, por isso, segue algumas dicas da barista campeã para se fazer em casa um café nos deuses:

  • Utilize água mineral para fazer o seu café ao invés de água da torneira;
  • Não se deve ser ferver a água do café antes de coar, pois pode prejudicar o aroma e o sabor de seu café;
  • A qualidade do pó também influencia muito, os mais populares e em conta não apresentam uma boa qualidade, é preciso investir um pouco mais para saborear um bom café.

O verão é época que muita gente se preocupa em manter a forma para não fazer feio na praia. Além disso, essa época do ano pede comidas mais leves e naturais.

Muitas vezes, na correria do dia a dia, não temos tempo de preparar uma refeição balanceada, com os alimentos que fazem bem à nossa saúde e recorremos a refeições rápidas e fáceis de fazer, como é o caso do sanduíche.

Você come o sanduíche e depois sente aquele “peso na consciência”? Fique sabendo que muitos sanduíches podem ser nutritivos e, o melhor, nem sempre são tão calóricos.

Veja esta receita de Sanduíches ideais para a época mais quente do ano:


Quer uma dica infalível para manter a pele sempre jovem e  bonita? A receita é muito simples: selecione alguns alimentos no seu dia-a-dia, coma alimentos com baixo tor de gordura, frutas, vegetais, legumes e cereais integrais, por exemplo.

É isso mesmo, alguns alimentos ajudam a conribuir para a saúde e beleza das pessoas. Estes alimentos ajudam no controle do peso, diminuindo a quantidade de gordura localizada e com isso formam-se menos celulites.

Alimentos fontes de ômega-3 e ômega-6, como atum, sardinha, salmão, ajudam a evitar o aparecimento de acne e algumas frutas e verduras retardam o envelhecimento celular, por possuirem antioxidantes

Veja alguns exemplos de alimentos que favorecem a beleza:


Prefira consumir as frutas, verduras e legumes da estação. Além de serem mais baratos, eles possuem mais vitaminas, mineais e estão sempres fresquinhos.

Além disso, você pode variar mais o seu cardápio e valorizar o seu bolso. Os alimentos na época da sua safra chegam ser até 100% mais baratos do que em outras épocas do ano. Portanto, fique esperta na hora da compra e faça a escolha certa!!


Recentemente virou moda a Dieta da Banana, que teve origem nos países orientais e agora virou febre em alguns países no Mundo.

Sabe-se que a banana, quando consumida ainda verde, auxilia ainda mais no emagrecimento do que a madura, mas deve ser consumida como purê ou biomassa.  

Quando ainda está verde, a banana carrega o amido resistente, que é difícil de ser digerido e faz com que os outros alimentos demorem mais a serem digeridos, fazendo com que a pessoa não sinta tanta fome.

Além disso, o amido quando chega intacto no intestino, fermenta e forma uma barreira contra as bactétias intrusas, com isso, o intestino acumula menos toxinas o que facilita a absorção de cálcio, magnésio e zinco, que ajudam a regular o sistema endócrino e mantém o metabolismo ativo, ou seja, ajudam a emacrecer mais fácil. 

Clique aqui e saiba mais sobre a Dieta da Banana.

 Receita de Biomessa de Banana Verde:

Ingredientes:

  • 4 bananas-nanicas ainda verdes

Modo de Preparo:

  1. Numa panela de pressão, coloque as bananas e cubra com água;
  2. Cozinhe por aproximadamente 15 minutos e escorra a água;
  3. Descasque as bananas, amasse ainda quente ou passe num processador até formar um purê;
  4. A massa pode ser utilizada em mingau de aveia, sopas ou misturado com outros alimentos quentes;
  5. Guarde a sua massa na geladeira, ela dura até 4 dias.

Rendimento: 16 colheres de sopa


Você pode reduzir as calorias dos alimentos. É bem simples. Basta ser criativo e raciocinar. Hoje, encontramos uma lista infinita de produtos light.

Podemos substituir sem medo de perder o sabor:

– Leite comum – leite desnatado. 

– Creme de leite ou maionese – iogurte desnatado ou por requeijão light (dependendo da receita) 

– Requeijão culinário – requeijão light. 

– Manteiga comum – manteiga ou margarina light. 

– O toucinho do feijão pode ser substituído por alguns temperos ou condimentos que não vão igualar no sabor, mas vão dar um toque muito especial. 

– Carnes gordas – carnes magras. 

– Tire pelo menos 50% da gordura da picanha antes de levá-la para a churrasqueira. 

– Faça alguns furos e dê uma fervida nas linguiças, vão assar mais rápido e deixar parte da gordura na água.


Às vezes é difícil seguir uma alimentação saudável quando se tem um “diabinho” falando ao nosso ouvido na hora das compras no supermercado… Este vídeo mostra, de uma forma bem animada, os dois lados das nossas escolhas alimentares.


. Para o molho de tomate não ficar muito ácido, coloque uma pitada de açúcar no final do cozimento.

.O frango fica mais solto e seco, sem grudar na panela, se você colocar uma colher de maisena bem quente.

.Para o creme de leite render mais, misture-o com 2 claras batidas em neve e uma pitada de sal.A consistência ficará levinha e o volume praticamente dobrará


Os sintomas da dengue fazem com que o organismo fique fraco, desidratado e debilitado, precisando cada vez mais de uma alimentação adequada para restabelecer o organismo e de muitos líquidos para hidratar.

Para a hidratação recomenda-se o consumo de muita água, no mínimo, 2 litros por dia, o que equivale a aproximadamente 8 copos de água. Além disso, o uso de chás, sucos de fruta e água de coco ajudam a hidratar o corpo. O uso regular do soro caseiro é muito benéfico para a hidratação. Em um copo de água acrescente uma colher de sopa de açúcar e uma colher de chá de sal.

O soro caseiro repõe os eletrólitos do corpo e ajuda na hidratação. A falta de apetite é um sintoma muito comum na pessoa com dengue, mas, a alimentação deve ser sempre incentivada para auxiliar no tratamento e restabelecer o organismo. Por isso, realize pequenas refeições várias vezes ao dia. Para facilitar a absorção e a digestão prefira alimentos leves, com muitas frutas e verduras. Evite frituras e carnes gordurosas.

A febre alta faz com que o nosso organismo gaste mais energia do que o normal. Portanto é preciso repor esta energia gasta para evitar a desnutrição. Para isso é necessário realizar uma alimentação variada, de preferência 5 a 6 pequenas refeições ao dia compostas de carboidratos (pães, arroz, massas), vitaminas e minerais (frutas e verduras) e proteínas (carnes, ovos, leites e derivados e leguminosas).

O consumo de frutas e verduras auxiliam no sistema de defesa do organismo, aumentando a resistência imunológica e mantendo o organismo nutrido. Para o combate a anemia, muito comum na dengue hemorrágica, é importante aumentar o consumo de alimentos ricos em ferro (carnes vermelhas magras, fígado, feijão, hortaliças escuras), além de sucos e alimentos fontes de vitamina C como a laranja, acerola, limão, etc. Alimentos com vitamina C, consumidos juntamente com alimentos ricos em ferro ajudam na absorção do ferro pelo organismo.

Lembre-se, um organismo bem alimentado torna-se mais forte, com mais resitência e a recuperação torna-se mais rápida e efetiva.

Texto elaborado pela Nutricionista Francine Souza Gomes Schmidt  CRN-8 2262.


Ultimamente têm-se ouvido muito falar nesta epidemia que iniciou no Rio de Janeiro e agora já está se alastrando por todo o país. Mas o que é a dengue?

Como é transmitida a Dengue? Quais os seus sintomas?

A dengue é uma doença causada por um vírus (Flaviridae) que é transmitido através da picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti. Este mosquito necessita de clima tropical e água parada para se desenvolver e proliferar.

Seu corpo é escuro e com rajados brancos, seu tamanho é menor que um pernilongo comum e geralmete pica durante o dia. Quando uma pessoa é picada pela fêmea do mosquito contaminado pelo vírus da dengue, passa a desenvolver a doença podendo demorar em média de 3 a 6 dias para apresentar os seguintes sintomas: febre alta (acima de 40 graus), dor de cabeça e na região atrás dos olhos, dor nos músculos e nas juntas, fraqueza, falta de apetite e, em alguns casos, pode ocorrer manchas avermelhadas pelo corpo.

Como a Dengue se manifesta?

A dengue pode se manifestar de duas formas: a clássica, com sintomas mais brandos e a hemorrágica, que é forma mais grave da doença. Em ambos os casos deve-se procurar ajuda médica assim que os sintomas começarem a se manifestar.

Só use medicamentos com indicação médica, pois o uso de remédios que contenham ácido acetil salicílico, como por exemplo Aspirina, Aas, Melhoral, Doril, Sonrrisal, entre outros, podem agravar a doença e facilitar a hemorragia interna.

Para quem já foi contaminado pela dengue alguma vez o cuidado deve ser maior, pois na segunda contaminação as chances são maiores da doença evoluir para a forma hemorrágica.

Ainda não existe vacina contra a dengue, portanto, a única forma de evitar esta doença, que está matando cada vez mais adultos e crianças, é combatendo o mosquito da dengue. Para isso, é necessário acabar com os locais em que eles possam se desenvolver. Portanto, não deixe água parada! Verifique diariamente garrafas vazias, pneus, pratos de vasos de plantas e xaxim, bacias, copinhos descartáveis e bebedouros de animais, retirando a água ou, caso a água necessite ficar parada, não deixe por mais de 2 dias.

Além disso, não se esqueça de tampar caixas d´água, cisternas, tambores, poços e qualquer outro depósito de água.

A prevenção é o melhor remédio!!


As folhas de couve-flor, de beterraba e de cenoura são muito ricas em nutrientes e ficam deliciosas se refogadas ou em recheios de tortas;

Os talos do agrião e do espinafre contêm muitas vitaminas. Experimente picá-los e refogá-los;

As folhas externas (verde-escuras) das verduras são ricas em ferro;

As folhas de nabo e rabanete têm maior concentração de carboidratos, cálcio, fósforo e vitaminas A e C do que a raiz. Utilize em saladas, sopas e refogados;

As folhas de cenoura são riquíssimas em vitamina A;

Antes de descascar a batata, lave a casca com uma escovinha e depois descasque e frite as cascas. Ficam crocantes, além de nutritivas;

Utilize as cascas de maçã para preparar sucos ou chás;

As sementes de abóbora são um ótimo aperitivo. Depois de lavá-las e secá-las, salgue-as e leve ao forno para tostar;

As cascas de abacaxi, quando bem lavadas e fervidas, proporcionam um suco delicioso. É só deixar esfriar, adoçar e bater com gelo no liquidificador.


1. Para eliminar o cheiro desagradável da geladeira, coloque no seu interior um recipiente contendo um pouco de café em pó. Ele absorve os odores e deixa um aroma agradável;

2. Depois de usar e desligar o forno, deixe-o com a porta aberta por alguns minutos, assim, ele seca e evita-se a ferrugem interna;

3. Parar que os omeletes fiquem mais macios, acrescente uma colher de sopa de água para cada ovo;

4. Para melhorar a aparência e o sabor do purê de batatas acrescente uma clara de ovo bem batida;

5. Para o sal não umedecer no saleiro, coloque alguns grãos de arroz no fundo do saleiro;

6. Para o leite não grudar na leiteira, passe um pouco de água fria na leiteira antes de colocar o leite e não enxugue;

7. Se as mãos estão engorduradas, esfregue-as com uma colher de sopa de açúcar, enxágüe-as e depois lave com sabonete;

8. Para que o caldo de carne fique menos gorduroso, junte uma casaca de meio limão;

9. Se a cenoura murchou e está com aparência velha, corte suas extremidades, e coloque as cenouras numa vasilha com água. No dia seguinte elas estarão renovadas e fresquinhas novamente;

10. Prepare os legumes no vapor para evitar a perda dos nutrientes desses alimentos. Quanto maior tempo de contato com a água, maior será a perda de nutrientes;


1. DIFICULDADE DE PERDER PESO

O QUE ESTÁ FALTANDO: ácidos graxos essenciais e vitamina A.
ONDE OBTER: semente de linhaça, cenoura e salmão (além de suplementos  específicos)

2. RETENÇÃO DE LÍQUIDOS

O QUE ESTÁ FALTANDO: na verdade um desequilíbrio entre o potássio, fósforo e sódio.
ONDE OBTER: água de coco, azeitona, pêssego, ameixa, figo, amêndoa, nozes, acelga, coentro e os suplementos

3. COMPULSÃO A DOCES

O QUE ESTÁ FALTANDO: cromo
ONDE OBTER: cereais integrais, nozes, centeio, banana, espinafre, cenoura + suplementos.

4. CÂIMBRA, DOR DE CABEÇA

O QUE ESTÁ FALTANDO: potássio e magnésio
ONDE OBTER: banana, cevada, milho, manga, pêssego, acerola, laranja

5. DESCONFORTO INTESTINAL, GASES, INCHAÇO ABDOMINAL

O QUE ESTÁ FALTANDO: lactobacilos vivos.
ONDE OBTER: coalhada, iogurte, missô, yakult e similares

6. MEMÓRIA RUIM

O QUE ESTÁ FALTANDO: acetil colina, inositol
ONDE OBTER: lecitina de soja, gema de ovo + suplementos

7. HIPOTIREOIDISMO (PROVOCA GANHO DE PESO SEM CAUSA APARENTE)

O QUE ESTÁ FALTANDO: iodo.
ONDE OBTER: algas marinhas, cenoura, óleo, pêra, abacaxi, peixes de água salgada e sal marinho.

8. CABELOS QUEBRADIÇOS E UNHAS FRACAS

O QUE ESTÁ FALTANDO: colágeno
ONDE OBTER: peixes, ovos, carnes magras, gelatina + suplementos

9. FRAQUEZA, INDISPOSIÇÃO, MAL ESTAR

O QUE ESTÁ FALTANDO: vitaminas A, C, e E e ferro.
ONDE OBTER: verduras, frutas, carnes magras e suplementos

10. COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS ALTOS

O QUE ESTÁ FALTANDO: Ômega 3 e 6
ONDE OBTER: sardinha, salmão, abacate, azeite de oliva

Cozinhe a seu favor…

– Evite a ingestão de queijos e carnes gordas e frituras. A gordura acelera o processo de oxidação dos alimentos.
– Cozinhe os alimentos no vapor ou até 100ºC, pois muito calor também oxida os alimentos.
– Evite utensílios de alumínio; os resíduos desse metal são tóxicos e podem ficar nos alimentos.
– Preferir panelas de vidro ou antiaderentes.
– Em hipótese alguma, aqueça os seus alimentos em embalagens e recipientes de plástico no microondas.

Saúde para todos!





CONTINUE NAVEGANDO: