Receita de Pão de Queijo Caseiro





Confira aqui uma receita fácil de pão de queijo caseiro.

São muitas as formas de fazer o pão de queijo. As receitas são variadas e toda família tem a sua maneira predileta de fazer o delicioso pãozinho. Há pessoas que gostam de fazê-los usando água ou leite ou até mesmo os dois ingredientes mesclados. Outros preferem usar óleo, manteiga ou banha de porco como a gordura base.

Em muitas receitas é comum observamos a presença do polvilho doce para o pão ficar mais denso, crocante por fora e com a massa uniforme. Outros podem fazer com o polvilho azedo, que faz a massa expandir e os pães ganham uma textura mais leve e aerada, depois de frio ficam mais sequinhos. A massa também pode ser feita usando tanto o polvilho doce quanto o azedo para equilibrar o sabor.




E sobre os queijos? É preferível que sejam bem resistentes saborosos e mais salgados. O da Serra da Canastra, meia cura, parmesão ou gruyere, são ótimos para fazer o pãozinho.

No entanto, o essencial para o pães ficarem gostosos é utilizar ingredientes frescos e artesanais Se puder usar ovos caipiras o sabor fica ainda melhor.


Com tantas maneiras de fazer o pão de queijo, qual é a melhor receita? Acompanhe abaixo como fazer um delicioso pãozinho de queijo.

Ingredientes

  • 2 xícaras com óleo
  • 6 xícaras com polvilho doce
  • 4 xícaras com água
  • 6 xícaras de queijo de preferência meia cura ralado
  • 10 ovos preferencialmente caipira, com as gemas bem laranjas

Como fazer

  • Ferva o óleo e a água

  • Derrame o líquido sobre o polvilho doce e vá mexendo até esfriar.

  • Observe a temperatura. Se a massa estiver agradável para ser manuseada com as mãos, acrescente os ovos e vá amassando até a massa ficar lisa.

  • Acerte o sal e misture o queijo meia cura já previamente ralado.

Modele as bolinhas com as mãos untadas com manteiga ou óleo para não grudar e asse em forno médio a uma temperatura de 170ºC por 35 minutos.

História do pão de queijo

A origem ainda não é bem definida. Alguns relatos dizem que a receita foi inventada no estado de Minas Gerais, no século XVIII, quando as escravizadas cozinhavam nas fazenda e usavam farinha de mandioca para fazer os pães, uma vez que a farinha trazida pelos portugueses, a base de trigo, era de péssima qualidade não podendo ser consumida.

Junto com polvilho, as mulheres acrescentavam sobras de queijo que havia endurecido. Também incrementaram a receita colocando leite, o que havia bastante devido o crescimento da pecuária em Minas Gerais e ovos, enrolavam a massa e depois assava.

Essa história sobre a origem do pão de queijo é a mais comumente aceita. A partir da década de 1950, o pão ganha o Brasil e depois vira item de exportação, podendo ser encontrado em diversos países do mundo.

Pão de queijo tem glútem?

Geralmente as farinhas usadas para fazer pães como trigo, cevada e centeio possuem glúten. Por usar polvilho, o pão de queijo não apresenta glúten, podendo ser consumido por celíacos, pessoas intolerante ao glúten, que podem comer à vontade.

Curiosidades sobre o pão de queijo.

  • O pão de queijo e uma iguaria muito consumida no Brasil, tornando-se popular em 1950.

  • Existe uma versão de pão de queijo na Colombia, achatado e um pouco mais duro, chamado de Pan de Bono. Também há versões semelhantes na Argentina e no Paraguai chamado de Chipa e no Equador é o Pan de Yuca.

  • O pão de queijo tem uma data comemorativa no calendário, o dia 17 de agosto, em que se comemora o Dia Nacional do Pão de Queijo.

  • O Pão de Queijo tem vitaminas, sais minerais, proteína e carboidratos.

FABÍOLA CUNHA S DE MORAES



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *