Como Fazer Rabanada – Melhor Receita



Saiba aqui o passo a passo para fazer rabanada.

Peru assado, salpicão, arroz champagne… são muitos os pratos salgados típicos da ceia natalina. Contudo, uma sobremesa muito apreciada e que não pode ficar de fora dessa época do ano é a tradicional rabanada.

A rabanada é uma iguaria de origem portuguesa e que se tornou um clássico adotado por muitas famílias brasileiras no dia de Natal. Curiosamente, a mesma receita recebe nomes diferentes em outras regiões do planeta.



Na França, por exemplo, o que chamamos de rabanada por aqui, é conhecido como “Pain Perdu”. Nos Estados Unidos, por sua vez, ela leva o nome de “French toast”. E na Inglaterra, a rabanada comumente é chamada de “Eggy bread”.

De qualquer maneira, a receita que tem como principal ingrediente o pão, o açúcar, os ovos e o leite é uma doce, agradável e saborosa alternativa de sobremesa para as festas de fim de ano. E tem mais: ela se torna ainda mais apetitosa no dia seguinte, no café da manhã.



Se você ainda não conhece essa iguaria, confira a seguir os ingredientes e o passo a passo para preparar uma deliciosa rabanada na ceia de Natal. Se você já é amante deste docinho, acompanhe nossas sugestões de variações para inovar no preparo da sua receita.

Para fazer uma porção da tradicional rabanada de fim de ano, você vai precisar dos seguintes ingredientes:

  • 4 pães franceses amanhecidos
  • 2 xícaras (de chá) de leite
  • 1 xícara (de chá) de açúcar cristal
  • 3 ovos inteiros
  • Óleo para fritar
  • Canela em pó a gosto para polvilhar
  • Açúcar refinado a gosto para polvilhar

Essa receita tem um rendimento médio de 16 fatias. Se você pretende fazer mais fatias, dobre a quantidade dos ingredientes. Vale lembrar que para fazer rabanadas o mais indicado é usar o pão amanhecido. Por isso, planeje comprar os pães um ou dois dias antes do preparo da sua receita.

Acompanhe a seguir o modo de preparo:

Corte os pães amanhecidos em fatias de espessura média. Elas não podem ser muito finas para não desmancharem nas etapas seguintes. Depois, em uma vasilha separada, misture o leite e o açúcar cristal até que este esteja completamente dissolvido.

Em uma outra vasilha, quebre os ovos e bata ligeiramente as claras e as gemas. Neste momento você já pode colocar uma panela ao fogo e colocar o óleo para aquecer em fogo baixo. Reserve também uma travessa onde serão dispostas as fatias de pão que acabaram de ser fritas.

Agora, com as vasilhas de leite adoçado e ovos batidos sobre a pia ou balcão, é hora de preparar as rabanadas. Espete uma fatia de pão com um garfo, mergulhe na vasilha com leite adoçado, pouse o garfo sobre a beirada da vasilha para que o leite escorra um pouco, e em seguida mergulhe essa mesma fatia na vasilha com os ovos batidos.

Logo depois, leve a fatia embebida em leite e ovos para fritar em fogo baixo. O segredo é cozinhar em temperatura amena para que a rabanada fique completamente cozida por dentro e dourada por fora. Para isso, vire a rabanada para que ambos os lados fiquem uniformemente dourados.

Retire as fatias do óleo e posicione na travessa que reservou anteriormente. Repita esse processo com todas as fatias de pães amanhecidos que restam. Depois, misture o açúcar refinado e a canela em pó a gosto e polvilhe por cima das fatias douradas de rabanada que já estão fritas e posicionadas em sua travessa.

Variações

A receita anterior leva os ingredientes para a rabanada clássica. No entanto, é possível obter variações da mesma sobremesa, substituindo alguns ingredientes e até mesmo a forma de preparo.

Para uma versão fitness, é possível substituir os tradicionais pães franceses de farinha branca por pães integrais, o leite integral por leite desnatado, o açúcar cristal por adoçante culinário e, por fim, ao invés de fritar as fatias em óleo, leve as rabanadas para assar ao forno ou então em uma fritadeira elétrica sem óleo. A substituição do açúcar cristal por adoçante culinário também é válida para pessoas diabéticas.

Outras alternativas para inovar nas rabanadas são: trocar o pão por fatias de panetone, trocar o açúcar cristal por leite condensado, trocar o leite integral por vinho tinto. Ainda é possível adicionar outras iguarias à receita como uma colher de chocolate ou gotas de essência de baunilha no leite que vai umedecer as fatias da rabanada.

Gostou das nossas dicas? Comente aqui embaixo se essa também é uma sobremesa que não pode faltar na sua ceia natalina e como você vai preparar as rabanadas esse ano na sua casa.

Juliete Landi Lucas

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *