Confira aqui algumas dicas de pratos para fazer na Ceia de Ano Novo.

Depois da celebração natalina, que é um momento de serenidade, de oração para as pessoas religiosas, um momento de intensificar a ajuda ao próximo e de comunhão, chega a festividade mais agitada, mais expansiva no sentido de divertimento, que é o Ano Novo. Se a ceia de Natal leva em conta, geralmente, receitas mais tradicionais, para o ano novo as variações nesse sentido são bem maiores.

Deste modo, a ceia de ano novo tende a ser mais simples, como uma festa de fim de semana ou de aniversário. A reunião de parentes e amigos, nesta data, é uma confraternização em que todos estão mais à vontade e assim, está aberta toda contribuição para a ceia.

Entretanto, por alegre que seja, a passagem de ano não é uma bagunça. É uma celebração de renovação que também tem suas características tradicionais.

Este é o evento que fecha um ano e inicia o outro, portanto, a passagem é um ritual. O Natal é religioso e o Ano Novo é temporal. O réveillon, portanto, necessita ser muito bem organizado, de modo a ser divertido e saudável, sem abusos. O centro destas festividades é o momento da ceia, onde todos se reúnem e se ajudam, servem uns aos outros e compartilham refeições e bebidas.

Este artigo pretende oferecer algumas dicas de como se preparar uma boa ceia de ano novo, de modo simples e eficiente.

Existe uma infinidade de pratos que se enquadram perfeitamente nesta celebração, porém, seria impossível listar todos aqui. Para ser mais essencial e eficiente, listaremos dez tipos certos de refeições para o seu fim de ano.

Na atualidade, dada a nova onda de vida saudável, que constitui um hábito positivo capaz de atingir grupos cada vez maiores de pessoas em todo o mundo, o peixe, tão consumido em todas as regiões do planeta, tornou-se um dos pratos mais requisitados este ano.

Um delicioso exemplo é o salmão, que pode ser a melhor dica, nesse sentido, um prato e tanto para a realização de uma boa ceia, na virada do ano. No caso de ser esta a opção que o leitor deseja preparar, segue uma dica muito importante: não se esqueça de regar bastante os filés do peixe com muito azeite, além de assar algumas batatas como forma de acompanhamento.

Esta iguaria é muito apropriada para as festividades de fim de ano, dado que o Natal, por ser uma data cristã, no ocidente, está muito ligado ao peixe. Portanto, além de saudável, o peixe é um bom complemento no réveillon.

Assim, seguem mais dez dicas de boas receitas, muito adequadas para a ceia da virada do ano:

1 – O tradicional Mousse de chocolate;

2 – Um bom Pernil de ano novo;

3 – O famoso e delicioso Cookie recheado com muito creme de avelã;

4 – Outra alternativa de frutos do mar: o Bacalhau;

5 – O tradicional Lombo suíno;

6 – Uma receita mais picante pode ser o Cuscuz;

7 – A tão popular Maionese de frango;

8 – Outra excelente sobremesa pode ser o Quindim;

9 – O excelente Filé mignon ao molho madeira;

10 – Outra dica de frutos do mar: um Peixe assado.

É evidente que todos são livres para preparar muitas outras variedades, de acordo com cada tipo de família, com hábitos alimentares variados. O Ano Novo é momento de intensa confraternização e união, até na hora da refeição. Todos os bons pratos são bem vindos, porém, dado que o ritual do réveillon consiste em promover muita fartura e prosperidade para todos, os pratos mais consistentes, e de grande porte, devem compor a mesa.

Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos


Confira aqui algumas dicas de sobremesas para você fazer no Natal.

O Natal está chegando e se tem uma coisa que não pode faltar na mesa é a sobremesa. A internet está cheia de receitas incríveis para quem ainda precisa decidir o que servir para os amigos e familiares. Entre tantas opções, há quem prefira sempre as tradicionais. Aquela receitinha que está na família há gerações e sempre faz o maior sucesso entre adultos e crianças. Para quem gosta de inovar, dá para apostar e uma receita nova ou simplesmente substituir os ingredientes tradicionais por outros. Vale criar, reinventar e adaptar, só não vale ficar sem a sobremesa natalina. Confira agora algumas dicas de sobremesas que vão fazer a alegria da sua noite de Natal.

Torta Holandesa

A torta holandesa compõe o time das sobremesas tradicionais. Ela é uma opção de sobremesa deliciosa, não é difícil de preparar e o custo não é muito alto. Há muitas formas de preparo, mas os ingredientes são praticamente os mesmos. Suas três camadas formam uma combinação perfeita e dá para montar em um refratário para tortas, servir em taças ou potinhos individuais.

Ingredientes:

  • 100g de manteiga derretida( de preferência sem sal)
  • 200g de biscoito maisena
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 latas de creme de leite
  • meia colher de chá de essência de baunilha
  • 1 colher de sopa de gelatina sem sabor
  • 2 colheres de sopa de água
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 6 colheres de sopa de chocolate em pó

Passo a Passo

1) Massa

Passe o biscoito maisena no processador até formar uma farofa fina. Em seguida, junte a manteiga e misture até ficar homogêneo. Preaqueça o forno a 180°C e asse a mistura por aproximadamente 15 minutos ou até dourar e adquirir crocância, utilizando uma forma de sua preferência. Leve para a geladeira até que esfrie.

2) Creme

Hidrate a gelatina com as 2 colheres de sopa, conforme as instruções do fabricante. Em um recipiente, adicione 1 lata de creme de leite, o leite condensado, a gelatina já hidratada e a baunilha e misture. Acomode o creme sobre a massa e retorne à geladeira até o creme ficar firme.

3) Falsa Ganache

Em uma panela, leve ao fogo o chocolate em pó, o creme de leite e o açúcar, misturando de maneira contínua até que fique cremoso e diminua o volume pela metade. Após desligar o fogo, continue mexendo por mais três minutos. Depois de frio, coloque por cima do creme e leve à geladeira novamente.

Dica: Você pode montar em taças ou potinhos de acrílico e decorar conforme sua preferência.

Pudim de Panetone

O pudim de pão já é um conhecido dos brasileiros e ajuda a evitar o desperdício das sobras de pães, mas o pudim de panetone é uma novidade deliciosa. Confira como preparar essa delícia gelada para o Natal.

Ingredientes:

  • 500g de panetone
  • 200ml de leite
  • 200ml de creme de leite
  • 2 ovos
  • meia lata de leite condensado
  • 2 colheres de sopa de açúcar misturada com 1 colher de chá de canela em pó
  • 50ml de vinho do porto

Passo a Passo

1) Corte o panetone em cubos, acomode em um refratário já untado e reserve

2 Em uma tijela, misture o leite condensado, os ovos, o leite, o creme de leite e o vinho. Bata a mistura com ajuda de um fouet até que todos os ingredientes estejam bem misturados e despeje a mistura sobre o panetone no refratário, cobrindo bem os cubos de panetone para que não queimem. Em seguida, polvilhe o açúcar misturado com a canela e leve ao forno preaquecido a 200°C por cerca de 35 minutos ou até que balance a forma e o líquido esteja firme.

3) Leva à geladeira por 2 horas e sirva.

Frutas com Chantilly

As frutas nunca são dispensadas da mesa de Natal. Além de naturalmente belas, elas ficam perfeitas com qualquer combinação. A receita a seguir é rápida, leve e gostosa. Confira!

Ingredientes

  • 20 Morangos e 5 kiwis picados
  • Folhinhas de hortelã
  • 10 colheres (sopa) de chantilly

Passo a Passo

Coloque as frutas picadas em copinhos, cubra com um pouco de chantilly e pronto! É só servir.

Kátia Elaini Pereira da Silva


Confira aqui as melhores receitas para fazer Peru de Natal.

O peru é a estrela da ceia de Natal. Ave de grande porte nativa da América do Norte, ele é servido tradicionalmente nos Estados Unidos em dois feriados: o Dia de Ação de Graças e o Natal. É uma ave com volumoso peito de carne branca, com coxas rosadas.

Curiosamente, o nome da ave em inglês, “turkey”, faz referência à Turquia, pois os colonos ingleses, ao encontrar o pássaro, acharam se tratar de uma espécia encontrada no país europeu. Já no Brasil, o nome peru também faz referência ao país homônimo. E por outra confusão: os portugueses, por algum motivo, acreditaram que a ave vinha do país vizinho.

Seguem algumas dicas de receitas que podem ser opção para sua ceia.

– Peru Assado Simples

Ingredientes

  • 1 peru limpo com cerca de 4 Kg
  • 2 cebolas grandes cortadas em pedaços pequenos
  • 1/2 colher das de sopa de molho de pimenta
  • 1 colher das de sopa de mostarda tipo francesa
  • 1 garrafa de vinho branco seco
  • 3 xícaras de caldo de galinha
  • 1 xícara de manteiga derretida
  • sal a gosto
  • manteiga derretida para injetar.

Preparo

Pré-aqueça o forno em temperatura média (180º C)

  1. Bata, no liquidificador, as cebolas, a mostarda, o molho de pimenta, os alhos, 1 xícara de vinho, a manteiga, 1 xícara de caldo de galinha e o sal.

  2. Passe para uma vasilha e adicione o restante do vinho e do caldo de galinha. Misture bem.

  3. Recheie o peru. Leve-o para uma assadeira. Não é necessário untá-la.

  4. Com uma mão, segure a pele do peito do peru, enquanto a outra a empurra até soltar a carne.

  5. Use um garfo para furar a carne. Insira, com um injetor de tempero, a manteiga derretida em diversas partes do peru.

  6. Injete também o tempero preparado na carne do peru, além de esfregá-lo na sua superfície.

  7. Cubra novamente o peru com a pele puxada. Costure com linha grossa.

  8. Utilize papel-alumínio para cobrir o peru. Leve ao forno por cerca de 3 horas. Regue o peru a cada 20 minutos com o molho que cair na assadeira.

  9. Retire o papel-alumínio quando ele estiver escurecido. Deixe o peru no forno até ficar dourado.

– Peru à Brasileira

Ingredientes

  • 1 peru de 4 kg
  • 1 colher de sopa de mostarda
  • 750 ml de vinho branco seco
  • 3 xícaras de caldo de galinha
  • 1 xícara de margarina ou manteiga
  • 2 cebolas
  • 5 dentes de alho
  • Molho de pimenta
  • Sal

Ingredientes do recheio

  • 1 colher de sopa de cebolinha
  • 1 colher de sopa de salsinha
  • 1 colher de sopa de farinha de rosca
  • 1 banana em cubos
  • 1 caldo de galinha em pó
  • 1/2 xícara de óleo
  • 1/2 xícara de azeite de oliva
  • 2 xícaras de farinha de milho
  • 2 cebolas raladas
  • Miúdos de Peru
  • Pimenta do reino

Preparo

1. Bata, no liquidificador, 1 xícara de vinho, cebola,1 xícara de caldo de galinha, margarina/ manteiga, mostarda, alho, molho de pimenta e o sal

2. Em um refratário, acrescente, à mistura, o restante do vinho e do caldo de galinha. Reserve.

3. Refogue os miúdos, cortados em pedaços menores, em mistura de óleo e azeite em fogo baixo. Espere até eles mudarem de cor.

4. Adicione o milho, as bananas, o caldo de galinha, a pimenta e a farinha peneirada. Mexa até virar uma farofa solta e úmida.

5. Retire do fogo e acrescente o tempero verde. Recheie o peru

6. Coloque o peru numa assadeira sem untar.

7. Com um garfo, fure o peru. Coloque o molho reservado nos buracos.

8. Feche o peru com palito de churrasquinho e amarre as pernas.

9. Leve ao forno, coberto por papel-alumínio, por cerca de 1 hora e meia. Regue constantemente com o molho da assadeira.

10. Tire o papel-alumínio e deixe dourar por mais 1 hora e meia, em média. Continue regando com o molho.

11. Sirva em um refratário decorado com farofa e tempero verde.

– Bifinhos de Peru

Ingredientes

  • 1/2 kg de bifes de peru
  • 1 pacote de natas
  • 1 lata de cogumelos laminados
  • 3 cebolas
  • 1 copo de vinho do porto (copo de vinho)
  • Azeite
  • Limão
  • Pimenta preta
  • Sal

Preparo

1. Corte os bifes de peru em tirinhas. Deixe-os temperados por 1 hora com suco de limão, sais e pimenta.

2. Em uma frigideira, coloque azeite e cebolas cortadas em rodelas finas. Deixa-as até ficarem douradas.

3. Reserve as cebolas em um prato.

4. Frite os bifinhos na frigideira. Ao chegar no ponto desejado, reserve-os.

5. Adicione os cogumelos laminados e o copo de vinho do porto. Feche a frigideira.

6. Deixe o caldo apurar, sem secar totalmente. Volte com os bifes e a cebola para a frigideira. Adicione as natas. Deixe ferver um pouco e tempere com sal a gosto.

Por Luís Fernando Santos


Confira algumas receitas da versão moderna de pão de queijo: o pão de queijo frito.

A receita de pão de queijo frito tem ficado cada vez mais popular, muitas pessoas têm se rendido a esse quitute delicioso, que é a versão moderna do tradicional pão de queijo, que é consumido em muitas regiões de formas bem diferentes.

Essa receita é ideal para um dia que vai ter visita em casa, pois além de ser muito prática ela também é econômica e rápida.

Vamos conhecer algumas receitas de pão de queijo frito.

Primeira receita: Pão de queijo frito

Ingredientes

– 5 ovos

– 600 g de queijo minas meia cura ralado

– 700 g de polvilho doce

– 1 colher de sobremesa rasa de sal

– 2 xícaras e ½ de leite

– 1 colher de sobremesa rasa de açúcar

– 1 colher de sopa cheia de fermento em pó

– Óleo para fritar

Modo de fazer

Separe o leite e misture todos os demais ingredientes em uma bacia. Depois vá adicionando o leite aos poucos até a massa dar liga. Quando a massa começar a desgrudar das mãos, é sinal que ela está no ponto certo. Depois é só modelar as bolinhas do tamanho desejado e fritar. Vale lembrar que o óleo precisa estar quente para que a massa fique frita por dentro também. Use papel toalha para colocar o pão de queijo assim que ele sair da gordura, assim ele vai ficar bem sequinho.

Segunda receita: Pão de queijo frito do Master Chef

Ingredientes

– 3 ovos

– 400 g de queijo minas meia cura ralado

– 1 colher de sopa de fermento em pó

– 1 copo americano mais duas colheres bem cheias de polvilho americano

– óleo para fritar

Modo de fazer

Em uma vasilha grande misture todos os ingredientes até que eles se unam completamente. Vai misturado até que a massa desgrude totalmente das mãos. Caso sinta necessidade use um pouco mais de polvilho doce. Depois que a massa estiver no ponto certo, faça bolinhas do tamanho desejado e frite em óleo bem quente.

Goiabada derretida é opcional

Para quem desejar incrementar essa receita que já é maravilhosa, é só derreter um pouco de goiabada com água, até que a mistura fique grossinha. Coloque em um recipiente pequeno e depois molhe o pão de queijo frito. Essa combinação fica perfeita e vai agradar as suas visitas.

Terceira receita: Pão de queijo frito da vovó

Ingredientes

– 4 ovos

– 1 colher de sopa de fermento em pó

– 2 xícaras de chá de polvilho doce

– 2 xícaras de chá de polvilho azedo

– 200 g de queijo parmesão

– 200 g de queijo minas padrão ralado

– 4 colheres de sopa de leite

– Sal a gosto

– Óleo para fritar

Modo de fazer

Em uma vasilha coloque todos os ingredientes exceto o leite, vai colocando aos poucos para ajudar a encontrar o ponto exato da massa. Depois que conseguir o ponto ideal, faça as bolinhas do tamanho desejado e deixe o óleo ficar bem quente. Depois coloque em uma um recipiente com papel toalha para retirar todo excesso de gordura.

Quarta receita: Pão de queijo com bacon frito

– 3 ovos

– 1 copo de polvilho azedo

– 2 colheres de sopa de polvilho doce

– 1 colher de sopa de fermento em pó

– 400 g de queijo meia cura ralado

– 200 g de bacon picadinho e torrado

– Óleo para fritar

Modo de fazer

Misture todos os ingredientes dentro de uma vasilha grande, vá mexendo até todos os ingredientes se misturarem por completo. Quando a massa der liga faça bolinhas do tamanho desejado. Para que os bolinhos não fiquem com alguma parte crua, o óleo precisa estar bem quente.

Escolha sua receita preferida e aproveite!

Por Cristiane Amaral

Pão de queijo frito


Confira uma receita tradicional para fazer ovos de páscoa e ganhar uma renda extra.

Uma das melhores épocas do ano está chegando, acredito que seja a mais desejada por muitas pessoas, esta fase do ano é a Páscoa. Muitas fábricas investem na fabricação de chocolates e principalmente os amados ovos de páscoa.

Se para algumas pessoas é a melhor época para degustar chocolates, para outras é hora de ganhar uma renda extra, ou seja, produzir ovos e vender muito deste doce.

Neste artigo vamos trazer algumas receitas e mostrar como fazer um ovo de páscoa. Se você tem interesse em aumentar a renda e ganhar um dinheirinho extra vendendo chocolates, continue lendo este texto e descubra o que você pode fazer nesta época.

Como fazer ovos de chocolate

Uma coisa é certa, fabricar ovos caseiros é muito mais barato do que comprar ovos industrializados. Outra coisa que você pode fazer com os ovos caseiros é dar de presente para familiares e amigos, bem como fazer encomendas e vender o que produz.

O lucro que você pode ganhar com a venda de ovos de páscoa caseiro pode variar de 100% a 300%, ou seja, se você investir R$ 100 para produzir poderá ganhar o dobro ou o triplo do que investiu nas receitas.

Para começar a fazer os ovos caseiros e conseguir uma renda extra será preciso investir em alguns ingredientes e itens que serão utilizados. Veja o que você vai precisar para fabricar este doce a seguir:

Para derreter o chocolate você terá que comprar um recipiente de vidro, além disso, uma espátula de plástico ou de metal para mexer o chocolate derretido, uma colher de plástico e também as formas de silicone para moldar os ovos.

Outro item é o papel manteiga e uma assadeira para colocar os ovos na geladeira, ou seja, além de montar os ovos você deve ter um local adequado para armazenar todos os que foram feitos.

Onde comprar os ingredientes

Algumas pessoas que estão iniciando não sabem onde comprar os ingredientes e os utensílios necessários, pensando nisso, vamos mostrar onde é possível encontrar estes itens.

Não é difícil encontrar tudo o que você precisa para fazer os ovos de páscoa, existem muitas lojas especializadas e que investem na venda destes produtos. Procure na sua cidade por lojas de artesanato e artigos para festa.

Na internet também é possível encontrar facilmente e você não precisa enfrentar filas para comprar estes produtos, o melhor é que podem ser entregues diretamente em sua casa.

Caso não queira vender e fazer poucos apenas para você ou familiares, é possível encontrar nos supermercados as barras de chocolate para serem derretidas. As barras possuem vários pesos, comumente são encontradas de 500 gramas ou 1 Kg.

Quem tem experiência na fabricação dos ovos diz que é melhor comprar chocolates em grandes quantidades porque diminui o custo final. Outra dica importante que pode minimizar os custos com os ingredientes é encontrar outras pessoas que também fazem produtos com chocolates e comprar em grandes quantidades e ratear as despesas.

Ovo de Páscoa Tradicional

Agora vamos apresentar para você como fabricar um ovo de páscoa no modo tradicional. Existem várias formas que podem ser feitas, no entanto, vamos priorizar receitas simples para serem feitas rapidamente.

Prepare o local

Para começar a derreter o chocolate é preciso estar atento a alguns detalhes importantes, a primeira coisa é que o local onde será feito deve estar muito limpo e seco, os chocolates não podem ter contato algum com água ou umidade, outra coisa é se a sua cozinha for muito úmida não vai dar certo, o chocolate pode estragar facilmente.

Não use um ralador para triturar os chocolates porque a umidade da sua mão poderá passar para a barra e com isso estragar, use facas e quebre o chocolate em barras. Para iniciar use uma barra de 500 gramas e divida em três partes iguais.

Derreter os chocolates

Após separar as 3 partes coloque duas partes na tigela de vidro e leve ao micro-ondas por 1 minuto, retire e mexa até minimizar as bolas ou não aparecer mais as lascas de chocolate, repita este processo por mais duas ou três vezes sempre mexendo até não aparecer mais pedaços de chocolate.

Você pode optar por derreter os chocolates em banho maria. O objetivo é apenas derreter o chocolate, não cozinhar, esquente a água até derreter o chocolate e desligue o fogo, não deixe a água ferver, pois as borbulhas de água podem cair no chocolate e estragar.

Esfriar os chocolates

Para esfriar os chocolates e encontrar o ponto ideal para transportar para as formas de silicone basta despejar o chocolate em uma pedra de mármore na mesa ou pia, movimentando com a espátula o chocolate de um lado para o outro até esfriar em uma temperatura de 29º graus.

Caso não possuir uma pedra de mármore, faça isso dentro de uma vasilha até esfriar e ficar um pouco mais grosso, nunca toque no chocolate para não molhar ou umedecê-lo.

Moldar os ovos

Para moldar os ovos, depois de ter esfriado o chocolate, despeje aos poucos e espalhe nas formas de silicone, coloque na geladeira por 1 a 2 minutos, retire coloque mais chocolate derretido por mais umas duas vezes até ficar na grossura que você preferir.

Após isso, pegue o papel manteiga e cubra os ovos e leve até a geladeira por uns 3 minutos, após esse tempo desenforme os moldes com bastante cuidado apertando o fundo sem muita pressão, em seguida decore cada um deles.

Uma dica importante é procurar fazer isso em dias com temperaturas mais baixas ou à noite e sempre usando luvas para não deixar marcas dos dedos nos chocolates. Caso os ovos comecem a derreter faça uma pequena mistura do chocolate ao leite com amargo, essa técnica mantém os ovos mais firmes, pois o amargo possui menos manteiga que faz o chocolate derreter.

Estas dicas foram importantes para você? Viu como é fácil! Então comece a colocar a mão na massa e fazer seus próprios ovos e ganhar uma renda extra.

Ovo de páscoa caseiro


Receita simples e prática de como fazer brigadeiro.

É muito raro encontrar uma pessoa que não goste de brigadeiro, aquela bolinha sabor chocolate que agrada desse as crianças até os adultos. Se você é um apaixonado por chocolates e bateu aquela vontade grande de fazer aquele delicioso brigadeiro, mas não sabe por onde começar achando que é muito complicado, agora você não precisa mais ficar com vontade. Siga o nosso passo a passo e em poucos minutos você terá essa delícia pronta. Então vamos lá.

Para começar vamos aos ingredientes. Você vai precisar de chocolate em pó, ou achocolatado, uma lata ou caixa de leite condensado e manteiga ou margarina.

Com os ingredientes à mão, coloque em uma panela (é importante que ela não seja muito fina, pois assim poderá correr o risco de queimar o brigadeiro) uma colher de manteiga e leve ao fogo, aguarde que ela se dissolva e acrescente 4 colheres de chocolate em pó ou achocolatado e em seguida o leite condensado.

Mexa sem parar e assim que a mistura levantar fervura abaixe o fogo, sem deixar de mexer.

Para saber o ponto correto, que é aquele em que a guloseima fica macia, mas é possível enrolar, fique atento. O ponto ideal é quando após a fervura, a mistura já bem encorpada se desgruda facilmente do fundo da panela.

Desse modo, passe a colher no fundo da panela, se for possível ver o seu fundo, este é o ponto ideal.

Então, se você conseguiu visualizar o fundo da panela, desligue o fogo e está pronto.

Para que seu brigadeiro fique ainda mais gostoso, com o fogo desligado continue mexendo o doce até que ele esfrie assim ele vai ficar mais cremoso e brilhante.

Espere que ele esfrie totalmente e se desejar pode enrolá-lo. Para enrolar espalhe um pouco de manteiga nas mãos e faça bolinhas e em seguida passe no chocolate granulado.

Como podemos ver o brigadeiro é um doce delicioso que gasta poucos ingredientes e pouco tempo para fazê-lo e pode ser usado em várias sobremesas.

O brigadeiro pode ser utilizado como recheio para bolos, podendo ser acrescentados a ele frutas como morangos e pêssegos, que deixam qualquer bolo ainda mais gostoso.

Caso não queira ter o trabalho de abrir um bolo é possível cobrir um bolo simples de chocolate ou outro saber com o brigadeiro e cobri-lo com granulados ou aquelas balinhas coloridas de chocolate.

Como recheio de bolinhos doces também é uma ótima ideia. Pode ser até mesmo aqueles bolinhos de chuva que são muito rápidos de fazer.

Outra opção é usá-lo como recheio de bolachas doces… uma delícia.

Em festas o brigadeiro pode ser servido em copinhos com colherezinhas. Caso você queria usá-lo assim, no seu cozimento deixe o doce um pouco mais cremoso, mais molinho. Ou pode ser servido da forma tradicional, enrolado no granulado de chocolate. Na verdade existe uma grande variedade de granulados que deixam os docinhos ainda mais apetitosos.

Enfim, o brigadeiro é um doce que cai bem em qualquer hora e em qualquer ocasião. Para ser saboreado sozinho, em boas companhias, em dias quentes e frios. Há quem diga que um bom brigadeiro cure até a tristeza de um coração partido.

Enfim, agora na hora que bater aquela vontade de comer um chocolate não perca mais tempo, junte os ingredientes e faça esse doce que delicioso e muito fácil de fazer.

É importante lembrar que como nem tudo é perfeito o brigadeiro possui muitas calorias, assim não é recomendado exagerar.

A recomendação é de que você faça o doce e coloque em um pote com tampa e mantenha na geladeira. Assim sempre que bater aquela vontade de um chocolate você pode comer com uma colher.

Por Sirlene Montes

Brigadeiro


Receitas de Bolos de Milho. Confira os ingredientes e como fazer.

O bolo de milho é o queridinho de muitas pessoas, seja ele quente ou frio, com suco ou com café, com erva doce ou não, ele é quase unanimidade. Abaixo terá duas versões de receitas de bolo de milho cremoso. Uma versão tradicional com a farinha de trigo e outra versão para aqueles que não podem consumir farinha de trigo, nessa receita, a tradicional farinha de trigo, foi substituída pelos flocos de milho pré-cozido, aqueles flocos que se compra no supermercado para o preparo de polenta.

Bolo de milho verde Cremoso

Ingredientes

8 espigas de milho ou 2 latas de milho (de aproximadamente 280 g cada uma)

3 ovos inteiros

2 colheres (sopa) de margarina

1 xícara e ½ de açúcar

½ xícara de leite

3 colheres (sopa) de farinha de trigo

1 colher (sopa) rasa de fermento (em pó)

Modo de fazer

1 – Primeiramente corte os grãos de milho da espiga com uma faca.

2 – Após cortar os grãos da espiga de milho, coloque os ovos, a margarina, o leite e o milho verde e um liquidificador

3 – Bata bem todos os ingredientes. Os ingredientes precisam ser batidos, até que os grãos da espiga de milho fiquem todos triturados.

4 – Após bater bem os ingredientes, acrescente a farinha de trigo, o açúcar, o fermento e bata de novo, mais ou menos dois minutos, até que todos os ingredientes estejam bem misturados. Caso prefira, pode bater apenas a farinha de trigo e o açúcar nessa etapa e após os dois minutos, misturar o fermento e bata só mais um pouquinho, para que o fermento não perca sua característica de fazer o bolo crescer.

5 – Unte e enfarinhe uma forma.

6 – A forma usada para assar o bolo é opcional, pode ser quadrada, redonda ou com um furo central.

7 – Coloque o bolo na forma e leve para forno. O forno precisa estar pré-aquecido, com a temperatura a 180 graus, e deixe assar pelo um período de 40 a 50 minutos ou até que o palito de dente saia limpo depois de espeta-lo no bolo.

O bolo rende cerca de 20 porções.

Para aqueles que não podem comer farinha de trigo segue abaixo outra receita:

Ingredientes

1 lata inteira de leite (condensado)

1 vidro de leite de coco (200 ml)

4 ovos inteiros

1 lata de milho (280 g)

¾ de xicara de óleo

115 g flocos de milho pré-cozido (Encontra nos supermercados, é usado para fazer polenta)

½ xicara de açúcar (cerca de 75 g)

1 colher (sopa) de fermento

Erva doce á gosto e opcional

Modo de fazer

1 – Junte o leite condensado, o leite de coco, os 4 ovos inteiros, ¾ de xicara de óleo, o milho em lata, os flocos de milho pré-cozido, ½ xicara de açúcar e bata tudo no liquidificador mais ou menos 3 minutos.

2 – Depois de bater, coloque o fermento e bata mais um pouquinho.

3 – Depois de bater coloque a erva doce. Colocar a erva doce só depois de bater todos os ingredientes, pois se bater tudo junto, a erva doce vai triturar e o ideal é que ela fique inteira e não se misture com os outros ingredientes.

4 – Após misturar a erva doce na massa, unte com óleo e enfarinhe uma forma de mais ou menos 22 x 31 com 4 cm e meio de altura.

5 – Leve para forno pré-aquecido a uma temperatura de 180 graus por 30 minutos ou até que que o palito de dente saia limpo depois de espeta-lo no bolo.

6 – Após assar o bolo, caso queira, pode jogar por cima do bolo, um pouco de açúcar misturado com canela.

Por Lorena Ruiz

Bolo de milho verde


Confira receitas práticas e deliciosas de bolos de banana.

Bolo de banana é uma delícia e irresistível, além de ser uma receita muito prática e pode ser preparado de várias maneiras. Que tal aprender algumas receitas criativas, para incrementar o seu fim de semana?

Bolo de banana de liquidificador

Para preparar a massa você vai precisar de 3 ovos, açúcar (2 xícaras), leite (1 xícara), óleo (½ xícara), farinha de trigo (2 xícaras), fermento químico (1 colher) e 7 bananas. Cobertura: açúcar (¾ de xícara) e água quente (½ xícara).

Para fazer a calda é só colocar o açúcar em uma panela e mexer até derreter. Adicione água quente e mexa até que o açúcar fique dissolvido e depois deixe engrossar até chegar ao ponto de calda e deixe reservado.

O modo de preparo da massa também é simples: no liquidificador bata os ovos, o leite, o óleo e o açúcar. Depois, coloque a farinha de trigo aos poucos e permaneça batendo, até você perceber que a massa está lisa e homogênea.

Acrescente o fermento e bata na menor velocidade do liquidificador. Unte uma forma com margarina e farinha, e coloque o caramelo e as bananas cortadas. Agora, é só levar em forno médio por 180ºC, que esteja preaquecido por 30 minutos, aproximadamente. Uma receita simples e de dar água na boca.

Bolo de Banana com canela

Para fazer a massa você vai precisar de 8 bananas nanicas que estejam maduras, 3 ovos, margarina, leite (½ xícara), canela em pó (1 e ½ colher de sobremesa), açúcar (1 xícara), farinha de trigo (2 e ½ xícara) e fermento em pó (1 colher de sopa).

Se você quiser polvilhar, é só misturar a canela e o açúcar. Comece amassando 5 bananas com um garfo e deixe reservado. Acrescente no liquidificador a margarina, os ovos, a canela em pó, o açúcar e o leite, e bata. Depois, adicione em uma tigela e jogue a farinha de trigo, a banana e o fermento. Misture tudo.

Unte uma forma com farinha e adicione a mistura. Cubra com o restante das bananas cortadas e depois é só polvilhar o açúcar com a canela, e assar em um forno pré-aquecido a 200ºC por um tempo médio de 30 minutos. Depois, é só aguardar esfriar e aproveitar. Tenha um ótimo apetite!

Bolo de banana integral

Sabe quando você está de dieta e tem vontade de comer um bolo delicioso? Para fazer, separe: 4 bananas nanicas, 3 ovos, óleo (1 xícara), farinha integral (1 xícara), aveia em flocos (1 xícara), açúcar mascavo (1 e ¼ de xícara), fermento químico (1 colher de sopa), canela em pó (1 colher de chá).

Para fazer, é só adicionar no liquidificador as bananas, os ovos e o óleo. Em uma tigela, coloque os ingredientes e adicione o creme de banana. Unte a forma coloque rodelas de bananas carameladas em canela e açúcar mascavo e depois é só despejar a massa e coloca-la em forno médio por, aproximadamente, 40 minutos a 18ºC.

Bolo de banana e aveia

Separe aveia fina (250g), fermento (1 colher), 4 ovos, óleo (½ xícara). 4 bananas e açúcar, que pode ser o mascavo (1 ½ xícara). Se você quiser, pode usar canela (1 colher de chá), castanha de caju ou do Pará picada (½ xícara) e uva passa (½ xícara).

Para fazer, é só colocar no liquidificador ½ xícara de óleo, 4 ovos, 1 ½ xícara de açúcar e as bananas. Coloque tudo na aveia fina com o fermento, e a parte opcional citada na lista dos ingredientes, se você desejar.

Unte uma forma, despeje e coloque no forno médio e preaquecido para assar por, aproximadamente, 40 minutos. Prática e deliciosa!

Gostou de aprender sobre essas receitas de bolo de banana? Que tal experimentar?

Por Babi

Bolo de banana


Aprenda a fazer receitas de bolo de pote.

O bolo de pote é uma receita que está em alta e muitas pessoas estão se especializando nessa prática culinária. Essa receita é bem simples e diversificada, e isso quer dizer que você pode mudar uma receita para outra, apenas mudando o recheio. E com um pouco de criatividade fica muito fácil fazer receitas saborosas e que podem gerar até uma renda. Vamos conhecer as receitas de bolos mais famosas e saborosas:

Receita de bolo de pote de leite ninho

O bolo de pote de leite ninho é muito famoso e tradicional. Quem experimenta afirmar que o sabor dele é inconfundível. Porém, existem diversas receitas de bolo de pote de leite ninho, vamos ensinar a mais tradicional e simples.

Vamos aos ingredientes da massa:

2 xícaras de chá de açúcar

1 pitada de sal

4 ovos

1 xícara de chá de leite quente

1 colher de sopa cheia de fermento em pó para bolo

2 xícaras ½ de chá de farinha de trigo

1 colher de sopa de manteiga sem sal

Modo de preparo:

1-Na batedeira adicione os seguintes ingredientes: o açúcar e os ovos de deixe batendo até que a mistura fique bem clara.

2-Depois coloque na batedeira a farinha de trigo aos poucos e deixe batendo até misturar completamente com os outros ingredientes.

3- Depois misture a manteiga ao leite quente e deixe que ela dissolva completamente e adicione na batedeira junto aos ingredientes anteriores.

4- Adicione o sal e depois o fermento à mistura que está na batedeira até que eles se dissolvam completamente.

5- Unte uma forma com manteiga e a farinha de trigo, ela deve ter o tamanho 30 cm x 25 cm, depois disso coloque a massa na forma e leve ao forno pré-aquecido em 180º e deixe por no mínimo 30 minutos. Depois desse tempo dê uma verificada se a massa está assada, enfie um garfo na massa e veja se o mesmo está saindo limpo, caso sim, pode desligar o forno.

Vamos ao recheio do bolo

O recheio do bolo de pote de leite ninho faz muito sucesso, e essa nossa receita também vai fazer o mesmo sucesso. Então vamos aos ingredientes:

1 caixa de creme de leite

1 lata de leite condensado

8 colheres de sopa de leite ninho

200 ml de chantilly batido

Existe uma dica fundamental para quem não tem costume de fazer receitas com chantilly. Ele precisa estar muito gelado, e nunca congelado. É preciso ficar na parte de baixo do congelador por 12 horas, aquela que se guarda caixa de lasanhas e outros alimentos que precisam ficar nessa área gelada. Depois é só bater na batedeira em velocidade máxima, até ficar em ponto de neve.

Vamos ao preparo do recheio:

1-Na batedeira coloque os seguintes ingredientes: Creme de leite, leite condensado e leite ninho. Deixe batendo a que vire uma mistura homogênea.

2- Depois com uma colher ou espátula misture essa primeira mistura com o chantilly até que eles virem um único creme. Depois é só manter esse recheio na geladeira até a hora de montar o bolo.

Veja como montar os bolos de pote de leite ninho

Em um pote de 250 ml coloque uma camada da massa e depois um pouco do recheio. Repita o processo mais uma vez e finalize com um pouco de leite ninho.

Bolo de pote de chocolate com massa pronta e recheio de brigadeiro

Essa segunda receita é para as pessoas que não possuem tanta habilidade na cozinha e precisam de praticidade.

Prepare o bolo de chocolate com massa pronta de acordo com as instruções da embalagem.

Recheio de brigadeiro

O brigadeiro é uma receita muito usada no dia a dia de muitas pessoas e por isso é bem simples de ser feita. Vamos aos ingredientes:

1 lata de leite condensado

1 colher de manteiga

2 colheres de chocolate em pó

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo baixo até que a misture comece a desgrudar do fundo da panela.

Assim que o brigadeiro e a massa do bolo estiverem frios e só montar o bolo intercalando massa com o recheio de brigadeiro, repita esse processo por duas vezes e por último se desejar coloque granulados coloridos para decorar.

Como vimos a receita de bolo de pote é bem simples de ser feita e bem saborosa!

Por Cristiane Amaral

Bolo de pote


Recitas de bode fubá tradicional e bolo de fubá com goiabada.

O bolo de fubá é um dos mais tradicionais e mais utilizados para tomar com aquele cafezinho. Seja de manhã ou à tarde, um bolinho de fubá sempre cai bem. Abaixo terão duas receitas do bolo. A primeira é uma versão tradicional, já segunda versão, quem gosta de um docinho vai amar, é uma versão do bolo de fubá com goiabada.

Bolo de Fubá

Ingredientes

2 xícaras de açúcar

1 colher (sopa) de manteiga

3 gemas

2 colheres (sopa) de farinha de trigo (a colher de farinha de trigo precisa estar bem cheia, se ela estiver rasa, o bolo não vai dar certo).

2 xícaras de fubá

4 xícaras de leite

1 colher (sopa) de fermento (em pó)

Erva doce a gosto e opcional

Modo de preparo

Em uma tigela coloque o açúcar, a manteiga, as gemas, a farinha de trigo, o fubá, o leite (coloque o leite aos poucos, coloque cerca de 2 xícaras de leite primeiro e mexa, após isso coloque as outras duas).

Bata no liquidificador e depois misture o fermento (em pó).

A massa vai ficar bem líquida, não acrescente mais farinha de trigo achando que ela está muito líquida, pois ela deve ficar exatamente desse jeito.

Caso opte por colocar a erva doce, essa é a hora. Misture-a antes de colocar na forma.

Coloque a massa do bolo em uma forma untada e coberta com papel manteiga.

Pré-aqueça forno na temperatura de 160 graus e leve o bolo, coberto com papel alumínio, para assar por 15 minutos.

Após os 15 minutos tire o papel alumínio do bolo e deixe-o assando por mais duas horas. Após esse tempo o bolo vai começar a dourar na parte de cima, é quando o bolo está totalmente assado e pronto.

Retire o bolo do forno e deixe que ele esfrie por completo, antes de retirá-lo da forma. Ele é um bolo bem molhadinho, por isso ele deve estar frio na hora de ser desenformado.

Bolo de Fubá com Goiabada

Ingredientes

6 ovos

200 ml de leite

1 vidro de leite de coco (200m ml)

1 colher (sopa) de manteiga

1 colher (sopa) de erva doce (a erva doce é opcional)

2 xícaras de açúcar

1 pacote de coco ralado seco e sem açúcar (100 g)

2 xícaras de fubá

2 xícaras de farinha de trigo

1 colher (sopa) de fermento (em pó)

200 g de goiabada picada

Calda

1/3 de xícara de água

200 g de goiabada picada

Modo de preparo

Em uma tigela coloque os ovos, o leite, o leite de coco, a manteiga, a erva doce, o açúcar, o coco e leve para o liquidificador. Caso prefira, pode também, misturar tudo direto no liquidificador.

Após bater esses ingredientes no liquidificador, jogue eles dentro de uma tigela e acrescente a essa mistura o fubá (o fubá deve ser peneirado), a farinha de trigo (também deve ser peneirada) e o fermento. Misture tudo muito bem.

Unte e enfarinhe uma forma e jogue a massa dentro dela.

Quando a massa do bolo já estiver dentro da forma, pegue a goiabada picada, passe todos os pedaços na farinha de trigo e depois disso coloque esses pedacinhos de goiabada por cima da massa do bolo que está na forma.

Leve para assar na temperatura de 180 graus, mais ou menos no período de 50 minutos.

Para preparar a calda, leve uma panela ao fogo com a água e a goiabada picada, vai misturando até chegar na consistência de calda. Caso precise pode acrescentar mais um pouco de água no meio do processo.

Quando chegar na consistência de calda, retire do fogo e jogue por cima do bolo.

Fonte: As duas receitas foram retiradas do canal da Danielle Noce no Youtube, segue os links dos vídeos: Bolo de fubá – https://www.youtube.com/watch?v=8xgF2ZNjPrw e bolo de fubá com goiabada – https://www.youtube.com/watch?v=GlPFb5YgNIc.

Por Lorena Ruiz

Bolo de fubá


Confira uma receita simples e prática para fazer um ovo de Páscoa tradicional.

A Páscoa está chegando e você deveria começar a preparar os chocolates para presentear seus queridos familiares, amigos e por que não seus colegas de trabalho?

Separamos algumas receitas para te ajudar na confecção desses mimos gostosos. Confira!

Ovo de Páscoa tradicional:

Essa opção agrada desde as crianças mais novas até o vovô e a vovó. Quem não se agrada com um bom chocolate, não é mesmo?

Arrisque-se na decoração, prepare suas mais bonitas fitas e papéis decorados e encha os olhos e a boca de quem irá receber esses gostosos ovos tradicionais de chocolate.

Ingredientes:

  • 150 gramas de chocolate ao leite;
  • 150 gramas de chocolate meio amargo;
  • 1 panela com água;
  • 1 vasilha.

A quantidade de chocolate dependerá também do tamanho do molde que você escolheu e também da espessura desejada para o ovo de páscoa. Essa receita é baseada em uma forma média.

Modo de preparo:

Coloque a panela com água no fogo. Enquanto esquenta, pique os chocolates meio amargo e ao leite e reserve-os na vasilha. Assim que a água atingir o ponto de fervura, desligue e encaixe o vasilhame na panela para que os chocolates derretam. Enquanto estiverem em banho maria, mexa de vez em quando.

Quando perceber que os chocolates formaram uma pasta lisa e homogênea, retire a travessa da água.

Derrame ¼ da quantidade total de chocolate sobre uma parte da forma e dê batidas leves sobre a mesa para que as bolhas de ar se dissolvam. Na sequência, gire a forma, fazendo com que o chocolate cubra toda a sua extensão. Repita o processo na outra parte da forma e leve ambas para a geladeira.

Enquanto isso, você tem a opção de fazer um recheio para essa deliciosa receita.

Existem várias opções, mas uma das mais simples de preparar e que mais agrada o paladar é o recheio de brigadeiro.

Assim que a parte de baixo do chocolate resfriado se esbranquiçar, você pode rechear o ovo com o brigadeiro morno ou frio, ou ainda optar por não utilizar recheio. Feito isso, leve a montagem para a geladeira. Espere o chocolate ficar firme, desenforme as duas partes, cole-as com um pouquinho de chocolate derretido.

Para a embalagem você irá precisar de:

  • 1 forma de ovo de páscoa para moldar o seu chocolate;
  • 1 folha de papel alumínio para embalagem;
  • 1 copo raso para dar suporte;
  • 1 folha de papel celofane para a embalagem;
  • 1 laço para fechar e dar o acabamento final.

Use a criatividade para decorar e embalar. Feliz Páscoa!

Por Carolina B.

Ovo de páscoa caseiro


Confira aqui e receitas ótimas para sua ceia de ano novo.

Você já parou para pensar no que será feito para atrair coisas boas no ano que se aproxima? As supertições são muitas: pular sete ondas, comer 12 uvas, comprar uma peça de roupa nova, comer 7 sementes de romã. Mas, segundo os supersticiosos, as boas vibrações podem ser atraídas através da ceia de ano novo, veja alguns exemplos do que pode ser preparado:

Arroz da sorte:

Ingredientes:

3 colheres (sopa) de azeite de oliva; 1 cebola picada; 2 xícaras (chá) de arroz; 4 xícaras (chá) de caldo de legumes; 1 xícara (chá) de lentilha; 600 gramas de bacalhau dessalgado e cortado em lascas grandes; salsa (ou salsinha) a gosto.

Modo de preparo:

Em uma panela, aqueça o azeite e doure a cebola, junte o arroz lavado e escorrido e mexa bem acrescentando o caldo de legumes. Adicione a lentilha e deixe cozinhar no fogo brando com a panela tampada. Antes que o caldo seque totalmente, misture com cuidado as lascas de bacalhau e espere terminar o cozimento. Desligue o fogo e deixe descansar por alguns instantes. Com cuidado, solte o arroz com um garfo, transfira para uma travessa, salpique a salsa picada, regue com azeite e adicione uma folha de louro para enfeitar.

Sirva em seguida.

Supertição: A lentilha traz sorte e fartura, há quem afirme que deve-se comer uma lentilha para cada mês do ano. A folha de louro simboliza sucesso e vitória. Os peixes podem trazer boas vibrações. Para os japoneses, simbolizam fertilidade devido à sua capacidade de produzir muitos de ovos.

Lombo agridoce

Ingredientes:

1/2 xícara (chá) de Água; 1/3 xícara (chá) de vinagre de vinho tinto; 1/4 xícara (chá) de mel de abelha; 1 colher (sopa) de gengibre ralado; 4 dentes de alho amassados; 1 cebola cortada em pedaços; 600 gramas de lombo suíno e sal a gosto

Modo de preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto a carne.

Coloque o lombo em um refratário, faça vários furos nele com um garfo e banhe-o com esse molho triturado. Asse em potência média por 30 minutos ou até que, ao cortá-lo, esteja bem macio e seco. Na metade do tempo, vire a carne, confira o sal e coloque mais, caso necessário.

Aguarde 5 minutos antes de retirá-lo do forno, sirva com o molho formado.

Supertição: Porco como prato principal simboliza o progresso, porque ele cisca para frente.

Salada de romã

Ingredientes:

1 Romã; 1 limão; 1 xícara (café) de Água; 3/4 xícara (chá) de azeite de oliva; 1 pitada de bahar (ou pimenta síria); 3 tomate picados; 1 cebola pequena picada; 1 pepino picado; 2 cebolinhas picadas; 2 pães pita (árabe ou sírio) torrados; salsa e hortelã a gosto.

Modo de preparo:

Misture o suco de limão com a água, junte o azeite aos poucos e mexa bem. Tempere com o sal, a pimenta síria e as sementes de romã. Coloque em uma saladeira o tomate, a cebola, as cebolinhas e o pepino, e regue com a metade do molho. Pique o pão em quadradinhos e junte à saladeira. Polvilhe com a salsinha e a hortelã, adicione o molho restante e sirva em seguida, para o pão não amolecer.

Supertição: Romã simboliza abundância em outras culturas afirmam que auxilia a pessoa que deseja um filho.

Carne de Aves

Supertição:Segundo a crendice popular, as aves não devem ser consumidas na ceia de ano novo porque representam o atraso ou retrocesso, isso devido ao modo de ciscar para trás.

De todo modo, seja qual for o seu cardápio, o importante é reunir com amigos e familiares e se divertir, preparando-se para o ano que está por vir, um feliz ano novo para toda a sua família.

ERICA OLIVEIRA DE SOUZA


Confira aqui duas ótimas receitas de Panetone para o Natal.

O panetone é, com toda certeza, um dos maiores símbolos gastronômicos do Natal. Muito apreciado nessa época, em que os mercados se encontram com as prateleiras lotadas e com as mais diversas marcas e sabores, nada se compara ao gostinho caseiro dessa iguaria.

E para aqueles que amam botar a mão na massa, separamos duas receitas maravilhosas de panetone para surpreender a todos durante a ceia de Natal. Também são excelentes sugestões para presentear quem você ama com algo feito por você. Vamos a elas.

1. Panetone Italiano

O panetone tradicional leva 1 kg e meio de farinha de trigo, 9 claras em neve, 100 gramas de fermento biológico, 9 gemas batidas ligeiramente, 150 gramas de margarina derretida, 250 gramas de margarina temperatura ambiente, 1 copo e meio de leite morno, 2 xícaras de chá de açúcar, 1 colher de sopa de sal, 1 colher de sopa de essência de laranja, 1 colher de sopa de essência de panetone, 1 xícara de chá de água morna, 250 gramas de uvas passas sem caroço e 600 gramas de frutas cristalizadas e picadas.

Comece o preparo dissolvendo o fermento com a água morna em uma bacia e acrescentando 6 colheres de sopa de farinha e 1 colher de sopa do açúcar. Misture bem e deixe o tamanho da massa aumentar o volume por mais 10 minutos.

Enquanto isso, bata as claras em neve e adicione as gemas e 2 xícaras de açúcar. Misture bem, adicionando após o fermento preparado, a manteiga derretida, o leite morno, o sal e as essências. Deixe a mistura descansando por 15 minutos para, após, adicionar a farinha, amassando bem.

Após 10 minutos de descanso da massa, enfarinhe uma mesa e abra a mesma com um rolo. Passe manteiga na massa aberta, espalhando as frutas e as uvas passas. Enrole tudo como um rocambole e abra novamente com o rolo. Passe novamente a manteiga e dobre em 3 partes.

Faça novamente o processo quantas vezes achar necessário. Feito isso, coloque nas formas e deixe parado crescendo por aproximadamente 1h10. Asse em forno médio por cerca de 50 minutos.

2. Panetone Mini de Bombom

Os ingredientes para esse panetone são: 4 ovos, 3 tabletes de fermento biológico fresco, 1 xícara de leite, ¾ de xícara de chá de óleo, 1 colher de sobremesa de sal, 5 colheres de sopa de açúcar, 6 xícaras de chá de farinha de trigo, 1 colher de sopa de manteiga, 15 bombons e 1 colher de sopa de essência de panetone.

Comece dissolvendo o fermento com o açúcar e adicione os ovos, levemente batidos, o sal, o leite, o óleo, a essência e a manteiga. Após misturar bem, acrescente a farinha de trigo bem aos poucos, formando uma massa bem homogênea. Pegue a massa e divida em bolinhas de tamanho aproximado com uma laranja. Deixe descansando até que dobre de tamanho.

Abra a bolinha e coloque um bombom no centro. Pegue forminhas próprias para panetones de 250 gramas e coloque as bolinhas recheadas dentro.

Deixe parado por 15 minutos e pincele com um ovo batido. Asse em forno baixo que já esteja pré aquecido. Depois é só servir.

Gostou das dicas? Solte a criatividade, uma vez que essas receitas permitem inúmeras variações de recheio e decoração. Faça com muito amor e celebre essa data tão especial.

Kellen Kunz


Aprenda aqui duas receitas de como fazer rabanada.

É quase impossível falarmos em Natal sem lembrarmos de um dos pratos típicos dessa época de confraternização: a rabanada. Tradicional nas ceias no Brasil, a mesma é um doce que leva pão de trigo em fatias e molhadas em calda de açúcar, vinho ou leite, passadas após em ovos e fritas.

Porém, existem muitas variações dessa iguaria. Por isso, nós te damos duas receitas diferentes de como fazer a rabanada, nunca deixando de lado o seu sabor delicioso e marcante. Vamos a elas.

1. Rabanada com Leite Condensado

Os ingredientes são: 3 pães franceses, meia xícara de chá de açúcar, 2 xícaras de chá de leite, meia lata de leite condensado, 2 colheres de sopa de canela em pó, 3 ovos e óleo para fritar.

Após cortar os pães em fatias, pegue uma tigela e acrescente o leite e leite condensado, mexendo os dois ingredientes com uma colher. Reserve a mistura e, em outro recipiente, adicione os ovos, batendo com o garfo até ficar homogêneo.

Em uma panela, adicione o óleo em fogo alto. Pegue o pão e misture com o leite, deixando dentro por um minuto em cada lado. Retire o excesso de líquido do pão e passe pelo ovo batido. Depois é só fritar as fatias por dois minutos em cada lado, até começar a dourar.

Por fim, misture o açúcar e a canela e passe as rabanadas no preparo. Estão prontas as suas rabanadas com leite condensado.

2. Rabanada assada no forno

A rabanada de forno é uma excelente dica para quem não quer passar o Natal sem o prato, mas quer evitar os alimentos fritos. Os ingredientes são: 10 pães franceses, 3 ovos, 250 ml de leite, 250 ml de leite de coco, açúcar e canela a gosto.

O modo de preparo é muito simples. Pegue as fatias de pão e as coloque em uma forma. Após, no liquidificador, bata os ovos, o leite e o leite de coco. Acrescente e cubra os pães, levando após ao forno. Vire os pães durante o cozimento para dourar igualmente. Por fim, polvilhe com canela e açúcar. Quem preferir, pode acrescentar uma lata de leite condensado no líquido, para adoçar mais a rabanada.

Gostou das dicas? A palavra de ordem é inovar naquilo que já era muito bom. Solte a criatividade e surpreenda seus convidados com uma rabanada incrível. E não esqueça de compartilhar a sua receita nos comentários.

Kellen Kunz


Se você está de dieta ou optando por uma alimentação saudável, não tem desculpa para não inovar na sua Ceia.

As receitas de Natal são de dar água na boca e, normalmente, acompanhadas de muitas calorias. Porém, se você está de dieta ou optando por uma alimentação saudável, não tem desculpa para não inovar na sua Ceia.

Isso porque existem milhares de ideias muito práticas e deliciosas para a sua celebração. Sendo assim, nós te damos três dicas maravilhosas para receber os seus convidados e, o melhor de tudo, com muita saúde e poucas calorias. Vamos a elas.

1. Salada de Natal:

Os ingredientes para essa receita são: meia xícara de chá de uva passa branca, meia xícara de chá de nozes picadas, 2 talos de salsão ralado, 2 maças verdes em cubos, suco de limão, 3 colheres de sopa de azeite de oliva, 1 colher de chá de sal, 1 colher de chá de pimenta do reino preta e moída, 1 colher de sopa de salsa fresca e picada, 15 pimentas inteiras, 1 xícara de chá de requeijão e batata palha.

Pegue uma saladeira e misture as nozes, maças, uva passa e salsão. Tempere e mistura com suco de limão, azeite de oliva, sal, salsa, pimenta moída, pimenta e requeijão. Misture bem e leve à geladeira. Se preferir, acrescente a batata palha, misturando.

2. Salada de Bacalhau:

Uma receita rápida e saudável, a Salada de Bacalhau natalina leva os seguintes ingredientes: 2 kg de batata cozida e cortada em cubos, 1 kg de bacalhau cozido e desfiado, 1 lata de ervilha, 1 cebola picada, 200 gramas de azeitona picadas, azeite, 500 gramas de mussarela ralada e cheiro verde.

Para preparar, cozinhe a batata em cubos, colocando em uma travessa. O bacalhau cozido precisa ser desfiado após cozido. Feito isso, doure a cebola no azeite, refogando o bacalhau. Por fim, misture a batata, as azeitonas, a ervilha, a mussarela e o cheiro verde. Leve ao forno até começar a dourar e, após, sirva aos seus convidados.

3. Salada tropical natalina:

Poucos ingredientes e um sabor delicioso. A salada tropical leva 1 lata de pêssegos em calda, 300 gramas de uva passa, 2 mangas, 300 gramas de nozes e 2 molhos de rúcula.

O primeiro passo é cortar a rúcula e picar as folhas em grandes pedaços. Junte após as uvas passas, as mangas em tiras, as nozes moídas e os pêssegos em cubos. Misture tudo em uma saladeira e regue com a calda dos pêssegos.

Viu como tem dicas maravilhosas para continuar em forma durante a sua Ceia de Natal? Aproveite e inove nas suas receitas, colocando muita criatividade e ingredientes únicos na mesa.

Por Kellen Kunz


Receitas de hambúrgueres artesanais caseiros e fáceis de fazer.

Hambúrgueré uma coisa que todo mundo gosta de comer… Hambúrguer artesanal então… Nem me fale!
Depois da “gourmetização” de tudo, esses hambúrgueres artesanais são encontrados mais facilmente, porém, com um preço mais elevado e por incrível que pareça, não é difícil fazer essas gostosuras!

Aqui vou deixar cinco receitas dessas delícias!

Bem, uma base para todas as receitas é: você precisa de carne moída. E você vai precisar de ovo para dar liga! A quantidade de carne, você pode escolher, afinal, a quantidade de hambúrgueres vai variar do tamanho do mesmo (ou seja, da sua fome!).

Agora, vamos lá.

Hambúrguer simples:

500gr de Carne moída

Farinha de trigo

1 ovo

Cebola e Sal.

Como funciona: Bem, você vai pegar a carne moída e colocar numa vasilha, temperar com o sal e cebola picada. Despejar o ovo e misturar, depois colocando uma quantidade de farinha para dar liga, deixando a carne moída em forma de hambúrguer.

Depois disso, só fritar. Colocar aquela velha receita de: maionese no pão, alface, tomate e o hambúrguer e pronto!

Hambúrguer com bacon moído:

500gr de Carne moída

200gr de Bacon moído

Farinha de trigo

1 ovo

Cebola e Sal.

Como funciona: A diferença dessa receita para a outra é que você vai adicionar o bacon moído junto a carne. Cuidado apenas na hora de temperar, pois o bacon já tem aquele temperinho próprio né, que pode acabar salgando a carne se você não tomar cuidado! Uma coisa interessante aqui é que a junção do bacon com a carne dá um gosto maravilhoso para o hambúrguer, aliás, bacon é uma coisa divina, não?

Hambúrguer de Salmão:

500gr de Salmão (sem pele)

Pão de forma

Cebola

Azeite

Sal

Como funciona: Bem, essa receita é diferente das outras. Você vai precisar processar o pão até ele ficar bem moído. Segundo passo é você cortar o salmão em cubos e temperá-los. Feito isso, você mistura os cubos de salmão com o pão para transformá-lo em hambúrguer, entendeu¿ Não tem problema se os cubos desmancharem! A questão de cortar em cubos é apenas para facilitar esse procedimento do hambúrguer mesmo!

Feitos os hambúrgueres você passa azeite (levemente) nele todo e coloque-o para assar no forno a 180 graus. Só tenha cuidado para não deixar muito tempo e o mesmo ressecar.

Hambúrguer com queijo:

Bem, os ingredientes dessa receita podem ser os mesmos das duas primeiras, mas com o queijo, claro!

Como funciona: O queijo aqui não vai no preparo, mas sim, em cima do hambúrguer na hora de fritar. Ou seja, você coloca o hambúrguer na frigideira, deixa uns minutos, depois vira colocando o outro lado pra baixo. Feito isso, você coloca o queijo em cima e tampa a frigideira, diminuindo o fogo para que o queijo derreta e seu hambúrguer não fique queimado! Eu sei, pode parecer meio óbvio, mas com certeza vai ter alguém que vai pensar “poxa, por que eu não pensei nisso?”.

E aqui vai a nossa última receita:

Hambúrguer de frango:

500gr de peito frango moído

1 ovo

Cebola e sal

Farinha de rosca

Como funciona: Bem, basicamente do mesmo jeito, você vai temperar o frango com cebola picada e sal, colocar o ovo e misturar, colocando a farinha de rosca no meio da mistura depois até você sentir que está no ponto correto. Feito isso, forme o hambúrguer e coloque-o para fritar.

Monte-o no pão depois de pronto com alface, tomate, queijo e de quebra, um baconzinho pra dar aquele toque final!

E viu? Não é difícil fazer hambúrguer caseiro, é mais fácil do que parece!

Por Mariana Oliveira


Ovos ao molho e ensopado de ovos são receitas rápidas e fáceis de preparar.

Você gosta de usar a sua criatividade na cozinha? Adora experimentar e preparar receitas fáceis e originais? Com o ovo, por exemplo, você pode preparar várias delícias e ainda convidar os seus amigos para saborear. Que tal aprender algumas receitas novas, para incrementar o seu cardápio?

Ovos ao molho:

Você vai precisar de: 1 lata de molho de tomate pronto, 1 cebola cortada em fatia fina, azeite ( 2 colheres de sopa), 4 ovos e os seguintes temperos a gosto: pimenta, sal e orégano.

Como fazer?

Na frigideira acrescente o azeite e as rodelas de cebola, até que elas fiquem transparentes. Depois é só jogar o molho e deixar esquentar. Coloque os ovos e baixe o fogo, um pouco. Adicione o sal, a pimenta e também o orégano, para dar um sabor especial. Tampe a frigideira, para que o ovo possa cozinhar com o molho. Esta receita pode ser servida com arroz branco. Depois, é só saborear!

Já pensou em fazer um ensopado de ovos delicioso? Quer tentar? Os ingredientes desta receita são: 3 dentes de alho picado, 1 cebola média picada, azeite (4 colheres de sopa), 1 tomate picado com semente, salsinha ou coentro picado, suco de limão (1 colher), 6 ovos, farinha de mandioca (2/3 de xícara de chá) e sal a gosto.

Para preparar, comece fritando o alho e a cebola, até que eles comecem a dourar. Depois, acrescente o tomate, a salsinha e cozinhe com a panela tampada por um tempo médio de 05 minutos. O fogo deve estar baixo.

Aumente o fogo e adicione a água. Assim, que ferver coloque o suco de limão e também os ovos. Abaixe, novamente, o fogo tampe e cozinhe, até você perceber que os ovos estão firmes. Usando uma escumadeira retire os ovos, e deixe-os reservados. Coloque a farinha mandioca de mandioca e misture até que ele engrosse e forme a consistência de um creme. Tempere e depois coloque em uma travessa com os ovos cozidos por cima. Sirva o prato quente.

Que tal reunir os amigos e preparar um delicioso jantar? 

Por Babi

Ovos ao molho


Os pães artesanais estão sendo cada vez mais procurados pelos profissionais da área de gastronomia, pois eles possuem formatos diferentes e sabores bem agradáveis. Os melhores restaurantes contam com profissionais com curso de panificação, capazes de criar novas novas receitas, formatos e técnicas que são essenciais para fidelizar os seus clientes.

Abaixo vamos mostrar uma receita de como preparar um simples pão artesanal. Mas lembre que essa é apenas uma das mais diversas dicas que você poderá encontrar nos curso completo que indicamos acima.

Ingredientes:

Para começar a fazer essa receita você vai precisar de 3 xícaras de chá de farinha branca, 2 xícaras de farinha de trigo integral, 1 xícara de farelo de trigo, 2 colheres de (sopa) açúcar mascavo, 3 colheres de fermento biológico, essência de baunilha, sementes de girassol, 1 xícara e meia de água, 3 colheres de café preto, 1 xícara de semente de linhaça, 1 colher e meia de óleo e 1 colher de sobremesa de sal.

Modo de Preparo:

Pegue todos os itens secos, menos o fermento e a farinha integral, e misture em uma vasilha grande. Depois coloque os ingredientes líquidos, exceto as sementes, pois elas devem ser colocadas após a fermentação da massa.

A farinha integral deve ser colocada aos poucos, evitando assim que a massa grude nas mãos. Quando amassar bem, coloque o fermento. Então amasse um pouco mais e deixe fermentar. Depois disso acrescente as sementes e reserve por 90 minutos.

Corte a massa em pequenos pedaços e molde como desejar. Leve ao forno pré aquecido e aguarde 40 minutos.

O pão pode ser servido quentinho, com manteiga ou margarina derretendo, mas retém seu sabor por um ou dois dias.

Foto: ElinorD


Que tal preparar um almoço bem especial para você e toda a sua família com a receita de Galinhada que vamos ensinar agora?

Saiba que para fazer uma Galinhada bem saborosa essa você não vai gastar muito com ingredientes, e o melhor, esse prato fica pronto em poucos minutos, sendo bem saudável e que com certeza vai agradar todos os seus convidados.

Para fazer a Galinhada você vai precisar ter:

  • 1 frango (que deverá ser cortado em pedaços)
  • Suco de limão
  • 1 colher de sopa de salsa
  • 1 pimentão verde em cubos
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 colheres de sopa de molho de tomate
  • 2 caldos de galinha (tabletes)
  • 1 cebola médica em pequenos cubos
  • 2 xícaras de chá de arroz já lavado

Modo de Preparo

Vamos para a melhor parte que é colocar mãos na massa. Pegue o frango cortado e lave de preferência com água quente. Nesse momento jogue o suco de limão para que ele fique bem limpo.

Retire a água e tempere o frango usando os tabletes de caldo de galinha. Deixe reservado por poucos minutos para pegar o tempero.

Nesse momento, coloque a cebola para refogar no azeite, e na sequência o frango. Mexa de forma delicada.  Adicione o arroz, o extrato de tomate, o pimentão e mexa por mais alguns minutos.

Adicione cerca de 4 xícaras de água, mexa bem e deixe a galinhada cozinhar por cerca de 15 minutos, ou até que o arroz fique cremoso.

Se achar necessário, coloque mais água e deixe mais tempo a receita no cozimento. Assim que a galinhada estiver pronta coloque uma travessa e polvilhe com a salsa picada. Sirva ainda quente.

Vale destacar que para fazer essa receita você vai gastar em média 30 minutos, e ela rende cerca de 5 porções.

Você pode servir a galinhada sozinha como prato principal, com saladas, ou com um arroz branco. Espero que tenha gostado da dica de hoje. Bom apetite.

Prefere em vídeo?

Então seguem dois vídeos. O primeiro, de Jane Loures:

O segundo, de Ilza Fujiyama:


O segredo da culinária brasileira está na simplicidade dos nossos temperos e acompanhamentos.

Se pararmos para pensar, nossa culinária é tão rica que dispensa "invencionice". Cinco regiões gigantescas tão diferentes entre si proporcionam uma riqueza alimentar de dar água na boca.

No Brasil se come muito bem, a carne aqui é farta e apesar de exigir certa habilidade na hora do preparo, a simplicidade é o ingrediente secreto e o resultado não deixa a desejar. As carnes nobres mais utilizadas são maminha, alcatra, picanha, contra filet, filet mignon, fraldinha, costela, patinho, coxão duro e coxão mole.

O bom e velho churrasco faz parte da nossa cultura e se você tem dúvidas de como preparar acompanhamentos para esta delícia, siga algumas dicas:

1 – Saladas – As carnes são alimentos pesados, portanto opte por acompanhamentos mais leves como saladas de folhas verdes: alface, rúcula e agrião balanceiam as combinações além de serem ricas em nutrientes.

2 – Vinagrete –  Nunca falha, proporciona equilíbrio no prato e pode ser preparado de diversas maneiras. É bem fácil de fazer, só fique atento à acidez, evite exagerar.

3 – Pão francês – peça chave que acompanha muito bem as carnes e também fica uma delícia com o vinagrete.

4 – Farofa  – receita tipicamente brasileira que faz a alegria de muita gente, é presença confirmada no evento.

5 – Abacaxi no espeto – Saboroso e refrescante, traz harmonia para o churrasco, pois equilibra os sabores.

Curiosidade:  O abacaxi possui uma enzima chamada bromelina que auxilia na digestão, bom saber, afinal, os amantes de carnes costumam exagerar em dias assim.

6 – Maionese – O legal desse acompanhamento é que dá pra variar muito e exercer a criatividade, a maionese de legumes é uma boa ideia, existem opções Lights no mercado, o teor de gordura é bem mais baixo que o comum.

A Internet pode se tornar aliada na hora dos preparativos: o site da Skol possui o Serviço de Atendimento ao Churrasqueiro Skol, um site bem humorado que ajuda por exemplo a decidir a quantidade de carne necessária para determinado números de pessoas entre homens e mulheres. É possível inclusive determinar a sua situação financeira atual para que as compras não saiam fora do orçamento.

O site também conta com algumas receitas, como vinagrete, por exemplo, e contém dicas valiosas sobre a preparação de algumas carnes nobres, incluindo o tempo aproximado de preparo.


Vai aproveitar os jogos da Copa do Mundo para reunir a galera e torcer pelo Brasil? Já sabe que petiscos e tira gostos vai servir para a turma? Que tal aprender uma receita fácil, econômica, simples e deliciosa, principalmente? Que tal servir petiscos saudáveis? Ficou curioso para aprender? Então siga este passo a passo. Toda a turma vai adorar as sugestões.

Bruschetta:

Ingredientes:

  • Fatia de pão integral – tipo baguete;
  • Refogado de azeite, alho, cebola e pimenta do reino (pode ser acrescentado com molho de tomate integral/caseiro);
  • Queijo Minas ou Cottage com tomates em cubos e ervas;
  • Tomate picado em cubos pequenos.

Como fazer:

Primeiramente prepare o refogado à mão e coloque no pão. Depois é só servir. Este petisco pode ser servido frio ou quente. Fica a seu gosto. Cada unidade tem 60 calorias.

Canapé:

Ingredientes:

  • Fatia pequena de pão (australiano, árabe ou pão de cereais);
  • Fatias de peito de peru;
  • Alface;
  • Uma quantidade pequena de queijo do tipo cottage, pasta de soja ou grão de bico com ervas e pimenta do reino.

Como fazer:

Inicialmente, monte o Canapé colocando o queijo cottage ou a pasta de soja em cima do pão. Depois, coloque alguns pedaços de folha de alface para decorar o canapé. Sirva para a turma saborear. Essa receita conta com 70 calorias a unidade.

Espetinhos:

Ingredientes:

  • Tomate cereja;
  • Queijo Minas ou Muçarela de búfala, manjericão;
  • Abobrinha ao forno;
  • Pepino, azeitona, tomate cereja.

Como fazer:

Inicialmente coloque todos os itens da receita de forma desejada no espetinho e depois asse por um tempo médio de 10 minutos na churrasqueira.  Os espetinhos têm 60 calorias, em média.

Mini-Pizza:

Ingredientes:

  • Pequeno pedaço em forma de quadrado, feito com pão integral;
  • Tomate picado;
  • Queijo Minas ralado;
  • Orégano.

Como fazer:

Para fazer a mini-pizza é só montar os pães da forma que quiser e depois assar por 10 minutos. Essa receita tem 70 calorias a unidade. 

Gostou destas dicas de petiscos? Elas são práticas e rápidas, além de fazer muito sucesso e agradar a todos os paladares.

Qual destas você vai fazer para receber a turma e curtir os jogos da Copa? 

Por Babi

Bruschetta

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: