Melhores Receitas de Quentão e Vinho Quente





Confira aqui as melhores receitas de quentão e vinho quente.

Antes de iniciar o tema central, um pouco de história:

O Quentão, tradicionalmente falando, consiste em um tipo de vinho quente ou em uma espécie de bebida produzida a partir de cachaça e que vai resultar no quentão das Festas Juninas.




Portanto, o Quentão se tornou uma típica bebida quente, que é muito servida ao longo das famosas quermesses e das Festas juninas ou festas dos santos populares, que são realizadas em todo o Brasil, e em quase toda a Europa, nesse período. Está intensamente ligada às noites frias dos meses de junho e de julho, por aqui.

Deste modo, dentro do clima das festas juninas ou mesmo ao longo dos dias mais frios, todo quentão bem preparado garante uma noite mais animada, aquecida e temperada, por assim dizer.


Entretanto, existem algumas variações desta bebida, que são tão tradicionais quanto o quentão simples das festas. Essas receitas são preparadas a partir de vinhos e outras especiarias, porém, todas as versões que são “reinterpretações” poderão ser acrescidas de outras bebidas mais alcóolicas, tais como a tequila e o Martini, suplementadas das frutas junto de suas cascas.

Confira abaixo uma relação de sete receitas bastante interessantes, de variações sobre os quentões:

A – o Vinho Quente, mais comum, simples e tradicional, fácil de preparar. A receita clássica é a seguinte: ele é temperado na base de cravo-da-Índia; de canela e de limão. É o típico vinho quente incrementado, muito indicado pelas pessoas que mais sabem apreciar um quentão, e certamente tenderá a aquecer toda a noite de festa ou de reunião por meio de um sabor especial.

B – o Quentão incrementado de laranja e de canela. Trata-se de um tipo de receita indicada por especialistas que atuam na chamada Ghee Banqueteria, sendo preparada do seguinte modo: adiciona-se cachaça; uma laranja; um pouco de canela e finaliza com gengibre. Esta receita é mais picante e é bastante recomendada para grupos mais jovens.

C – o Quentão de Tequila. O título diz tudo. Este tipo de receita dispensa o vinho e contém tequila e cachaça juntas. Para tornar as coisas ainda mais quentes é possível adicionar pimenta tipo Hili Guajilo, que proporciona quase um choque, ao passo que o abacaxi e o limão entram com a acidez dentro da medida, equilibrando essa receita picante.

D – o Chai Wine. O título indica uma espécie de bebida que vai além das fronteiras do ocidente. Este tipo de receita é preparado no forno micro-ondas, e consiste em uma mistura típica de bebidas orientais do Chai, a qual pode ser adquirida já pronta ou preparada em casa, por meio de uma típica mistura que leva especiarias.

E – o Quentão Moderno. É comum preparar este tipo de bebida no Noah Bar, consistindo em uma receita de quentão bem atual. Esta bebida precisa de Martini e de licor, constituindo uma infusão em gengibre e anis-estralado.

F – o Tradicional Quentão. Tal como na primeira receita está entre as bebidas mais consumidas, sendo muito indicada por especialistas da Quituraria, cuja preparação oficial leva pinga e não vinho. Seu preparo leva em torno de 25 minutos a meia hora, e pode servir até 12 pessoas por panela.

G – o Vinho Quente incrementado de frutas e de especiarias. Este tipo de receita é preparado a partir da utilização de vinho da marca Dom Bosco, e o método deve se efetuar por meio da mistura de cubinhos de maçã; de casca de laranja; de cravo e de canela.

Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *