Receita de Bolinho de Chuva – Modo de Preparo e Dicas


Confira como preparar os bolinhos de chuva clássicos.

Muitas pessoas têm dúvidas sobre o método de preparo dos tradicionais bolinhos de chuva, e esse receio é justamente pela extrema simplicidade das receitas. O essencial da composição destes é bolinhos simples até demais, basicamente basta mesclar uma porção de farinha de trigo, ovos e leite; a massa produzida é batida em manteiga. A massa é fracionada em diversas bolinhas que são fritadas em óleo vegetal.


Receita clássica:

– Dois ovos;


– Uma xícara de açúcar;


– Uma xícara de chá de leite;


– Duas xícaras e uma e meia de (1/2) de farinha de trigo;

– Uma colher sopa com fermento em pó;

– Três colheres de sopa com açúcar de modo a polvilhar;

– Uma colher de sopa com canela de modo a polvilhar;

– Um litro de óleo para fritar.

Método de preparação:

– Misturar o conjunto dos ingredientes para se obter a massa perfeitamente cremosa e homogênea;

– Fazer aquecer uma panela razoável quantidade de óleo, os bolinhos precisam boiar no caldo;

– Assim que o óleo estiver aquecido a 180º C, utilizando uma colher, comece a coletar pequenas porções e despejar com cuidado essas pelotas e deixe fritar até dourar por completo;

– Ao retirar os bolinhos, depositar os mesmos sobre o papel toalha para absorver o excesso de óleo;

– Passo final: salpicar os bolinhos com açúcar e canela.

Entretanto, as variantes da receita base são muito mais deliciosas. Existem as receitas de bolinho de chuva mais sequinho, por exemplo, cujo “segredo” é bem simples: adicionar uma pequena porção de amido de milho na mistura da massa.

Uma das receitas mais apreciadas de bolinho de chuva é o bolinho recheado de banana.

Trata-se da mais famosa e mais deliciosa receita de bolinho de chuva, segundo o senso comum, acrescido o ingrediente fundamental: banana. Mas, para a surpresa dos mais inseguros, a receita é basicamente a mesma, apenas adicionar à massa banana picotada em rodelas, na massa que será dividida em porções. A receita completa e o modo de preparo são os seguintes:

– Um ovo;

– Duas bananas de qualquer tipo, picadas em rodelas;

– Meia (1/2) xícara com leite;

– Meia (1/2) xícara com açúcar;

– Uma e Meia (1/2) xícaras com farinha de trigo;

– Uma colher de chá com fermento em pó;

– Uma quantidade de óleo suficiente para a fritura;

– Uma mistura com açúcar e canela no processo de polvilhar.

Método de preparação:

– Unir o conjunto dos ingredientes num recipiente para que a massa se torne cremosa e perfeitamente homogênea. Picar as bananas em rodelas e adicionar à massa, misturando até que elas não estejam visíveis no produto final;

– Aquecer o óleo no fogão em quantidade suficiente de modo que os bolinhos fiquem boiando. Deixe aquecer a 180º; utilizando uma colher, comece a coletar pequenas porções e despejar com cuidado essas pelotas e deixe fritar até dourar por completo;

– Ao retirar os bolinhos, depositar os mesmos sobre papel toalha para absorver o excesso de óleo;

– Passo final: salpicar os bolinhos com açúcar e canela.

Outras receitas abrangem bolinho de chuva salgado. Em realidade, basta adicionar sal em vez de açúcar, e podem ser mesclados a ingredientes típicos dos variados tipos de salgados. Alguns especialistas mais ousados misturam ingredientes doces e salgados, formando receitas perfeitamente equilibradas, e até muito mais saudáveis.

Vale lembrar que os bolinhos de chuva não precisam ser preparados apenas em dias de chuva. Eles podem estar presentes na mesa no café da manhã e da tarde, e também dividem espaço com outras variedades como: crepioca, a cueca virada, o bolo de milho, os pões caseiros; o pão de queijo; os biscoitos amanteigados; o bolo de cenoura; a broa de milho; o bolo de fubá acrescido de goiabada; os cookies americanos, e muito mais.

Por Paulo Henrique dos Santos



Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.