Aprenda receitas deliciosas para a festa de Natal.

A rabanada é uma receita tradicional da Ceia de Natal. Muitas pessoas esperam essa época do ano para finalmente experimentar esse prato que é muito famoso por ter um sabor marcante. É bem comum surgir diferentes receitas a cada ano que passa. Pois normalmente as pessoas querem inovar e tornar a rabanada cada vez mais perfeita. Pensando nisso, eu vou mostrar algumas das receitas de rabanada mais gostosas e pedidas por muitas pessoas. Então veja a passo essas receitas e o passo a passo de cada uma delas.

Rabanada recheada com doce de leite

A rabanada recheada de doce de leite é muito famosa. E muitas pessoas buscam por essa receita ou até compram para ter em sua ceia natalina. Então segue a receita.

Ingredientes Marinada

– 100 ml de vinho do Porto

– 5,2 L de leite

– 3 colheres de sobremesa de essência de baunilha

Mistura de açúcar

– 2 colheres de sopa de canela em pó

– ½ de açúcar

Modo de preparo da Marinada

Misture todos os ingredientes.

Modo de preparo do açúcar

Misture todos os ingredientes.

Veja o modo de preparo da rabanada

– Corte o pão com 3 cm de largura ou com menos 8 cm de comprimento

– Banhe ele na vasilha de leite até que fique encharcado

– Esprema o pão até que se retire o excesso de leite

– Passe no ovo

– Salteie ele na frigideira até que fique dourado

– Faça do outro lado o processo acima para que os dois lados fiquem iguais

– Retire da frigideira e passe na mistura de açúcar com canela

– Por último coloque o doce de leite de forma individual na rabanada e uma bola de sorvete de creme

Rabanada tradicional

A rabanada tradicional também é muito desejada por muitas pessoas. E mesmo sendo uma receita tão simples, ela agrada pelo sabor inconfundível. Segue a receita.

Ingredientes

– 1 lata de leite condensado

– 4 pães franceses ou uma baguete de pão francês

– 2 xícaras de leite

– Canela a gosto

– 3 ovos batidos

– Óleo de girassol para fritar

– 1 pitada de canela

Modo de preparo

– Corte os pães em fatias médias

– Misture o leite de vaca e o leite condensado em um refratário, depois mergulhe as fatias de pão até que fiquem encharcadas por completo

– Bata os ovos e depois coloque em um refratário e misture com a pitada de canela

– Frite as fatias em óleo quente e tire o excesso de óleo com papel toalha

– Coloque a mistura de açúcar e canela em um refratário e passe as rabanadas fritas

– Sirva de acordo com gelada ou quente

Receita de rabanada light

Essa receita é indicada para quem não pode consumir muito açúcar ou está de dieta. É uma receita saborosa e que não tem muitas calorias. Veja a receita.

Ingredientes

– 1 ovo

– 4 fatias de pão integral firmes

– 1 colher de chá de adoçante em pó

– ½ de chá de leite condensado

– ½ de chá de leite desnatado

Modo de preparo

Bata o ovo até que ele fique bem espumoso. Depois corte as fatias de pão em espessura grossa e molhe no leite, passe no ovo batido e grelhe em um frigideira antiaderente. Depois passe as rabanadas na mistura de canela com adoçante e sirva.

Essas receitas são bem diferentes uma da outra. Todas são saborosas e com toda certeza vai fazer uma grande diferença na sua ceia de natal. Escolha aquela que mais lhe agradou e faça!

Escrito por Cristiane Amaral


Confira aqui as melhores receitas de Tender para fazer neste Natal.

Se há uma santíssima trindade na ceia de Natal, ela é composta pelo peru, o chester e o tender. Este último, ainda que menos tradicional do que seus companheiros, é uma ótima opção para quem não quer ficar horas aguardando seu preparo. Afinal, ele já vem pronto, sendo necessário apenas aquecê-lo.

O que é o tender?

Diferente do chester e do peru, que são aves, o tender é feito através de partes selecionadas de carne suína. Ele é costumeiramente comercializado desossado e em formato de bola. Ainda assim, mesmo que já venha pré-cozido, o tender ficará mais saboroso se preparado e temperado pelo consumidor. E para ajudar nessa tarefa, seguem três receitas para você arrasar na ceia de Natal

Receitas

– TENDER CALIFÓRNIA

INGREDIENTES

  • 1 kg de tender desossado (minitender)
  • 1 xícara (chá) de caldo de laranja

  • 1 xícara (chá) de vinho branco seco

  • 6 colheres (sopa) de calda de abacaxi

  • ¼ xícara (chá) de mel

  • 1 lata de abacaxi em calda

  • cravos-da-índia, flores comestíveis e ramos de alecrim para decorar

PREPARO

1. Misture, numa tigela, o vinho branco, o suco de laranja e a calda de abacaxi. Adicione o tender e cubra a tigela com filme plástico. Deixe na geladeira por, no mínimo, 12 horas, para marinar.

2. Deixe o forno pré-aquecido em temperatura média (180ºC).

3. Coloque o tender e a marinada em uma assadeira. Utilize a ponta de uma faca para riscar a superfície do tender com o formato de losangos. Espete cravos nas junções da forma geométrica.

4. Deixe o tender coberto com papel-alumínio e leve ao forno. O prato deve assar por 20 minutos. Depois desse tempo, retire o papel-alumínio e besunte o tender com mel.

5. Leve o tender ao forno para assar por mais 20 minutos. Regue o prato com a marinada a cada cinco minutos.

6. Monte um prato com o tender ao centro, roteado de fatias de abacaxi. Coloque uma flor em cada fatia de abacaxi e utilize ramos de alecrim para também enfeitar.

SALADA DE TENDER COM ABACAXI GRELHADO

INGREDIENTES

  • 6 fatias de tender assado

  • 2 fatias de abacaxi

  • 1 pote de iogurte natural (170 g)

  • folhas de coentro a gosto

  • folhas de hortelã a gosto

  • azeite a gosto

  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

PREPARO

1. Preparo do molho: misture bem o iogurte e 1 colher de sopa de azeite numa tigela. Tempere, a gosto, com sal e pimenta-do-reino.

2. Em fogo médio, aqueça uma frigideira antiaderente. Quando estiver devidamente aquecida, regue com um fio de azeite e insira as fatias de abacaxi. Doure as fatias, o que deve levar cerca de três minutos. Vire o abacaxi, para dourar os dois lados igualmente.

3. Leve as fatias grelhadas de abacaxi para dois pratos. Cubra-os com 03 fatias de tender. Regue o prato com o molho de iogurte e salpique as folhas de coentro e hortelã.

PATÊ DE TENDER

Esta é uma dica principalmente para o reaproveitamento do tender. Afinal, por mais saboroso que ele seja, ceias podem ser fartas. Portanto, é importante utilizar a criatividade.

INGREDIENTES

  • 1 xícara (chá) de tender assado e picado (cerca de 5 fatias)

  • ½ xícara (chá) de creme de ricota (120 g)

  • ½ cebola

  • 2 colheres (sopa) de conhaque

  • ½ colher (sopa) de azeite

  • sal a gosto

PREPARO

1. Descasque a cebola e a pique de forma bem fina.

2. Aqueça uma frigideira em fogo médio. Regue com o azeite quando estiver aquecida e adicione a cebola. Dê uma pitada de sal para temperar e refogue a cebola por cerca de 3 minutos, até que ela murche.

3. Adicione o conhaque e deixe cozinhar. Vá mexendo de vez em quando até secar. Coloque a cebola em um processador e adicione o tender picado e o creme de ricota. Bata bem. Prove e, se necessário, ajuste o sabor com sal.

4. Coloque o patê em uma tigela ou pote de vidro. O patê dura até 3 dias na geladeira, se fechado corretamente.

Por Luís Fernando Santos


Confira aqui as melhores receitas para fazer Peru de Natal.

O peru é a estrela da ceia de Natal. Ave de grande porte nativa da América do Norte, ele é servido tradicionalmente nos Estados Unidos em dois feriados: o Dia de Ação de Graças e o Natal. É uma ave com volumoso peito de carne branca, com coxas rosadas.

Curiosamente, o nome da ave em inglês, “turkey”, faz referência à Turquia, pois os colonos ingleses, ao encontrar o pássaro, acharam se tratar de uma espécia encontrada no país europeu. Já no Brasil, o nome peru também faz referência ao país homônimo. E por outra confusão: os portugueses, por algum motivo, acreditaram que a ave vinha do país vizinho.

Seguem algumas dicas de receitas que podem ser opção para sua ceia.

– Peru Assado Simples

Ingredientes

  • 1 peru limpo com cerca de 4 Kg
  • 2 cebolas grandes cortadas em pedaços pequenos
  • 1/2 colher das de sopa de molho de pimenta
  • 1 colher das de sopa de mostarda tipo francesa
  • 1 garrafa de vinho branco seco
  • 3 xícaras de caldo de galinha
  • 1 xícara de manteiga derretida
  • sal a gosto
  • manteiga derretida para injetar.

Preparo

Pré-aqueça o forno em temperatura média (180º C)

  1. Bata, no liquidificador, as cebolas, a mostarda, o molho de pimenta, os alhos, 1 xícara de vinho, a manteiga, 1 xícara de caldo de galinha e o sal.

  2. Passe para uma vasilha e adicione o restante do vinho e do caldo de galinha. Misture bem.

  3. Recheie o peru. Leve-o para uma assadeira. Não é necessário untá-la.

  4. Com uma mão, segure a pele do peito do peru, enquanto a outra a empurra até soltar a carne.

  5. Use um garfo para furar a carne. Insira, com um injetor de tempero, a manteiga derretida em diversas partes do peru.

  6. Injete também o tempero preparado na carne do peru, além de esfregá-lo na sua superfície.

  7. Cubra novamente o peru com a pele puxada. Costure com linha grossa.

  8. Utilize papel-alumínio para cobrir o peru. Leve ao forno por cerca de 3 horas. Regue o peru a cada 20 minutos com o molho que cair na assadeira.

  9. Retire o papel-alumínio quando ele estiver escurecido. Deixe o peru no forno até ficar dourado.

– Peru à Brasileira

Ingredientes

  • 1 peru de 4 kg
  • 1 colher de sopa de mostarda
  • 750 ml de vinho branco seco
  • 3 xícaras de caldo de galinha
  • 1 xícara de margarina ou manteiga
  • 2 cebolas
  • 5 dentes de alho
  • Molho de pimenta
  • Sal

Ingredientes do recheio

  • 1 colher de sopa de cebolinha
  • 1 colher de sopa de salsinha
  • 1 colher de sopa de farinha de rosca
  • 1 banana em cubos
  • 1 caldo de galinha em pó
  • 1/2 xícara de óleo
  • 1/2 xícara de azeite de oliva
  • 2 xícaras de farinha de milho
  • 2 cebolas raladas
  • Miúdos de Peru
  • Pimenta do reino

Preparo

1. Bata, no liquidificador, 1 xícara de vinho, cebola,1 xícara de caldo de galinha, margarina/ manteiga, mostarda, alho, molho de pimenta e o sal

2. Em um refratário, acrescente, à mistura, o restante do vinho e do caldo de galinha. Reserve.

3. Refogue os miúdos, cortados em pedaços menores, em mistura de óleo e azeite em fogo baixo. Espere até eles mudarem de cor.

4. Adicione o milho, as bananas, o caldo de galinha, a pimenta e a farinha peneirada. Mexa até virar uma farofa solta e úmida.

5. Retire do fogo e acrescente o tempero verde. Recheie o peru

6. Coloque o peru numa assadeira sem untar.

7. Com um garfo, fure o peru. Coloque o molho reservado nos buracos.

8. Feche o peru com palito de churrasquinho e amarre as pernas.

9. Leve ao forno, coberto por papel-alumínio, por cerca de 1 hora e meia. Regue constantemente com o molho da assadeira.

10. Tire o papel-alumínio e deixe dourar por mais 1 hora e meia, em média. Continue regando com o molho.

11. Sirva em um refratário decorado com farofa e tempero verde.

– Bifinhos de Peru

Ingredientes

  • 1/2 kg de bifes de peru
  • 1 pacote de natas
  • 1 lata de cogumelos laminados
  • 3 cebolas
  • 1 copo de vinho do porto (copo de vinho)
  • Azeite
  • Limão
  • Pimenta preta
  • Sal

Preparo

1. Corte os bifes de peru em tirinhas. Deixe-os temperados por 1 hora com suco de limão, sais e pimenta.

2. Em uma frigideira, coloque azeite e cebolas cortadas em rodelas finas. Deixa-as até ficarem douradas.

3. Reserve as cebolas em um prato.

4. Frite os bifinhos na frigideira. Ao chegar no ponto desejado, reserve-os.

5. Adicione os cogumelos laminados e o copo de vinho do porto. Feche a frigideira.

6. Deixe o caldo apurar, sem secar totalmente. Volte com os bifes e a cebola para a frigideira. Adicione as natas. Deixe ferver um pouco e tempere com sal a gosto.

Por Luís Fernando Santos


Saiba como conservar e manter suas panelas em bom estado.

Panelas são itens essenciais na vida de um cozinheiro – ou de qualquer pessoa que precise se alimentar, portanto, além de saber utilizá-las, deve haver uma preocupação em mantê-las em bom estado. Além de serem um tanto quanto caras e por isso ser interessante não danificá-las, vale lembrar também que uma boa panela faz toda a diferença no método de preparo e sabor da comida. Preparamos para você, dicas de como manter as suas panelas ao seu lado por, quem sabe, uma vida inteira.

1 – Panela quente na água fria? Nem pensar

Depois de preparar a comida, geralmente, algumas pessoas costumam colocar a panela quente embaixo da água fria, a fim de lavar a louça. Essa atitude faz com alguns pontos da panela se deformem, desnivelando a temperatura que o fogo atinge na panela, deixando em alguns lados mais elevados que de outros.

2 – Não arranhe o material antiaderente

Frigideiras ou panelas que são antiaderente devem ser tratadas com carinho. É preciso manuseá-las com delicadeza, evitando fogo alto e também a utilização de utensílios que possam arranhá-las. Usar detergente não abrasivo também ajuda a conservar o revestimento.

3 – Não empilhe panelas de inox

Aço inoxidável não arranha, podem ser lavadas na máquina e são ótimas lidando com altas temperaturas. O cuidado aqui deve ser tomado na hora de guardar, porque empilhar panelas de inox pode causar rachaduras e também os cabos podem atritar-se e soltarem.

4 – Panelas de ferro não devem ser limpas com água

Panelas de ferro são duráveis e resistentes, porém, precisam de mais atenção do que panelas comuns. Lavar panela de ferro com água pode enferrujá-la. O ideal é fazer a higienização, usar um pouco de óleo no interior e levar ao fogo, até que seque. Assim também se envelhece a panela, além de acrescentar gosto.

5 – Conservar o revestimento de panelas de ágata ou ferro esmaltado

Seja colorido ou não, essas panelas costumam apresentar muito revestimento. Deve-se conservar pois, se não estiverem em bom estado, podem haver rachaduras por onde a água pode vazar, alcançando o ferro e causando ferrugem. Se estiverem em boas condições, não é necessário queimá-las para realizar a limpeza.

Carolina B.


Confira aqui e receitas ótimas para sua ceia de ano novo.

Você já parou para pensar no que será feito para atrair coisas boas no ano que se aproxima? As supertições são muitas: pular sete ondas, comer 12 uvas, comprar uma peça de roupa nova, comer 7 sementes de romã. Mas, segundo os supersticiosos, as boas vibrações podem ser atraídas através da ceia de ano novo, veja alguns exemplos do que pode ser preparado:

Arroz da sorte:

Ingredientes:

3 colheres (sopa) de azeite de oliva; 1 cebola picada; 2 xícaras (chá) de arroz; 4 xícaras (chá) de caldo de legumes; 1 xícara (chá) de lentilha; 600 gramas de bacalhau dessalgado e cortado em lascas grandes; salsa (ou salsinha) a gosto.

Modo de preparo:

Em uma panela, aqueça o azeite e doure a cebola, junte o arroz lavado e escorrido e mexa bem acrescentando o caldo de legumes. Adicione a lentilha e deixe cozinhar no fogo brando com a panela tampada. Antes que o caldo seque totalmente, misture com cuidado as lascas de bacalhau e espere terminar o cozimento. Desligue o fogo e deixe descansar por alguns instantes. Com cuidado, solte o arroz com um garfo, transfira para uma travessa, salpique a salsa picada, regue com azeite e adicione uma folha de louro para enfeitar.

Sirva em seguida.

Supertição: A lentilha traz sorte e fartura, há quem afirme que deve-se comer uma lentilha para cada mês do ano. A folha de louro simboliza sucesso e vitória. Os peixes podem trazer boas vibrações. Para os japoneses, simbolizam fertilidade devido à sua capacidade de produzir muitos de ovos.

Lombo agridoce

Ingredientes:

1/2 xícara (chá) de Água; 1/3 xícara (chá) de vinagre de vinho tinto; 1/4 xícara (chá) de mel de abelha; 1 colher (sopa) de gengibre ralado; 4 dentes de alho amassados; 1 cebola cortada em pedaços; 600 gramas de lombo suíno e sal a gosto

Modo de preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto a carne.

Coloque o lombo em um refratário, faça vários furos nele com um garfo e banhe-o com esse molho triturado. Asse em potência média por 30 minutos ou até que, ao cortá-lo, esteja bem macio e seco. Na metade do tempo, vire a carne, confira o sal e coloque mais, caso necessário.

Aguarde 5 minutos antes de retirá-lo do forno, sirva com o molho formado.

Supertição: Porco como prato principal simboliza o progresso, porque ele cisca para frente.

Salada de romã

Ingredientes:

1 Romã; 1 limão; 1 xícara (café) de Água; 3/4 xícara (chá) de azeite de oliva; 1 pitada de bahar (ou pimenta síria); 3 tomate picados; 1 cebola pequena picada; 1 pepino picado; 2 cebolinhas picadas; 2 pães pita (árabe ou sírio) torrados; salsa e hortelã a gosto.

Modo de preparo:

Misture o suco de limão com a água, junte o azeite aos poucos e mexa bem. Tempere com o sal, a pimenta síria e as sementes de romã. Coloque em uma saladeira o tomate, a cebola, as cebolinhas e o pepino, e regue com a metade do molho. Pique o pão em quadradinhos e junte à saladeira. Polvilhe com a salsinha e a hortelã, adicione o molho restante e sirva em seguida, para o pão não amolecer.

Supertição: Romã simboliza abundância em outras culturas afirmam que auxilia a pessoa que deseja um filho.

Carne de Aves

Supertição:Segundo a crendice popular, as aves não devem ser consumidas na ceia de ano novo porque representam o atraso ou retrocesso, isso devido ao modo de ciscar para trás.

De todo modo, seja qual for o seu cardápio, o importante é reunir com amigos e familiares e se divertir, preparando-se para o ano que está por vir, um feliz ano novo para toda a sua família.

ERICA OLIVEIRA DE SOUZA


Confira aqui duas ótimas receitas de Panetone para o Natal.

O panetone é, com toda certeza, um dos maiores símbolos gastronômicos do Natal. Muito apreciado nessa época, em que os mercados se encontram com as prateleiras lotadas e com as mais diversas marcas e sabores, nada se compara ao gostinho caseiro dessa iguaria.

E para aqueles que amam botar a mão na massa, separamos duas receitas maravilhosas de panetone para surpreender a todos durante a ceia de Natal. Também são excelentes sugestões para presentear quem você ama com algo feito por você. Vamos a elas.

1. Panetone Italiano

O panetone tradicional leva 1 kg e meio de farinha de trigo, 9 claras em neve, 100 gramas de fermento biológico, 9 gemas batidas ligeiramente, 150 gramas de margarina derretida, 250 gramas de margarina temperatura ambiente, 1 copo e meio de leite morno, 2 xícaras de chá de açúcar, 1 colher de sopa de sal, 1 colher de sopa de essência de laranja, 1 colher de sopa de essência de panetone, 1 xícara de chá de água morna, 250 gramas de uvas passas sem caroço e 600 gramas de frutas cristalizadas e picadas.

Comece o preparo dissolvendo o fermento com a água morna em uma bacia e acrescentando 6 colheres de sopa de farinha e 1 colher de sopa do açúcar. Misture bem e deixe o tamanho da massa aumentar o volume por mais 10 minutos.

Enquanto isso, bata as claras em neve e adicione as gemas e 2 xícaras de açúcar. Misture bem, adicionando após o fermento preparado, a manteiga derretida, o leite morno, o sal e as essências. Deixe a mistura descansando por 15 minutos para, após, adicionar a farinha, amassando bem.

Após 10 minutos de descanso da massa, enfarinhe uma mesa e abra a mesma com um rolo. Passe manteiga na massa aberta, espalhando as frutas e as uvas passas. Enrole tudo como um rocambole e abra novamente com o rolo. Passe novamente a manteiga e dobre em 3 partes.

Faça novamente o processo quantas vezes achar necessário. Feito isso, coloque nas formas e deixe parado crescendo por aproximadamente 1h10. Asse em forno médio por cerca de 50 minutos.

2. Panetone Mini de Bombom

Os ingredientes para esse panetone são: 4 ovos, 3 tabletes de fermento biológico fresco, 1 xícara de leite, ¾ de xícara de chá de óleo, 1 colher de sobremesa de sal, 5 colheres de sopa de açúcar, 6 xícaras de chá de farinha de trigo, 1 colher de sopa de manteiga, 15 bombons e 1 colher de sopa de essência de panetone.

Comece dissolvendo o fermento com o açúcar e adicione os ovos, levemente batidos, o sal, o leite, o óleo, a essência e a manteiga. Após misturar bem, acrescente a farinha de trigo bem aos poucos, formando uma massa bem homogênea. Pegue a massa e divida em bolinhas de tamanho aproximado com uma laranja. Deixe descansando até que dobre de tamanho.

Abra a bolinha e coloque um bombom no centro. Pegue forminhas próprias para panetones de 250 gramas e coloque as bolinhas recheadas dentro.

Deixe parado por 15 minutos e pincele com um ovo batido. Asse em forno baixo que já esteja pré aquecido. Depois é só servir.

Gostou das dicas? Solte a criatividade, uma vez que essas receitas permitem inúmeras variações de recheio e decoração. Faça com muito amor e celebre essa data tão especial.

Kellen Kunz


Aprenda aqui duas receitas de como fazer rabanada.

É quase impossível falarmos em Natal sem lembrarmos de um dos pratos típicos dessa época de confraternização: a rabanada. Tradicional nas ceias no Brasil, a mesma é um doce que leva pão de trigo em fatias e molhadas em calda de açúcar, vinho ou leite, passadas após em ovos e fritas.

Porém, existem muitas variações dessa iguaria. Por isso, nós te damos duas receitas diferentes de como fazer a rabanada, nunca deixando de lado o seu sabor delicioso e marcante. Vamos a elas.

1. Rabanada com Leite Condensado

Os ingredientes são: 3 pães franceses, meia xícara de chá de açúcar, 2 xícaras de chá de leite, meia lata de leite condensado, 2 colheres de sopa de canela em pó, 3 ovos e óleo para fritar.

Após cortar os pães em fatias, pegue uma tigela e acrescente o leite e leite condensado, mexendo os dois ingredientes com uma colher. Reserve a mistura e, em outro recipiente, adicione os ovos, batendo com o garfo até ficar homogêneo.

Em uma panela, adicione o óleo em fogo alto. Pegue o pão e misture com o leite, deixando dentro por um minuto em cada lado. Retire o excesso de líquido do pão e passe pelo ovo batido. Depois é só fritar as fatias por dois minutos em cada lado, até começar a dourar.

Por fim, misture o açúcar e a canela e passe as rabanadas no preparo. Estão prontas as suas rabanadas com leite condensado.

2. Rabanada assada no forno

A rabanada de forno é uma excelente dica para quem não quer passar o Natal sem o prato, mas quer evitar os alimentos fritos. Os ingredientes são: 10 pães franceses, 3 ovos, 250 ml de leite, 250 ml de leite de coco, açúcar e canela a gosto.

O modo de preparo é muito simples. Pegue as fatias de pão e as coloque em uma forma. Após, no liquidificador, bata os ovos, o leite e o leite de coco. Acrescente e cubra os pães, levando após ao forno. Vire os pães durante o cozimento para dourar igualmente. Por fim, polvilhe com canela e açúcar. Quem preferir, pode acrescentar uma lata de leite condensado no líquido, para adoçar mais a rabanada.

Gostou das dicas? A palavra de ordem é inovar naquilo que já era muito bom. Solte a criatividade e surpreenda seus convidados com uma rabanada incrível. E não esqueça de compartilhar a sua receita nos comentários.

Kellen Kunz





CONTINUE NAVEGANDO: